Sem brasileiros, NBA Draft Combine começa hoje em Chicago

Setenta prospectos irão participar, a partir de hoje, do NBA Draft Combine, evento anual realizado em Chicago, que inclui medições, testes físico-atléticos, entrevistas com franquias, treinos e atividades coletivas em sua programação. O evento deste ano será realizado até o dia 20 de maio.

Os brasileiros que se inscreveram no recrutamento de 2018 – Yago Mateus (Paulistano), Gabriel Jaú e Michael Uchendu (ambos do Bauru) – não estão entre os participantes do Combine.

Com a intenção de “proteger” sua projeção de resultados ruins, o pivô DeAndre Ayton (Arizona), um dos candidatos à primeira escolha do draft, recusou o convite da liga. Outro que não vai participar do evento é o pivô Robert Williams (Texas A&M), projetado para ser escolhido ao final da loteria.

Esse tipo de postura dos agentes dos atletas de elite não é novidade, já que, nos últimos anos, prospectos como Karl-Anthony Towns, Ben Simmons, Joel Embiid, Andrew Wiggins e Jabari Parker também não participaram do Combine.

Por estarem envolvidos em jogos decisivos de suas respectivas ligas, os prospectos europeus, como o esloveno Luka Dončić (Real Madrid) e Džanan Musa (Cedevita Zagreb), não estarão no evento.

A NBA escolhe os atletas participantes com o auxílio de franquias da liga. Cédulas com os nomes de todos os prospectos elegíveis para o recrutamento são enviadas para as equipes, que podem selecionar os 60 jogadores que mais querem ver no Combine.  A lista de convites sai do resultado da votação entre os times.

O draft deste ano será realizado no dia 21 de junho, no Barclays Center, em Nova Iorque. Vale lembrar que o Jumper Brasil vai fazer sua costumeira cobertura especial do recrutamento. Durante o evento, que mais uma vez será transmitido pela ESPN para o Brasil, faremos um programa ao vivo que vai atravessar a noite, com equipe completa a postos, informando e comentando tudo o que acontecer no draft – rumores, escolhas e trocas.

Confira todos os 70 atletas confirmados no NBA Draft Combine 2018 (em ordem alfabética):

Rawle Alkins (Arizona)
Grayson Allen (Duke)
Kostas Antetokounmpo (Dayton)
Udoka Azubuike (Kansas)
Marvin Bagley (Duke)
Mohamed Bamba (Texas)
Jaylen Barford (Arkansas)
Keita Bates-Diop (Ohio State)
Tyus Battle (Syracuse)
Brian Bowen (South Carolina)
Mikal Bridges (Villanova)
Miles Bridges (Michigan State)
Bruce Brown (Miami)
Troy Brown (Oregon)
Jalen Brunson (Villanova)
Tony Carr (Penn State)
Jevon Carter (West Virginia)
Wendell Carter (Duke)
Hamidou Diallo (Kentucky)
Donte DiVincenzo (Villanova)
Trevon Duval (Duke)
Jacob Evans (Cincinnati)
Bruno Fernando (Maryland)
Melvin Frazier (Tulane)
Shai Gilgeous-Alexander (Kentucky)
Devonte Graham (Kansas)
Devon Hall (Virginia)
Jaylen Hands (UCLA)
Kevin Hervey (Texas-Arlington)
Aaron Holiday (UCLA)
Kevin Huerter (Maryland)
Chandler Hutchison (Boise State)
Jaren Jackson Jr. (Michigan State)
Justin Jackson (Maryland)
Alize Johnson (Missouri State)
George King (Colorado)
Kevin Knox (Kentucky)
Sagaba Konate (West Virginia)
Caleb Martin (Nevada)
Cody Martin (Nevada)
Yante Maten (Georgia)
Brandon McCoy (UNLV)
De’Anthony Melton (USC)
Chimezie Metu (USC)
Shake Milton (SMU)
Sviatoslav Mykhailiuk (Kansas)
Malik Newman (Kansas)
Josh Okogie (Georgia Tech)
Theo Pinson (North Carolina)
Jontay Porter (Missouri)
Michael Porter Jr. (Missouri)
Billy Preston (Kansas)
Jerome Robinson (Boston College)
Mitchell Robinson (Western Kentucky)
Collin Sexton (Alabama)
Landry Shamet (Wichita State)
Anfernee Simons (IMG Academy)
Zhaire Smith (Texas Tech)
Ray Spalding (Louisville)
Omari Spellman (Villanova)
Khyri Thomas (Creighton)
Gary Trent Jr. (Duke)
Allonzo Trier (Arizona)
Moritz Wagner (Michigan)
Lonnie Walker (Miami)
P.J. Washington (Kentucky)
Austin Wiley (Auburn)
Kris Wilkes (UCLA)
Kenrich Williams (TCU)
Trae Young (Oklahoma)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Porra, vou ter mesmo que aprender o nome Atentoseiláoque

