Stephen Curry decide e Warriors derrota Mavs em Dallas; Nets garante vaga nos playoffs

Golden State Warriors 122 X 120 Dallas Mavericks

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=pnRdKsc4E8E]

Se cada partida é uma decisão na disputa pelas últimas vagas do Oeste aos playoffs, Stephen Curry converteu um dos arremessos mais importantes do ano para o Golden State Warriors na noite desta terça-feira. O armador fez a cesta da vitória da equipe no confronto direto contra o Dallas Mavericks, fora de casa, restando décimos para o fim da prorrogação.

Após sofrer 41 pontos no segundo período, o Warriors reequilibrou a partida no terceiro quarto e passou a trocar cestas com os donos da casa nos últimos 12 minutos do tempo regular. O time chegou ao empate em 108 pontos com uma bola de longa distância do ala-armador Klay Thompson restando um minuto no cronômetro. As duas equipes tiveram chances de levar a vitória nos segundos decisivos, mas não conseguiram mais pontuar e o jogo foi para a prorrogação.

Como no tempo regular, o Mavs esteve no comando do placar na maior parte da prorrogação e assumiria novamente a liderança com uma cesta de três pontos do armador José Calderón a 40 segundos para o fim. Então, o veterano Jermaine O’Neal empatou a partida e deu um toco muito contestado em Monta Ellis para dar a chance da vitória aos visitantes. Stephen Curry recebeu a bola e, marcado por Calderón, criou separação para converter o arremesso da vitória.

Destaques

Golden State

Klay Thompson: 27 pontos, cinco rebotes e cinco assistências
Stephen Curry:  23 pontos e dez assistências
Jermaine O’Neal: 20 pontos e oito rebotes
Jordan Crawford: 19 pontos em 16 minutos
Andre Iguodala: 16 pontos, oito rebotes e sete assistências

Dallas

Dirk Nowitzki: 33 pontos e 11 rebotes
Monta Ellis: 27 pontos e seis assistências
Brandan Wright: 14 pontos e cinco rebotes
Vince Carter: 12 pontos, quatro rebotes e quatro assistências

 

Houston Rockets 96 X 105 Brooklyn Nets

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=KCLt4AR-rrs]

– O Nets, que começou o ano com apenas 10 vitórias, garantiu sua vaga nos playoffs com a vitória. Os nova-iorquinos possuem a melhor campanha do Leste desde a virada do ano e 14 triunfos consecutivos como mandantes.

– Dwight Howard desfalcou o Rockets por conta de dores no tornozelo esquerdo. Patrick Beverley (joelho) e Terrence Jones (poupado) foram outros dois titulares que não jogaram pelos texanos.

Destaques

Houston

James Harden: 26 pontos e sete assistências
Chandler Parsons: 16 pontos e oito rebotes
Jeremy Lin: 16 pontos
Omer Asik: 12 pontos e 23 rebotes

Brooklyn

Joe Johnson: 32 pontos
Shaun Livingston: 17 pontos e seis rebotes
Andray Blatche: 13 pontos
Deron Williams: 12 pontos e seis assistências
Mason Plumlee: 11 pontos e seis rebotes
Mirza Teletovic: dez pontos e sete rebotes

 

Portland Trail Blazers 124 X 112 Los Angeles Lakers

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=qwWTC78-6T8]

– Após uma série de derrotas na ausência de LaMarcus Aldridge, o Blazers conquistou sua quarta vitória seguida. “Nós tivemos uma sequência ruim, mas conseguimos nos recuperar e reencontramos o caminho certo no momento perfeito”, elogiou o armador Damian Lillard.

– Nick Young converteu 15 dos 26 arremessos que tentou para anotar 40 pontos, sua maior marca na temporada. A grande atuação, porém, foi apenas um ponto positivo na 10ª derrota do Lakers nos últimos 14 jogos.

Destaques

Portland

Damian Lillard: 34 pontos e oito assistências
LaMarcus Aldridge: 31 pontos, 15 rebotes e seis assistências
Nicolas Batum: 16 pontos, sete rebotes e cinco assistências
Robin Lopez: dez pontos e dez rebotes
Wesley Matthews: dez pontos e seis assistências

LA Lakers

Nick Young: 40 pontos
Kent Bazemore: 17 pontos
Chris Kaman: 12 pontos e seis rebotes
Steve Nash: dez pontos e dez assistências em 22 minutos

 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Raphael Mascarenhas

    Olha o Young cara. Saindo do banco e fazendo 40 pontos. E ainda tem gente que fala que ele ta longe de ser o sexto homem do ano. 17,3 pontos por jogo. Da pra contar nos dedos os sextos homens com mais de 15 ppg.

