Minnesota Timberwolves 86 x 104 San Antonio Spurs

Jogando em casa, o San Antonio Spurs derrotou o Minnesota Timberwolves neste domingo e obteve o seu 29° triunfo na temporada. A equipe texana foi liderada pelo veterano Tim Duncan, que somou 15 pontos, oito rebotes e quatro bloqueios. Kawhi Leonard foi o cestinha do Spurs, com 17 pontos, enquanto o francês Tony Parker ficou com 14 pontos e dez assistências.

Pelo Wolves, Nikola Pekovic obteve 22 pontos e seis rebotes. Kevin Love teve uma atuação apagada, com 14 pontos e sete rebotes, mas converteu apenas três dos 14 arremessos tentados. Somente os dois, e o reserva Alexey Shved, com 11 pontos, ficaram acima do dígito duplo.

O Spurs, que conquistou a quarta vitória seguida e a sétima nos últimos oito embates, não teve grandes dificuldades, apesar das ausências do brasileiro Tiago Splitter (ombro) e do argentino Manu Ginobili (músculo da perna). Ao fim do primeiro tempo, os anfitriões lideravam por 52 a 49.

Na volta do intervalo, Leonard foi quem brilhou. O ala anotou nove pontos no terceiro período, liderando sua equipe. O Spurs vencia por 81 a 71. Já no último quarto, o Wolves não conseguia esboçar nenhum tipo de reação, o que garantiu a fácil vitória de San Antonio.

Destaques

Minnesota

Nikola Pekovic: 22 pontos, seis rebotes
Kevin Love: 14 pontos, sete rebotes, 3-14 em arremessos
Alexey Shved: 11 pontos
Ricky Rubio: sete pontos, oito assistências

San Antonio

Tim Duncan: 15 pontos, oito rebotes, cinco assistências, quatro bloqueios
Kawhi Leonard: 17 pontos, seis rebotes
Tony Parker: 14 pontos, dez assistências
Matt Bonner: 14 pontos, 4-5 em três pontos
Marco Belinelli: 13 pontos
Patrick Mills: dez pontos, quatro rebotes

Cleveland Cavaliers 80 x 124 Sacramento Kings

Destaques

Cleveland

Anderson Varejão: dez pontos, sete rebotes, seis assistências
Luol Deng: 12 pontos, cinco rebotes
C.J. Miles: 14 pontos
Earl Clark: 11 pontos
Kyrie Irving: sete pontos, cinco assistências, 3-14 em arremessos

Sacramento

Isaiah Thomas: 26 pontos, seis assistências, quatro rebotes
DeMarcus Cousins: 16 pontos, 11 rebotes
Rudy Gay: 20 pontos, cinco rebotes, três bloqueios
Derrick Williams: 13 pontos
Jimmer Fredette: 13 pontos

Atlanta Hawks 101 x 108 Memphis Grizzlies

Destaques

Atlanta

Paul Millsap: 21 pontos, seis rebotes, seis assistências
Jeff Teague: 20 pontos, cinco assistências
Mike Scott: 15 pontos, quatro rebotes
DeMare Carroll: 15 pontos

Memphis

Mike Conley: 21 pontos, nove assistências
Zach Randolph: 18 pontos, 12 rebotes
Courtney Lee: 15 pontos
Mike Miller: 15 pontos
Kosta Koufos: 11 pontos, oito rebotes

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Jogador Estrela!

    Isiah Thomas vai ser o MIP. Ele está jogando muito e teve uma enorme evolução. O Irving começo a achar este pokemon overrated. Então ele passa de bestial a besta de uma forma banal? A fama lhe subiu à cabeça enfim…

    Os Wolves está mau, fico espantado como o Shabazz Mohammed não é titular quando ele tem talento e qualidade para ter 35 minutos fáceis e é o dobro do Brewer e do Luc M’Bah Monté.

