Spurs passa pelo Warriors e aumenta série invicta para 19 jogos; Knicks atropela Nets e assume oitavo lugar do Leste

Golden State Warriors 90 X 111 San Antonio Spurs

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=jjj88865F1k]

A maior sequência de vitórias da história do San Antonio Spurs não parece ter fim. A equipe texana não teve dificuldades para passar pelo Golden State Warriors – desfalcado de Andre Iguodala, David Lee e Andrew Bogut – na noite desta quarta-feira por 111 a 90 e alcançar o 19º triunfo seguido. E, como sempre, poupando seu elenco veterano: apenas um atleta (Boris Diaw) atuou mais do que 29 minutos.

A vitória dos donos da casa foi praticamente sacramentada em um excelente primeiro quarto. O Spurs tomou seis dos oito pontos inaugurais da noite, mas tomou o controle das ações em seguida e marcou 14 pontos sem resposta e abrir vantagem de dígitos duplos. Minutos mais tarde, o time emplacou nova sequência para elevar ainda mais a dianteira e sair do período inicial com 13 pontos de frente.

O Warriors tentaria reações ao longo do restante da partida, mas nunca chegaria a ficar menos do que três posses de bola atrás no marcador. Na reta final do terceiro período, a equipe teve seu melhor momento da noite e derrubou a diferença para sete pontos. A resposta do Spurs foi tão devastadora que deu fim ao jogo: foram 13 pontos anotados nos quatro minutos decisivos do quarto e nenhum sofrido. Vantagem de 20 pontos e jogo definido.

Ao fim da partida, o armador Stephen Curry fez extensos elogios ao aparentemente imparável adversário. “Eles estão jogando maravilhosamente bem. Parecem sempre estar atacando e forçam o oponente a tomar decisões nos dois lados da quadra. É o melhor basquete da liga neste momento”, exaltou.

Destaques

Golden State

Marreese Speights: 22 pontos e nove rebotes
Jordan Crawford: 16 pontos
Klay Thompson: 15 pontos
Stephen Curry: 11 pontos e dez assistências
Harrison Barnes: 11 pontos

San Antonio

Tony Parker: 18 pontos e oito assistências
Tim Duncan: 15 pontos e oito rebotes
Manu Ginobili: 13 pontos, seis rebotes e cinco assistências em 19 minutos
Patrick Mills: 13 pontos
Marco Belinelli: 12 pontos
Kawhi Leonard: 11 pontos e quatro roubos de bola

 

Brooklyn Nets 81 X 110 New York Knicks

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=grlmco8v6FQ]

– Os donos da casa já venciam o jogo ao fim do primeiro quarto, mas praticamente garantiram a vitória com um segundo período devastador: acertando 12 de 18 arremessos tentados, o time abriu vantagem de 25 pontos antes do intervalo.

– Com o resultado positivo, o Knicks assumiu a oitava posição do Leste. “Nós sabemos o que queremos. Apesar dos altos e baixos desta temporada, eu acho que seria muito importante conseguir essa vaga”, afirmou o astro Carmelo Anthony.

Destaques
Brooklyn

Joe Johnson: 16 pontos
Deron Williams: 12 pontos
Alan Anderson: 11 pontos

New York

J.R. Smith: 24 pontos, oito rebotes e seis assistências
Carmelo Anthony: 23 pontos e dez rebotes
Tim Hardaway Jr.: 17 pontos
Amare Stoudemire: 13 pontos e seis rebotes
Iman Shumpert: dez pontos e cinco roubos de bola

 

Detroit Pistons 94 X 101 Indiana Pacers

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=7ZotLWI0KNU]

– O Pacers quebrou uma série de três derrotas consecutivas causando o nono resultado negativo do Pistons nos últimos 11 jogos.

– Paul George, que vinha de más atuações, teve papel fundamental na vitória: com três minutos para o fim da partida, ele anotou cinco pontos seguidos (incluindo uma bola de três pontos quase do meio de quadra) para aumentar a vantagem dos donos da casa para duas posses de bola.

Destaques

Detroit

Josh Smith: 24 pontos e cinco rebotes
Greg Monroe: 17 pontos e 16 rebotes
Rodney Stuckey: 16 pontos
Andre Drummond: 13 pontos e 14 rebotes
Brandon Jennings: 12 pontos e nove assistências

Indiana

Paul George: 27 pontos, 13 rebotes e sete assistências
David West: 15 pontos e oito rebotes
George Hill: 12 pontos
Lance Stephenson: 11 pontos, cinco rebotes e quatro assistências
Roy Hibbert: 11 pontos
Ian Mahinmi: dez pontos, cinco rebotes e três tocos

 

Cleveland Cavaliers 119 X 98 Orlando Magic

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=f_D3daauBiw]

– Após oito jogos afastado, Kyrie Irving voltou ao Cavs com 17 pontos e convertendo sete de seus oito arremessos de quadra. Por outro lado, Anderson Varejão foi poupado com dores no ombro.

