Em San Antonio, o Spurs recebeu o Denver Nuggets, e venceu por 121 a 117, obtendo a sua terceira vitória consecutiva. De quebra, o time texano encerrou uma série de vitórias do Nuggets, que já durava quatro jogos.

O brasileiro Nenê, de Denver, foi poupado mais uma vez por conta de dores no calcanhar. O jogador atuou em apenas um dos últimos quatro embates.

No primeiro quarto, o Spurs comandou as ações ofensivas, ditando o ritmo nos arremessos de dentro do garrafão, explorando a ausência de Nenê. Em pouco tempo, o time de San Antonio liderava por dez pontos de frente, e encerrou o quarto vencendo por 37 a 25.

Já no segundo, a diferença chegou aos 18 pontos, após bandeja do brasileiro Tiago Splitter. Em seguida, subiu para 20. Então o Nuggets tratou de atacar, e se segurar na defesa, e o time melhorou, diminuindo a vantagem do Spurs para sete pontos ao fim do primeiro tempo (62 a 55 para o Spurs).

Na volta do intervalo, o Spurs começou pressionando, e liderava por 71 a 57. Mas com 16 pontos do italiano Danilo Gallinari no terceiro período, o Nuggets chegou a cortar para quatro. Entretanto, se de um lado tinha Gallinari, do outro tinha Danny Green, fazendo o San Antonio liderar parcialmente por 94 a 85.

Nos 12 minutos finais, os dois times seguiram atacando forte, e restando seis minutos para o fim, o Nuggets perdia por 106 a 104. Faltavam menos de dois minutos, e o Spurs seguia na frente, por 115 a 109. Tony Parker fez cesta, e aumentou a diferença para oito pontos. Gallinari fez de três, com nove segundos para o fim, e o placar estava em 119 a 116. Mas Green sofreu falta, converteu seus dois lances livres, praticamente selando o triunfo.

Destaques

Denver

Danilo Gallinari: 31 pontos, cinco rebotes
Ty Lawson: 20 pontos, dez assistências
Arron Afflalo: 12 pontos
Al Harrington: 19 pontos
Corey Brewer: 11 pontos, cinco rebotes
Rudy Fernandez: 11 pontos

San Antonio

Danny Green: 24 pontos, sete rebotes
DeJuan Blair: dez pontos, dez rebotes
Richard Jefferson: 19 pontos, 5-8 em três pontos
Tony Parker: 19 pontos, seis assistências
Tiago Splitter: dez pontos, quatro rebotes, 18 minutos
Tim Duncan: dez pontos, cinco assistências
Gary Neal: dez pontos

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • o melhor de tudo foi ver o jefferson dando toco no ty lawson, bela vitória, hj tem pedreira contra o thunder, GO SPURS!!!