Sob o comando de Marquinhos, Brasil bate a República Dominicana na Copa América

O Brasil conseguiu a reabilitação na Copa América Masculina de Basquete, nesta terça-feira, com uma vitória apertada. Sendo novamente liderada pelo ala Marquinhos, a seleção venceu a República Dominicana, por 71 a 65, pela segunda rodada do Grupo A.

A equipe Dominicana foi derrotada pela segunda vez na competição, já que na estreia havia perdido para o México por 84 a 66. Na outra partida do grupo A realizada hoje, O Uruguai perdeu para o Panamá por 78 a 71. Assim, Uruguai, México, Brasil e Panamá têm uma vitória  cada na competição, sendo que México e Panamá só realizaram uma partida no torneio.

O Brasil volta a jogar nesta quarta-feira contra o México, que folgou na segunda rodada, às 22h30min (horário de Brasília). A outra partida do grupo reunirá as equipes de Panamá e República Dominicana.

O JOGO

O Brasil novamente teve um início de partida irregular. As equipes cometiam muitas faltas e os pontos surgiam a partir das cobranças de lances livres. Assim como no primeiro jogo, a seleção terminou o período inicial empatada, desta vez por 16 pontos para cada lado.

O segundo quarto foi melhor para os brasileiros, que conseguiram converter cestas fáceis em contra-ataque e abriram uma boa vantagem no marcador, que terminou com 13 pontos de diferença (45 a 32) a favor dos brasileiros.

O terceiro período foi novamente truncado, com o Brasil iniciando bem ofensivamente, mas permitindo a reação dos Dominicanos logo em seguida. As duas equipes não se encontravam no ataque e terminaram o quarto com 13 pontos cada.

No último quarto a República Dominicana esboçou uma reação já no fim da partida, trazendo a diferença a sete pontos no último minuto . No fim, o Brasil prevaleceu e saiu de quadra com seu primeiro triunfo na competição.

Destaques

República Dominicana

Rigoberto De La Rosa: 14 pontos, três rebotes
James Feldeine: 20 pontos
Edgar Sosa: 11 pontos
Edward Santana: dez rebotes

Brasil

Marquinhos: 17 pontos
Vitor Benite: 13 pontos, seis rebotes
Ricardo Fischer: dez pontos, cinco rebotes
J.P. Batista: dez pontos, nove rebotes

  • Rafael Victor

    Brasil deu uma melhorada em relação ao primeiro jogo, Marquinhos vem sendo o melhor jogador, o Benite não tem ido tão bem quanto no Pan, o Augusto Lima também, acho que ele tá meio cansado e tal! Próximo jogo contra o México vai ser parada dura!

    • Rômulo Franco Cardozo

      Boa explicação… talvez a questão física seja o motivo da queda de produção do Benite… parece outro jogador