Sem troca encaminhada, Thunder pode iniciar temporada com Chris Paul no elenco

A passagem de Chris Paul pelo Oklahoma City Thunder, no fim das contas, pode não ser tão curta quanto muitos pensavam. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, as tratativas de troca da franquia com interessados no experiente armador estariam estagnadas no momento. A situação faz com que as duas partes projetem que ele possa seguir no elenco para o início da temporada regular.

A direção da equipe trabalha com os representantes do jogador de 34 anos desde a sua aquisição, como parte da troca que levou Russell Westbrook para o Houston Rockets, para encontrar um novo destino para o atleta. No entanto, resistente a envolver escolhas de draft na transação, o time já acredita que vai ser mais fácil tentar negociá-lo durante a temporada ou na próxima offseason.

Apesar dos esforços para uma negociação, Thunder e Paul não estariam opostos a uma “união” mais longa. O gerente-geral Sam Presti acreditaria que o experiente atleta possa ser um mentor para o jovem Shai Gilgeous-Alexander, enquanto o armador aposta que a equipe possa ser minimamente competitiva no Oeste com uma base que inclui o pivô Steven Adams e o ala Danilo Gallinari.

Trocar o armador é uma missão especialmente complicada em decorrência do seu contrato: ele ainda tem aproximadamente US$124 milhões garantidos a receber pelas próximas três temporadas. Espera-se que o Thunder tenha mais facilidade para negociá-lo a partir de 15 dezembro, quando todos os contratados na atual agência livre voltam a ser elegíveis para fazer parte de trocas.

Paul já possui experiência anterior atuando em Oklahoma City: entre 2005 e 2007, o então New Orleans Hornets foi realocado temporariamente na cidade por conta dos estragos causados pelo furacão Katrina. Veterano de 14 temporadas na NBA, o futuro integrante do Hall da Fama registra médias de 18.5 pontos, 4.5 rebotes, 9.7 assistências e 2.2 roubos de bola em 950 jogos disputados.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.