    • LUIZ HENRIQUE MOURA MATOS

      Vc sabe q é o irmão do giannis né ?

      • Claro, por isso esse comentário, vai ser mais um desse nome na NBA

      • Beto cargnin

        Alguem sabe como ele está nas projeçoes?

        • Guilherme

          Nos mocks que eu vi, ele não aparece nem na segunda rodada.

  • Yan Alves #Suns

    Hora do Michael-Porter Jr brilhar e tentar impressionar as franquias de alguma forma. Essa lesão dele nas costas acabou com todo o hype que se tinha pra cima dele.

  • LeBrOSMAN #WhateverItTakes

    Não é um fator tão decisivo assim, essas ausências no Combine. O evento não possui o mesmo nível de importância q existe na NFL, por exemplo.
    Com exceção do MPJr, q tem q mostrar q está saudável (dizem q quando ele jogou, só estava apenas 60% saudável), o restante dos principais prospectos não interfere em mt coisa.
    O q vale msmo são os treinos privados. É lá q o Tatum impressionou o Celtics, foi lá q o Waiters impressionou o Suns e o Cavs, e por aí vai.

  • Tulio Machado

    Surpreso pelo Marvin Bagley que é um cara que com certeza vai estar no top 5, participar do Draft Combine… Pode ajudar a subir pro top 3

    • Scary Terry

      Pensei a mesma coisa, interessante mesmo. Ponto pra ele

  • Eduardo Cavalcante

    Quem é melhor pro bulls, Mikal Bridges ou MPJr ?

    • Emanueel Jefferson

      Como torcedor do Bulls.
      Creio que MPJR seria a melhor escolha!

      • Eduardo Cavalcante

        Torcendo pra que ele seja a escolha,

      • Eduardo Cavalcante

        Alguns mocks dos usa tem colocado o Mikal como a escolha

        • Diego Costa

          Mikal deve virar o famoso bom em tudo, craque em nada.

          É uma escolha segura, provavelmente vai ser um jogador sólido na liga, mas em termos de teto não se compara…. MPJ muito superior.

    • Tulio Machado

      Pra mim o melhor prospecto pro Bulls é o Mo Bamba, mas entre os dois, não existe fuvifas que é o MPJ

      • Flavio Cristiano Saldanha

        Acho que vai depender muito da escolha do Dallas, o Dallas tinha tudo pra ter Doncic ou Ayton, mas acabou caindo na loteria para a quinta posição, o que tirou esses dois das suas mãos e o dallas então irá procurar um pivô de oficio no draft provavelmente, e ele deve ser o Mo Bamba

  • Diego Costa

    Chegou a hora do MPJ mostrar algo. Dependendo de como for, pode pintar no Mavs nessa pick 5, e forçando um pouco, quem sabe até no memphis.

  • Flavio Cristiano Saldanha

    Alguém sabe dizer algum prospecto que não participou disso por querer proteger-se dos resultados e acabou não vingando na NBA?