Sem precipitação, Clippers não consideraria demitir Doc Rivers

Doc Rivers está a salvo no comando do Los Angeles Clippers. Aparentemente. De acordo com Sam Amick, do site USA Today Sports, múltiplas fontes ligadas ao time confirmam que a demissão do treinador não estaria sendo discutida ou considerada nos bastidores. A tendência é que o veterano comandante não corra nenhum risco de dispensa nesta temporada, independentemente dos resultados da equipe.

Amick apurou que a direção da franquia – incluindo o dono Steve Ballmer – acredita que o trabalho do treinador não pode ser avaliado de forma justa pelo alto número de lesões sofridas pelo elenco. Quatro dos cinco titulares angelinos no primeiro jogo da temporada já se lesionaram ou ainda estão contundidos no momento: Milos Teodosic, Patrick Beverley, Danilo Gallinari e Blake Griffin.

Rivers ainda possui contrato garantido com o time até o fim da próxima temporada, recebendo US$10 milhões anuais em salários. Os altos vencimentos do vínculo são explicados porque ainda ocupava o cargo de presidente de operações – do qual foi removido antes do início da temporada – quando o acordo foi firmado. Entre seus feitos, ele foi campeão da NBA pelo Boston Celtics, em 2008.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • xmaah

    que pena.

  • Albert Medeiros

    Tem que mandar embora ele, o filho, BG e DAJ…

    • Guilherme Petros

      calma

      • Albert Medeiros

        Tô calmo, não torço pra essa merda de time,kkkkk

  • Leo

    Deveriam considerar. Enquanto o Valdomiro estiver lá esse time não vai a lugar algum

  • felipe fernando Oliveira

    Ainda bem. Meu medo é se Clippers dispensa ele, OKC vai lá e contrata essa draga

    • Guilherme Petros

      hahahahahaha

  • danielzera

    Baita azar esse LAC, montou um time interessante e todo mundo foi se estrepando no caminho. Estava apostando em uma boa temporada do P.Berveley e do M.Teodosic (inclusive foi minha aposta para ROY), agora é só esperar o desmanche.