– Os visitantes praticamente resolveram a partida no primeiro tempo, ao anotarem 35 pontos em cada um dos dois quartos iniciais e abrir diferença de mais de 20 pontos no marcador.

Destaques

Cleveland

Dion Waiters: 26 pontos
Tristan Thompson: 20 pontos e 11 rebotes
Spencer Hawes: 20 pontos, oito rebotes e cinco assistências
Kyrie Irving: 17 pontos, seis rebotes e oito assistências
Jarrett Jack: 13 pontos

Orlando

Victor Oladipo: 16 pontos
Doron Lamb: 14 pontos
Tobias Harris: 11 pontos e sete rebotes

 

Charlotte Bobcats 123 X 93 Philadelphia 76ers

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=udDaco8KWo4]

– O Bobcats venceu os dois primeiros períodos por diferença de dígitos duplos para abrir vantagem e não ser mais incomodado pelo oponente.

– Com 37 vitórias em 75 jogos, o time comandado por Steve Clifford só precisa de mais três resultados positivos para garantir-se matematicamente nos playoffs.

Destaques

Charlotte

Al Jefferson: 25 pontos e dez rebotes
Anthony Tolliver: 16 pontos, oito rebotes e cinco assistências
Gary Neal: 15 pontos em 19 minutos
Chris Douglas-Roberts e Gerald Henderson: 14 pontos cada

Philadelphia

Michael Carter-Williams: 22 pontos e sete rebotes
Henry Sims: 15 pontos e seis rebotes
Elliot Williams: 12 pontos
Thaddeus Young: 11 pontos e cinco rebotes

 

Houston Rockets 103 X 107 Toronto Raptors

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=bY_-F6XhpcQ]

– O Rockets voltou a não contar com os titulares Dwight Howard e Patrick Beverley, enquanto o Raptors atuou desfalcado de Kyle Lowry e perdeu Amir Johnson aos três minutos de jogo.

– Os canadenses chegaram ao último período vencendo por dez pontos, mas o adversário diminuiu a diferença para apenas um. Cestas seguidas de DeMar DeRozan e Terrence Ross acabaram abrindo nova vantagem e garantindo o triunfo.

Destaques

Houston

James Harden: 26 pontos, seis rebotes e quatro assistências
Chandler Parsons: 20 pontos e sete rebotes
Jeremy Lin: 16 pontos e sete assistências
Donatas Motiejunas: 13 pontos e cinco rebotes

Toronto

DeMar DeRozan: 29 pontos, seis rebotes e quatro assistências
Greivis Vasquez: 15 pontos e oito assistências
Jonas Valanciunas: 15 pontos e seis rebotes
Terrence Ross: 14 pontos e nove rebotes
John Salmons: 12 pontos

 

Chicago Bulls 105 X 92 Atlanta Hawks

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=OVItb–0z_g]

– Depois de tomar 31 pontos no primeiro quarto, a defesa do Bulls encaixou e a equipe não sofreu mais do que 23 pontos em nenhum dos períodos seguintes.

– A derrota em casa custou caro ao Hawks, que perdeu a oitava posição do Leste para o New York Knicks.

Destaques

Chicago

D.J. Augustin: 23 pontos e cinco assistências
Kirk Hinrich: 17 pontos e seis assistências
Jimmy Butler: 17 pontos
Carlos Boozer: 12 pontos e seis rebotes
Joakim Noah: dez pontos, dez rebotes e seis assistências
Taj Gibson: dez pontos e sete rebotes

Atlanta

Paul Millsap: 22 pontos e 11 rebotes
Jeff Teague: 21 pontos e oito assistências
Kyle Korver: 12 pontos

 

Boston Celtics 92 X 118 Washington Wizards

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=GyR2rVWm9l4]

-O Wizards converteu 62.5% de seus arremessos de quadra contra o Celtics, a melhor marca da equipe em um jogo em mais de dez anos.

– A equipe de Washington assegurou vaga nos playoffs pela primeira vez em seis anos. “Isso é tudo pelo que tenho esperado na carreira, mas também algo que os torcedores merecem”, disse o armador John Wall, que disputará a pós-temporada pela primeira vez.