    • Raphael Mascarenhas

      O Irving, naquelas matérias de melhor de cada posição que teve no jumper antes de começar a season, era o segundo melhor armador. Hoje eu não colocaria ele nem no top 5. Na temporada, pra mim os melhores são Paul, Curry, Wall, Conley e Lawson. O Rondo ainda nem estreiou, o Teague e o Parker estão um pouco irregulares nessa temporada. O Ginobli, muitas vezes da mais assistencias que o Parker.

  • Julio Zago

    Ridícula a atuação dos Cavs! Nunca fui fã do trabalho do Mike Brown, mas sua incapacidade de fazer a equipe render se torna cada vez mais nítida e prejudicial. É bem verdade que o Cleveland não possui um time para ser contender, mas também não se pode aceitar que a equipe não esteja nem perto de alcançar a classificação na conferência leste com o elenco que possui. Não sou muito a favor de trocas no comando de um time, mas acredito que em algumas situações isso é inevitável, eu trocaria o comando imediatamente.
    E sobre o Shabazz, eu concordo com o Jogador Estrela!, não entendo o motivo dele ter tão poucos muitos na rotação dos Wolves.

  • Kyrie Irving é bem inconstante,um jogo faz 37 e no outro faz menos de 15,como exemplo….não deixa de ser um ótimo jogador,mas assim nunca pode ser considerado entre os melhores armadores.

    • Vinícius Maia

      Cara mas ele está assim nessa temporada, nas duas últimas temporadas não foi assim. Não sou muito de ficar colocando a culpa em técnico porque técnico não entra em quadra mas eu me pergunto se o mal rendimento do Irving não tem, em partes, a ver com a incompetencia de Mike Brown. Não é só o Irving que está mal, o Cavs inteiro está mal. Com o elenco que tem, o Cavs teria condições de estar entre os 5 primeiros do Leste sem grandes problemas, mas não estamos nem perto da oitava colocação

  • Tom

    Wolves é uma vergonha!

  • Luan

    Enquanto o Rubio não desenvolver o arremesso dele, nunca irá se criar na liga.
    Uma pena já que eu gosto muito do estilo de jogo dele

  • Spurs mais uma vez, forte candidato, e Cleveland, sem palavras, que pancada

    • Raphael Mascarenhas

      Eu diria que Spurs não passa nem do Thunder (com west), nem do Pacers e nem do Heat. Mas quanto mais vc subestima eles, melhor eles ficam né?

  • Zack Batista

    Luol Deng é trocado para jogar no Cavs e, ao invés de melhorar a equipe, pega uma surra sem piedade do Kings já em seu segundo jogo(se não me engano)pelo time. É… talvez seja esse técnico mesmo q não consegue tirar o melhor do seu time. Nunca fui fã do Mike… Técnico mediano q adorava atrapalhar o Varejão… Foi por imposição da direção da franquia q o pivô brasileiro ganhou mais tempo de quadra(com Bynum saindo então). B.Scott tirou o melhor do Vareja(mais de 14 pontos e 14 rebotes de médias)na temporada passada, já o Brown…

  • Esse time do Wolves é uma enganação! É um time que se você olha primeiramente, observa MUITO potencial a curto e longo prazo, mas na prática é OUTRA história, joga mal e é inconstante.

    Queria saber se o problema é só o Rick Adelman, mas isso não parece ser isso.

  • CosmeCelta

    Irving é quem define a atuação do Cleveland. Dificilmente quando ele joga bem o Celveland não vence, e quando ele joga mal a equipe vai mal também e perde. O problema é que ele vem jogando mal em muitos jogos, o que reflete na campanha. A questão é que o Cleveland tem elenco pra não ser tão dependente do Irving, e aí entra a culpa do Brown na história, que campanha vergonhosa ele faz a frente do Cavaliers.

  • caio_l

    o irving é novo, ainda tem pouco tempo de experiência para leitura de jogo, isso ele vai adquirindo com o tempo e com pessoas que vão instruindo ele.