Sem vencer na temporada, Tyronn Lue é demitido pelo Cavs

A má campanha do Cleveland Cavaliers neste início de temporada, com derrotas nas seis partidas disputadas, fez a sua primeira vítima neste domingo (28). De acordo com o repórter Shams Charania, do site The Athletic, a franquia decidiu demitir o técnico Tyronn Lue, que estava no cargo há quase três anos.

Ainda de acordo com a publicação, a intenção dos dirigentes do Cavs é promover o principal assistente, Larry Drew, como interino no comando do time. Os jogadores da equipe já foram informados da saída de Lue, segundo Charania. Além do treinador, o auxiliar Damon Jones também deixa a franquia.

Contratado em 2014 para o cargo de assistente, Lue assumiu o time em janeiro de 2016, após a demissão de David Blatt. Na ocasião, ele assinou contrato de três temporadas com a franquia.

Na primeira temporada sob o seu comando, o time de Cleveland chegou ao título inédito da NBA, quando superou o Golden State Warriors, em uma série épica de sete partidas.

Nas duas temporadas seguintes, o Cavs chegou novamente às finais, mas foi derrotado em ambas as oportunidades pelo Warriors. Em 211 jogos à frente do time de Ohio, Lue alcançou um aproveitamento de 61%, com 128 vitórias e 83 derrotas.

O elenco do Cavs é praticamente o mesmo da última temporada, com um detalhe fundamental que explica o início ruim da equipe em 2018/19: a saída do astro LeBron James, que assinou com o Los Angeles Lakers na agência livre.

Este é o pior início de temporada do Cavs desde 1995/96, quando a equipe perdeu os sete primeiros embates.