Destaques

Boston

Jared Sullinger: 25 pontos
Kelly Olynyk: 14 pontos
Rajon Rondo: 13 pontos, sete rebotes, seis assistências e sete erros de ataque
Jeff Green: 13 pontos

Washington

Marcin Gortat: 22 pontos e oito rebotes
Bradley Beal: 19 pontos
Trevor Ariza: 18 pontos e sete rebotes
John Wall: 13 pontos e dez assistências
Al Harrington: 12 pontos em 16 minutos
Trevor Booker: dez pontos e cinco rebotes

 

Milwaukee Bucks 77 X 96 Miami Heat

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=EYMu6dMtGQI]

– O Heat não levou mais do que 20 pontos em nenhum dos quartos para abrir larga vantagem. “Eu gostei do nosso esforço. Nós cuidamos da situação e fizemos o que deveríamos fazer”, resumiu o ala-pivô Chris Bosh.

– Com a vitória, os atuais bicampeões mantiveram a liderança do Leste e não foram afetados pelo resultado positivo do Indiana Pacers – atual segundo colocado.

Destaques

Milwaukee

Ramon Sessions: 19 pontos, seis assistências e cinco erros de ataque
Jeff Adrien: 14 pontos e sete rebotes
Brandon Knight: 11 pontos, cinco rebotes e cinco desperdícios de posse

Miami

LeBron James: 17 pontos e oito assistências
Chris Bosh: 15 pontos
Mario Chalmers: 14 pontos

 

Memphis Grizzlies 88 X 102 Minnesota Timberwolves

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=k5K25zrkYF8]

– Kevin Love anotou seu terceiro triplo-duplo da carreira e da temporada, liderando o Timberwolves de volta aos 50% de aproveitamento nesta temporada (37-37).

– Grizzlies, Suns e Mavericks ocupam as sétima, oitava e nonas posições com a mesma campanha (44-31). Com a derrota, o time de Memphis perdeu a chance de abrir vantagem na disputa pelas últimas vagas aos playoffs do Oeste.

Destaques

Memphis

Marc Gasol: 18 pontos e sete rebotes
Courtney Lee: 14 pontos e seis rebotes
Ed Davis: dez pontos e seis rebotes

Minnesota

Kevin Love: 24 pontos, 16 rebotes e dez assistências
Kevin Martin: 21 pontos
Ricky Rubio: 14 pontos e sete assistências
Ronny Turiaf: 11 pontos, sete rebotes e três tocos

 

New Orleans Pelicans 107 X 137 Denver Nuggets

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=EeRONzeM7-o]

-O Nuggets anotou mais de 30 pontos em todos os quartos da partida, enquanto o Pelicans não alcançou esta marca em nenhum deles e foi derrotado por, no mínimo, seis pontos nas quatro parciais.

-O ala-pivô Anthony Davis, do Pelicans, atuou apenas 11 minutos e deixou a quadra com dores nas costas. Kenneth Faried aproveitou a ausência do astro adversário para emplacar a maior pontuação da carreira (34).

Destaques

New Orleans

Tyreke Evans: 27 pontos e oito rebotes
Anthony Morrow: 17 pontos
Jeff Withey: 13 pontos, cinco rebotes e quatro tocos

Denver

Kenneth Faried: 34 pontos, 13 rebotes e três tocos
Aaron Brooks: 24 pontos
Timofey Mozgov: 15 pontos
Ty Lawson: 14 pontos e 12 assistências
Evan Fournier: 12 pontos e sete assistências
Jan Vesely: dez pontos e cinco rebotes

 

Los Angeles Lakers 102 X 107 Sacramento Kings

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=_Vqt_0RD0c4]

Destaques

LA Lakers

Jodie Meeks: 21 pontos
Jordan Hill: 18 pontos, 15 rebotes e quatro tocos
Nick Young: 17 pontos
Kent Bazemore: 14 pontos, sete rebotes e seis assistências

Sacramento

Rudy Gay: 31 pontos e cinco rebotes
Ray McCallum: 27 pontos e cinco assistências
DeMarcus Cousins: 20 pontos e dez rebotes
Ben McLemore: 12 pontos
Travis Outlaw: 11 pontos e sete rebotes

 

Los Angeles Clippers 112 X 108 Phoenix Suns

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=jgi2wCNQjMA]

