Scottie Pippen lamenta situação de Fultz e sentencia: “É um bust para o Sixers”

Markelle Fultz continua a ser um mistério, a história mais intrigante da NBA atual, com sua súbita incapacidade de jogar e arremessar funcionalmente. Uma raríssima síndrome que afeta os nervos dos ombros e pescoço é o mais recente palpite para solucionar a situação do armador. Mas, para Scottie Pippen, uma reabilitação física não será capaz de reparar a relação do prospecto com o Philadelphia 76ers.

“É provável que Markelle já esteja disponível para negociações há algum tempo e o time não conseguiu encontrar nada, nenhum bom negócio. Eu odeio ser aquele que diz isso, mas ele é um bust para o Sixers. É muito óbvio agora que esse garoto não é o mesmo que eles draftaram. E realmente não acredito que ele jogará novamente por essa franquia”, avaliou a lenda da NBA, em um programa televisivo da ESPN.

Fultz está afastado das quadras e sem previsão de volta ao basquete no momento. O gerente-geral da equipe da Pensilvânia, Elton Brand, já admitiu não saber se o jovem vai retornar ainda nesta temporada e os rumores sobre uma possível troca envolvendo-o, assim, aumentam. Em condições normais, Pippen não vê forma do 76ers fechar uma negociação vantajosa centrada no jogador de 20 anos.

“Hoje, eu não vejo nenhum valor de troca em Markelle. Não há valor ali. Ele está na NBA há mais de um ano, estamos assistindo às suas atuações e você não consegue fazer um vídeo de melhores momentos dele. Não há nada para se vender, de modo realista e concreta, nesse menino”, afirmou o ex-ala do Chicago Bulls, sugerindo que o Sixers deve negociar o armador ao primeiro sinal de boa proposta.

Pippen reconhece o potencial e torce pelo sucesso de Fultz, mas, hoje, busca ver a situação realisticamente: suas chances de brilhar na NBA diminuem a cada dia. “O futuro de Markelle não parece nada bom. Ser a primeira escolha do draft e não ser capaz de oferecer absolutamente nada em quadra, nenhum valor, é um desastre. Eu sinto muito por esse garoto. Muito mesmo”, encerrou o integrante do Hall da Fama.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.