Spurs bate Grizzlies e conquista quinta vitória seguida

E mais: Rockets e Thunder vencem longe de seus domínios

San Antonio Spurs 89 x 84 Memphis Grizzlies

Fora de casa, o San Antonio Spurs superou o Memphis Grizzlies em uma grande apresentação do veterano Tim Duncan, conquistando a quinta vitória consecutiva.

Duncan anotou 19 pontos, pegou 17 rebotes e bloqueou cinco arremessos nos 32 minutos em que ficou em quadra. Tony Parker obteve 21 pontos e sete assistências, e o brasileiro Tiago Splitter somou 14 pontos e seis rebotes em apenas 19 minutos.

Pelo Grizzlies, que não contou mais uma vez com o ala-armador Tony Allen, contundido, o cestinha foi o pivô espanhol Marc Gasol, com 22 pontos. Ele ainda coletou nove rebotes. Mike Conley, com 19 pontos e oito passes decisivos, e Rudy Gay, com 18 pontos e oito rebotes, também se destacaram.

No primeiro quarto, o Spurs chegou a abrir 12 pontos de frente, depois de três cestas seguidas de longa distância. No segundo, os visitantes seguiam melhores, mas perderam parte da vantagem no fim, quando Jeremy Pargo fez de três, e o placar era de 52 a 46 para San Antonio.

Na volta do intervalo, o Grizzlies cresceu de produção e ganhou a liderança depois de um arremesso de O.J. Mayo. Enquanto isso, o ataque do Spurs parou e o Memphis vencia por 73 a 67.

O Spurs retornou bem melhor no último período, chegando a anotar os primeiros nove pontos do quarto para retomar o rumo à vitória. Restando cerca de um minuto para o fim, Duncan recebeu passe de Danny Green e enterrou para deixar sua equipe na frente por 87 a 81. Conley diminuiu a diferença para quatro pontos depois de acertar de três, porém com três bloqueios do time texano nos últimos 33 segundos, sendo dois deles de Duncan, a tentativa de reação de Memphis foi em vão.

Com os 17 rebotes do jogo de hoje, Duncan ultrapassou Charles Oakley e agora é o 20° maior reboteiro de todos os tempos na NBA.

Agora, o Spurs possui 17 vitórias e nove derrotas, enquanto o Grizzlies, que perdeu sua terceira seguida, está com 12 triunfos em 25 embates.

Destaques

San Antonio

Tim Duncan: 19 pontos, 17 rebotes, cinco bloqueios
Tony Parker: 21 pontos, sete assistências
Tiago Splitter: 14 pontos, seis rebotes

Memphis

Marc Gasol: 22 pontos, nove rebotes
Mike Conley: 19 pontos, oito assistências, seis rebotes
Rudy Gay: 18 pontos, oito rebotes, quatro roubadas

Houston Rockets 99 x 90 Denver Nuggets

Sem três titulares, o Denver Nuggets recebeu o Houston Rockets na noite desta segunda-feira e acabou saindo com a sua terceira derrota consecutiva.

No primeiro período, o Nuggets não conseguiu abrir mais do que cinco pontos de vantagem, e falhando muito nos arremessos de longa distância, a equipe permitiu a chegada do Rockets, finalizando em 28 a 26 para os donos da casa. No segundo, os anfitriões abriram sete pontos após cesta de Rudy Fernandez, mas o Houston virou, indo para os vestiários na frente por 47 a 45.

No retorno dos vestiários, o jogo ficou muito equilibrado e várias trocas de liderança ocorreram. Com cesta de Chase Budringer no estouro do cronômetro do terceiro quarto, o Rockets vencia por 73 a 71.

Já nos 12 minutos finais, os visitantes obteram nove pontos de vantagem, mas aos poucos o Denver encostou, e a liderança do Rockets era de 86 a 83. Restando dois minutos, o marcador apontava 94 a 90 para Houston. Depois, Al Harrington teve dois lances livres para diminuir para dois, mas errou suas tentativas. Então, Budinger converteu mais uma de três, deixando o placar em 97 a 90, com um minuto para acabar, colocando fim nas chances dos anfitriões.

Nenê não atuou por conta de dores no calcanhar esquerdo e foi substituído pelo calouro Kenneth Faried. O novato atuou por 18 minutos, finalizando com seis pontos e oito rebotes. Kosta Koufos substituiu novamente o contundido Timofey Mozgov. Arron Afflalo também não atuou. Julyan Stone entrou em seu lugar.