Destaques

LA Clippers

Blake Griffin: 23 pontos e seis rebotes
Darren Collison: 23 pontos e cinco assistências
Chris Paul: 20 pontos e nove assistências
Matt Barnes: 19 pontos e seis rebotes
Jared Dudley: 12 pontos

Phoenix

Marcus Morris: 16 pontos em 19 minutos
Goran Dragic: 15 pontos e oito assistências
Gerald Green: 15 pontos
Eric Bledsoe: 14 pontos e cinco erros de ataque
Channing Frye: 14 pontos
Miles Plumlee: 13 pontos e sete rebotes
Markieff Morris: 11 pontos e sete rebotes
P.J. Tucker: dez pontos e 11 rebotes

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • rodrigohawks

    Saimos do 8º lugar mas ainda Não podemos desistir a tabela e muito favoravel a gente vamos lutar enquanto ainda tiver chances ORGULHO MUITO ORGULHO DE SER ATLANTA HAWKSSSSSSSSSSSS <3 LETSSS GO HAWKSSSSSSSSSSSS <3

    • Daniel Boizão

      Kkkkkkkkkkk… foi possível sentir uma dose de medo em suas palavras!

    • kkkkkk

    • a gente vamos lutar? kkk

  • AlexT-Wolves

    Engraçado os Jogos contra as equipes que estão brigando pelos Offs o Wolves sempre jogou bem o problema foi perder jogos pra times que estavam no modo tank e por ser o time mais amarelão durante a temporada.

    Agora não se classifica mas gosta de atrapalhar quem quer se classificar.

    To Torcendo muito pro Spurs!!! Na verdade eu gosto mais do Warriors mas o Spurs é muito forte e tem jogadores que eu gosto tomara que esse ano eles tenham mais sorte e consigam ganhar ( Se o Ray Allen não atrapalhar)

  • Luan

    Namoral, não me conformo em ver o Roy Hibbert daquele tamanho pegar 3 rebotes em um jogo e ter media de 7 RPG na temporada. Jogadorzinho superestimado e medíocre.

    • Yao Ming tinha 2,29m e não era um grande reboteiro, quando maior, mais pesado e menos ágil fica para pegar rebotes, jogadores assim contribuem mais para o box-out…

    • Roy Hibbert >>>>>>>>>> De Andre Jordan

    • brsamn

      Mesmo assim o Pacers é Top 5 em rebotes. E a porcentagem de rebotes do time é menor quando ele não esta em quadra. Não é só porque ele é alto que ele tem que pegar 15 rebotes por jogo.

  • ‘DirkMito

    Dallas de volta a zona de classificação.. Go Mavs..DIrk e o Poder mlk ;…..

  • Julio Zago

    Assitir o San Antonio é uma aula de basquete, de jogo coletivo bem sincronizado, giro de bola no ataque, defesa bem posicionada, sendo campeão ou não para mim é o melhor time da NBA.
    Mudando de assunto, ridículo o aproveitamento Green ontem, como eu já disse, os Celtics terão de reconstruir seu quinteto titular após o draft e a free agency, o Boston ainda não possui um esboço do time que esperamos para o próximo ano.
    Por fim, realmente deve ser emocionante a disputa pelas últimas vagas nas duas conferências, os Hawks estão vacilando demais e colocando em risco uma situação que parecia não ter ameaça, já o NY segue vencendo mesmo sem técnico e padrão de jogo, não dá para descartar nem os Cavs nessa disputa.

  • Michel Moral

    Acho que a arrogância dos caras do BKN ontem é desprezível. Ficar rindo no banco levando um sacode dentro de quadra apenas para disprezar o rival porque está classificado é ridículo. Acho até legal os caras não se cumprimentar pq são rivais, ou então não levantar o adversário que está no chão, pq ISSO é do jogo. Agora, a imprensa toda achou ridícula a atitude.

    Mas falando de basquete, o problema do Nets é a falta de jogadores de garrafão. Ontem, os times chegaram a estar com 4 jogadores da posição 2 em quadra, com Melo de center.

    Stat e Chandler dominaram a área pintada.

    O Knicks joga como deveria ter jogado desde o início. Bastou a chegada de Dr Phill e tudo mudou. Acho que independentemente de classificação, tudo em New York precisa ser revisto.

  • L.Avila

    Vendo os confrontos acho que os Cavs vão surpreender e estar nos Playoffs anota ai, na verdade o jogo que decide é hoje contra Hawks.

