“Se tiver uma oportunidade, eu posso voltar a ser all-star”, garante Isaiah Thomas

Isaiah Thomas viveu um dos momentos mais emocionantes de sua carreira nesta segunda-feira, ao ser homenageado pelo Boston Celtics em sua primeira visita ao time onde chegou a ser um all-star na NBA. O armador escreveu uma história marcante na franquia, até realizando partidas de playoffs em luto pela morte da irmã. Para alguém constantemente subestimado, que sempre buscou respeito e reconhecimento, ele encontrou tudo o que sonhava na equipe de Massachussets.

“Eu sinto-me em casa em Boston. Passei por um drama real aqui com a morte da minha irmã. Foi o pior momento da minha vida e sinto que essa organização, essa cidade esteve ao meu lado para que eu pudesse superar a dor. Todos viveram isso comigo. O amor sempre esteve aqui e, por isso, Boston significa tanto para mim”, contou o jogador de 30 anos, que recebeu um vídeo-tributo especial e uma longa sessão de aplausos de pé da torcida no TD Garden.

A trajetória de Thomas não terminou da forma como todos os envolvidos poderiam imaginar: ele foi (surpreendentemente) trocado com o Cleveland Cavaliers, em um “pacote” pelo astro Kyrie Irving, enquanto recuperava-se de grave lesão no quadril. O armador seria trocado novamente meses mais tarde e teria que realizar mais uma cirurgia na região e, buscando revitalizar a carreira, chegou ao Denver Nuggets na última offseason.

“Eu só quero uma verdadeira chance de jogar. Não importa em que função, sei que posso retornar a atuar em alto nível. Se tiver uma oportunidade, posso voltar a ser all-star e eleito para quintetos ideais da liga. Sei disso. Posso garantir isso, porque estou fisicamente bem e preparado para tirar completa vantagem do que receber”, garantiu o confiante veterano, que teve breve passagem pelo Los Angeles Lakers antes de chegar à equipe do Colorado.

A escolha pelo Nuggets aconteceu, majoritariamente, pela presença do técnico Mike Malone – com quem já havia trabalhado anteriormente e foi muito atuante em seu recrutamento nas férias. No entanto, até agora, a parceria não vingou e o treinador já retirou Thomas da rotação. Então, a tal reviravolta não vai vir, certo? O próprio treinador já aprendeu a não duvidar de um dos seus comandados favoritos.

“A razão para ter retirado Isaiah da rotação é que o time não está bem. Dizer que a equipe não está bem por causa de Isaiah seria uma injustiça. Sinceramente, eu não sei se ele conseguirá voltar a ser aquele atleta dos tempos de Boston. Só direi uma coisa: se alguém pode fazer uma volta por cima dessas, é esse cara. Seu coração, determinação e confiança são incomparáveis”, avisou um esperançoso Malone.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Infelizmente é quase impossível. Ele precisa de muitas concessões de esquema tático para funcionar.

  • Thalion

    Nuggets não deve renovar com ele essa offseason. É um cara que pode contribuir bem, vindo do banco, mas que vive em um mundo onde ele pensa ter um potencial pra ser o MJ dos anões – coisa que não tem. Ainda vai acabar ferrando com o vestiário do Nuggets por se achar maior do que é. Essa semana semana ele tbm soltou uma pérola, onde disse que se estivesse em Boston ainda, eles teriam sido campeões da NBA….

    • Rafael L

      Ele tá é atrapalhando o denver, parece um doidinho na defesa

  • Lockdown defense

    Difícil demais. Precisa de um sistema que lhe favoreça e esconda seus defeitos, principalmente a defesa. Poucos times estariam dispostos a fazer isso no momento atual.

  • Marcelo Desoxi

    Baixinho se preocupa muito com o resultado final, e acaba esquecendo um pouco do processo.
    É uma frase batida de coach de esquina, mas ela serve para esta situação.

    D-Rose ficou anos naquela preocupação, expectativa de voltar a ser o MVP dos anos anteriores. Nunca deu certo. Quando foi para o Wolves, que é um time sem hype e basicamente todos já tinham desistido dele, o cara recuperou o bom basquete. Longe de ser igual ao ano de MVP, porém bem melhor do que o jogador praticamente nulo que ele tinha sido nos anos anteriores. Até para o all star foi cogitado este ano.

    Thomas tem que esquecer o topo que atingiu no Celtics, e focar no agora. Ou então vai ficar o resto da carreira dando esse tipo de declaração. Antes de voltar a ser all star, precisa ser titular, por exemplo. Um passo de cada vez.

    • LeBrOSMAN⚔️O Draft é logo ali

      A mesma coisa se dá com a questão de “melhor eles (Celtics) trazerem caminhões de dinheiro” quando ainda tinha o restante de uma temporada, e toda uma outra temporada por jogar antes de ele ser elegível para renovar contrato.
      Thomas tbem se empolgou quando estava no Cavs, e msmo machucado e longe de voltar, já disse desde o início todo empolgado q viria para ser campeão, algo desse tipo.
      Tem q baixar um pouco a bola, ele fala como se ainda estivesse no auge da carreira, na época de Celtics.

      • Luiz Henrique Moura Matos

        Tbm acho q ele tem parar de falar e jogar . D Rose é um exemplo ,quando saiu do holofotes ,começou a jogar bem .

  • Elinho

    Vai pra San Antonio q será possível

  • arruda91 arruda

    Deveria ir para Memphis, já que provavelmente o Conley vai sair, lá deve ser melhor para ele recomeçar, pois até o Caboclo e o Noah está jogando bem

    • Celso Cachali Jr

      Uma boa mesmo. Bradley talvez renove por la tambem faram a dupla que os fizeram ficar em evidencia.

  • Gabriel De Oliveira Meira

    Para ser titular seria no Celtics, só Stevens sabe esconder ele tão bem . Se Celtics não for campeão Irving pula fora, daí a troca do Celtics no final vai ter sido do anão pelo anão mesmo. Kkkkk

  • Jefferson Cavalcanti

    “Eu sinto-me em casa em Boston. Passei por um drama real aqui com a morte da minha irmã. Foi o pior momento da minha vida e sinto que essa organização, essa cidade esteve ao meu lado para que eu pudesse superar a dor. Todos viveram isso comigo. O amor sempre esteve aqui e, por isso, Boston significa tanto para mim”

    Um tapa na cara do pai do AD que falou que não há lealdade em Boston. No fundo ele só falou isso, pois estava pressionando para o Lakers ser o destino único na trade deadline.

    A situação depende de Kyrie Irving. Se o Celtics perder Rozier ou Kyrie dá pra pensar em ter Thomas de volta.

  • ThiagoMagic

    E então pq nao foi p Orlando seu débil mental!?

    • Celso Cachali Jr

      Teve uma boa chance… Orlando era a equipe que mais precisava e os jogadores la tinham um fit interessante para ele por la… foi burro escolheu errado.
      Agora nem sei qual seria o melhor lugar para ele. talvez um Pacers, Pistons E pelicans seria uma boa