Seleção de dezembro – conferência Leste

Mais um mês de temporada regular acabou e junto com ele, encerrou-se também o ano de 2016. Na conferência Leste, o mês foi de recuperação para equipes como Washington Wizards, continuação de boas campanhas como Cavaliers, Raptors e Celtics e decepções, no caso de Chicago Bulls e Detroit Pistons. Agora, é hora de apontar quais foram os destaques individuais da conferência e formar um quinteto inicial com os melhores jogadores do mês e também “reservas” que tenham se destacado e mereçam ser citados.

John Wall (Washington Wizards) – Médias no mês: 24.5 pontos, 10.7 assistências, 4.4 rebotes e 2.7 roubos de bola

John Wall 7

John Wall foi o grande responsável pela recuperação do Wizards até aqui. Após um início muito ruim, a equipe somou vitórias importantes, sempre liderada pelo armador, que alcançou seu recorde de pontuação em dezembro, com 52 pontos contra o Orlando Magic. Opções para a posição não faltaram e vale dizer que Isaiah Thomas, Kyle LowryKyrie Irving tiveram um ótimo mês, mas só um pode ser escolhido.

Reserva – Isaiah Thomas (Boston Celtics) – 30.3 pontos, 5.9 assistências e 1.0 roubo de bola


DeMar DeRozan (Toronto Raptors) – Médias no mês: 25.5 pontos, 4.8 rebotes, 3.9 assistências

Toronto Raptors beat Indiana Pacers in game five 102-99 in their first round NBA playoff series

DeRozan segue sendo um dos principais cestinhas da temporada e liderando o Toronto Raptors na boa campanha que a equipe faz. Como muitos previam, o time do Canadá se encontra na segunda posição do Leste, atrás apenas do Cleveland Cavaliers e DeRozan é o maior responsável por isso, ao lado de Kyle Lowry.

Reserva – Jimmy Butler (Chicago Bulls) – 23.5 pontos, 6.9 rebotes, 4.7 assistências


Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) – Médias no mês: 24.8 pontos, 9.3 rebotes, 5.3 assistências. 1.8 toco

Nov 1, 2015; Toronto, Ontario, CAN; Milwaukee Bucks forward Giannis Antetokounmpo (34) dribbles the ball up the floor against Toronto Raptors during a 106-87 loss at Air Canada Centre. Mandatory Credit: Dan Hamilton-USA TODAY Sports

Se você excluiu a possibilidade do Bucks ir aos playoffs, é melhor pensar novamente, pois Antetokounmpo vai fazer de tudo para que a equipe esteja na pós-temporada. O jovem jogador participa de tudo em quadra e se você duvida disso, basta ir até as estatísticas do Bucks e perceber que o grego é o líder em pontos, rebotes, assistências, roubos de bola e tocos. Tudo isso com 22 anos. Em dezembro, jogou mais uma vez em alto nível.

Reserva – Paul George (Indiana Pacers) – 23.4 pontos, 6.5 rebotes, 3.1 assistências


LeBron James (Cleveland Cavaliers) – Médias no mês: 27.9 pontos, 7.6 rebotes, 7.9 assistências

LeBron James Cavs

LeBron James e o Cleveland Cavaliers seguem muito bem e no último mês não foi diferente. O ala continua alcançando grandes números e sendo o jogador que faz a equipe funcionar. Kevin Love e Kyrie Irving vem fazendo ótimas temporadas, mas quando o camisa 23 não joga, a equipe perde na maioria das vezes. É assim desde o seu retorno, em 2014. Isso pode mostrar algo que o Cavs pode melhorar, mas acima de tudo, mostra a eficiência e o impacto de James no time.

Reserva – Paul Millsap (Atlanta Hawks) – 19.3 pontos, 7.8 rebotes, 4.0 assistências


Hassan Whiteside (Miami Heat) – Médias no mês: 16.8 pontos, 13.5 rebotes, 1.9 tocos

Hassan Whiteside

Whiteside vem fazendo uma grande temporada, ao contrário do Miami Heat. O pivô é o grande destaque da equipe ao lado de Goran Dragic e vem demonstrando evolução em seu jogo mais uma vez. Ele também segue sendo o líder de rebotes da temporada, com uma média de 14.3 por jogo. Seus números foram melhores em novembro, mas o jogador continuou muito bem em dezembro.

Reserva – Joel Embiid (Philadelphia 76ers) – 19.8 pontos, 6.8 rebotes, 2.4 tocos


MVP do Leste em dezembro: LeBron James

Confira aqui a seleção do Oeste

  • Michel Moral

    John Wall tem capacidade para ser o melhor armador da liga. Está na hora de ele ameaçar o posto do CP3. Curry e Irving são jogadores extraordinários, mas são outra pegada. Não são armadores com características de organização.

    Mas que para isso aconteça, ele precisa jogar nesse nível com regularidade e fazer com que a equipe do Wizards continue disputando playoffs. O que aconteceu na última temporada não pode acontecer. É o mesmo raciocínio para Anthony Davis e DeMarcus Cousins. Querem ser os melhores, tudo bem… Jogam demais e têm condição para isso. Agora, precisam jogar pós-temporada, independentemente se o time em que jogam é bom ou não.

    Grandes jogadores jogam playoffs!

    • Claudio R.

      concordo!!!

    • Marcelo Antônio

      Wall precisa focar no que realmente importa.

  • nico

    eu prefiro john wall ao westbrook…. acho que os dois tem formas parecidas de jogar, porem wall consegue cadenciar, dosar o ritmo da equipe…. west e VOLUME de jogo…. so uma opinião

  • Rogério Rodrigues

    Parem de colocar o Lebron na 4. Igual fazem com o Durant no oeste nas outras listas.

  • Killer Crossover

    Wall cogitado (no mês) como titular normal, Thomas como reserva imediato também, afinal ambos são a primeira opção ofensiva do time e Lowry divide a bola com DeRozan em Toronto, nessa era de armadores somente o fato do Irving ir ao all-star (não acho que fique fora) com tais jogadores citados acima jogando bem, já é um elogio ao mesmo. DeRozan inegável na 2; mas Butler vai brigar com o grego no ASG não ? Ou ele é classificado como guard ? De qualquer forma, como disseram abaixo, o Lebron na 4 não faz sentido. O que vejo é um pequeno pretexto pra deixar o auto-intitulado melhor jogador da liga: Paul George ao menos como reserva e isso “tira” desmerecidamente (na minha opinião) a vaga do Love (que vem jogando muito) ai da pequena lista. E Millsap não iria no meu time.

    Eu deixaria levando em conta a temporada:

    Thomas (Irving) – DeRozan (Butler) – LBJ (Antetokounmpo) – Faz mais sentido > Paul George (Love) – Whiteside (Embiid)

    Obviamente uma lista do mês e não da temporada, então há discordâncias mesmo principalmente que no fim considerarão o conjunto da obra. E não acho que o Patrão ficará de fora.

  • Brad

    No momento pra mim, o Antetokounmpo ta sendo o jogador mais legal de se assistir, a explosão desse demônio é absurda, tomara que continue assim.

  • Gostei da lista…
    agora o que o Embiid vem jogando, é brincadeira. É o jogador que mais me impressiona em um novato, desde muito tempo. É um jogador muito completo.