    KNCIKS – Wizards (C), Heat, Raptors, Bulls (C), Nets, Raptors (C)

    HAWKS – Cavaliers (C), Pacers, Pistons (C), Celtics (C), Nets, Heat (C), Bobcats (C), Bucks

    CAVALIERS – Hawks, Bobcats (C), Pitons (C), Bucks, Celtics (C), Nets

    • Nettmann

      concordo com a última parte, alias tenho dito faz tempo que o caminho pras vitórias do Knicks é o garrafão, ali pode ser o diferencial com Chandler, Amare e até mesmo Carmelo que sabe jogar muito bem de costas pra cesta, e se conseguir classificar terá que usar muito o garrafão principalmente se o adversário for o Miami.

    • Nettmann

      Cara olhando pra tabela to começando a achar que os Cavs tem chance real de classificação.

    • Daniel Nogueira

      Acho que passa o Hawks, só pro ser varrido na primeira rodada dos offs.

  • Caseh

    Os Suns deram um baita vacilo, estavam com 16 pontos de vantagem e jogando muito (vide destaques no post) e levaram a virada. Bom para os concorrentes!

    Agora o Hawks… ainda acredito que passem. Uma vantagem deles é ainda ter 2 jogos a mais a fazer, e a tabela mais tranquila. Um jogo crucial amanhã recebendo os Cavs, 3 bem complicados (Pacers e Nets fora, Heat em casa) e outros 4 teoricamente mais tranquilos (Pistons, Celtics e Bobcats em casa e Bucks fora). Dá pra confiar em umas 5 vitorias nesses jogos.

    Se eles ganham 5 e perdem 3, os Knicks precisariam ganhar 4 dos 6 jogos faltantes. Levando em conta que eles visitam Heat, Nets e Raptors, além de receber os Bulls (falando dos jogos teoricamente mais complicados), obrigatoriamente teriam que vencer 2 destes jogos.

    Apesar de que há que se levar em conta que o momento dos Knicks é muito melhor que o dos Hawks, o que pode destruir toda a teoria acima.

    • Nettmann

      torço pros knicks, mas analisando as tabelas acho que os hawks ficam com a vaga, mas vamos lutando.

    • Nettmann

      dois jogos a mais a fazer podem significar mais duas derrotas na conta, e como os dois estão jogo a jogo isso pode fazer a diferença contra o Atlanta.

  • Anônimo

    Se Knicks jogar assim contra o Miami nos offs pode surpreender em

  • JPcortes

    Uma pena Kevin Love ser fraco na defesa, porque ofensivamente ele é foda

  • YRC92

    concordo com oque falou do Haws, mais não acho que vence o Bobcats e nem o Cavs!

    GOOOOO NY

  • Olha o Cavs chegando!!! Parece q Dion Waiters e Irving acharam um jeito de jogar bem juntos. NÃO PODE PENSAR EM PERDER SEXTA-FEIRA COM O HAWKS. GO CAVS!! o/

  • Paulo OKC

    Hoje o THUNDER acaba com essa invencibilidade do Spurs

    • MARCOS OKC

      HOJE VAI SER UM BELO JOGO DE SE ASSISTIR

    • Daniel Nogueira

      Acho que não. GO SPURS GO!!!

  • sebas1606

    Spurs interminável,ano após ano nas cabeças.

    A briga pelas últimas vagas nas duas conferência está fantástica,especialmente no oeste.

    Por falar em playoffs,esse time do Hawks tá dando aquela pipocada.Achava que eles iam pros playoffs porque tinham uma situação de favorável mas não contava com uma sequência tão ruim no momento mais importante.

    Depois dessa eu não duvido nem que o Cavs consiga roubar essa vaga.

  • Elber

    Se o Spurs vencer o restante dos jogos fica com o 3º record de vitorias seguidas (26) um atras do Heat (27) é isso mesmo?

  • marquin

    Esse time do Raptors não é de brincadeira não… Muito talento reunido… Lowry, DeRozan, Vasquez, Ross, Valanciunas… um baita time!!!… Vai dar o que falar nos playoffs!

    • Daniel Nogueira

      Muito talento bruto ainda. Precisam ser lapidados.

    • Paulo Santos

      Acho que eliminará os Pacers na semi do leste e fará a final contra o Miami, só para constar sou torcedor dos Bulls vou torcer demais para que este esteja na final, mas acredito pouco que isto aconteça.

  • Fernando

    Spurs quando não vale nada é isso ae… Bate em bêbado. Nos playoffs todo jundo já sabe. Amarelam demais….

    • Vinícius Maia

      Em que mundo você vive menino? kkkkkkkkkkkkkkkk