Se essas notícias não eram animadores para o time do Colorado, a situação piorou quando o italiano Danilo Gallinari deixou o jogo no terceiro período após fraturar um osso em seu tornozelo, o que o deverá deixar de fora por pelo menos três semanas.

O Rockets está com 14 vitórias e 11 derrotas, enquanto o Nuggets possui 15 triunfos em 25 jogos.

Destaques

Houston

Luis Scola: 25 pontos, oito rebotes
Kyle Lowry: 20 pontos, seis assistências, 5-6 em três pontos
Chase Budinger: 16 pontos, cinco rebotes, 4-7 em três pontos
Courtney Lee: dez pontos, cinco rebotes
Kevin Martin: oito pontos, quatro assistências, 1-9 em arremessos

Denver

Ty Lawson: 13 pontos, sete assistências
Al Harrington: 12 pontos, 15 rebotes
Danilo Gallinari: 14 pontos
Rudy Fernandez: 14 pontos
Andre Miller: 12 pontos

Oklahoma City Thunder 111 x 107 Portland Trail Blazers

Em um jogo emocionante, o Oklahoma City Thunder derrotou o Portland Trail Blazers com a dupla formada por Kevin Durant e Russell Westbrook como o destaque. LaMarcus Aldridge, com 39 pontos, ficou a apenas três de sua melhor marca na carreira.

No primeiro período, o Blazers chegou a estar liderando por oito pontos de diferença, mas em 40 segundos ela caiu para dois, finalizando em 31 a 29. No segundo, o Thunder virou e foi para o intervalo vencendo por 60 a 52.

Retornando dos vestiários, os visitantes conseguiram abrir 12 pontos depois de cesta de três de James Harden. Entretanto, o Portland anotou seis pontos seguidos no último minuto para diminuir para seis, em 85 a 79.

Já no último quarto, o Blazers diminuiu para quatro após cesta de Nolan Smith. Em seguida, o francês Nicolas Batum fez cesta, sofreu falta e converteu o lance de bonificação para deixar o jogo em 89 a 88 para o adversário. Depois, o mesmo Batum empatou com cesta de três, sua primeira no jogo. Na jogada seguinte, LaMarcus Aldridge deixou o Blazers na frente por 95 a 93, com seis minutos para o fim.

Defendendo muito bem, os donos da casa limitavam o ataque de Oklahoma City, e Aldridge fazia com perfeição o seu papel na parte ofensiva, anotando oito pontos consecutivos, deixando o Portland em vantagem por 101 a 95. Kevin Durant fez de três, e no lance seguinte, Russell Westbrook converteu dois lances livres para diminuir para um. Gerald Wallace cometeu falta após um rebote em Westbrook, que empatou o jogo em 101 pontos. Jamal Crawford deixou o Blazers na frente outra vez, por 103 a 101, com menos de um minuto para o fim.

O Thunder tinha a posse de bola, mas antes mesmo de o lateral ser cobrado, Serge Ibaka cometeu falta de ataque e a bola voltou para Portland. Aldridge errou seu arremesso, e Durant teve a chance de virar com um lance de três, mas também falhou. Ibaka pegou o rebote ofensivo e faltavam 15.9 segundos para acabar. Durant foi para a cesta, levou um bloqueio de Aldridge, mas a arbitragem interpretou como interferência do jogador de Portland, empatando em 103 pontos.

Com apenas seis segundos para o término, a bola era do Blazers, mas Batum foi bloqueado e o jogo foi para a prorrogação.

No tempo-extra, o Blazers converteu somente um de seus oito arremessos, enquanto o Thunder ficou na frente durante quase todo o tempo para confirmar o triunfo.

O Blazers não contou com o armador Raymond Felton, que torceu o tornozelo na vitória sobre o Denver Nuggets, no último sábado. Jamal Crawford entrou em seu lugar.

O Thunder tem agora 19 vitórias e cinco derrotas, enquanto o Blazers está com 14 triunfos em 25 embates.

Destaques

Oklahoma City

Kevin Durant: 33 pontos, sete rebotes, cinco assistências
Russell Westbrook: 28 pontos, 11 rebotes, oito assistências
Serge Ibaka: 12 pontos, 13 rebotes, quatro bloqueios
James Harden: 19 pontos, quatro rebotes
Kendrick Perkins: seis pontos, dez rebotes

Portland

LaMarcus Aldridge: 39 pontos, seis rebotes
Wesley Matthews: 18 pontos
Jamal Crawford: 17 pontos, cinco assistências
Marcus Camby: oito pontos, 15 rebotes
Nicolas Batum: 13 pontos

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.