    • Paulo OKC

      nunca vi ninguem aki do jumper fala que o Young nao vai ser o sexto homem do ano

      • Caseh

        Sou mais o Markieff Morris

      • Raphael Mascarenhas

        Pois já falaram. Segundo o sujeito, que não me lembro quem foi, o Young não tem a menor condição de ser sexto homem do ano, por causa da situação do Lakers.

    • LcDiniz

      Concordo com o Caseh, acho Markieff Morris mais consistente e a campanha do time pesa na decisão

    • L.Avila

      Varejão em melhor condições de ser o sexto homem

  • Julio Zago

    Acho que todos vão concordar que o retorno de LaMarcus muda o status dos Blazers, a variação de jogadas fica maior e o time não fica tão dependente das bolas longas, portanto mais competitivo. Não acredito que o time de Portland fique fora dos offs.
    Sobre os Lakers, penso que assim como os Celtics será necessária uma reformulação total para a próxima temporada, nenhuma dessas equipes possui um esquema já definido para o próximo ano, o trabalho terá de ser quase todo refeito.
    Os Celtas ao menos já definiram seu técnico, o Lakers talvez nem isso, insistir em Mike será persistir num evidente erro.

    • Cara concordo. Muita gente falando que esse time vai tomar piaba nos offs, mas acho q com a volta dele vão da trabalho para o Rockets, caso confirme esse duelo mesmo, vai ser uma disputa interessante de assistir

    • Michel Moral

      Não sei se reformulação total é o termo correto, já que muitos dos jogadores que estão no elenco hoje, assim como o Head Coach (no caso do Celtics), devem permanecer na equipe.

      Além disso, creio que tanto Celtics como Lakers têm um ponto de partida já definido, Boston com Rondo e Lakers com Kobe. A principio estes estão garantidos. Então não espero uma reformulação total, falta agora a construção de um time em volta dessas peças.

      Na verdade tudo vai depender de como irão agir as franquias quando essa temporada chegar ao fim. Só aí poderemos tecer elogios ou fazer críticas no momento oportuno. Muita gente dizendo que esse é mais inteligente do que aquele, mas vamos aguardar.

      • Julio Zago

        Michel, mesmo que muitos jogadores permaneçam nas duas equipes, não existe um time formado em nenhuma, nos Celtas por exemplo a única certeza numa eventual equipe titular é Rondo, o restante será acrescido do draft e da free agency, completando o time com os jogadores que já se encontram na franquia, ou seja, um sistema de jogo terá de ser construído considerando as características dos jogadores que vão chegar, não dos já existentes.
        Partindo desse princípio, penso que os Celtas, bem como os Lakers, terão de se reconstruírem para o próximo ano.
        E como você disse, e muito bem, vamos esperar o trabalho dos GMs para depois criticar ou elogiar.

      • luisfernando

        Eu ACHO que ambos formarão bons times temporada que vem (principalmente os Celtas)

        Se pegarmos os times, encontramos bons valores. Um Lakers formado por Marshal, Kobe, Wiggins (ou Jabari), Gasol e Kaman já é um time legal. Isso sem contar a Free Agency, que promete. Quem sabe um Kevin Love não pode pintar em L.A?!

        Ja nos lados de Boston, acredito que as coisas podem ser ainda melhores, sonhando até com Off’s. Rondo, Bradley, Green, Love (quem sabe?!) e Randle (Ou Embiid, ou mesmo o Vonleh) seria interessantíssimo.

        Eu, como torcedor dos Spurs e apreciador das grandes franquias, torço demais para que essas equipes estejam lutando por titulos. Faz bem ao esporte, hehe.

  • Que jogo foi esse entre Dallas e Golden State ontem. Foi uma pena não assistir, mas pelos melhores momentos já da para ter alguma noção de como foi.

  • AlexT-Wolves

    O Curry tá se poupando mas mesmo assim quando começa o 3° quarto ele começa a jogar muito.

    Thompson evoluiu muito agora faz tudo em quadra.

  • Caseh

    Pena essa derrota dos Mavs, esses últimos jogos tem sido muito desgastantes a eles, sempre decididos nos detalhes. Talvez isso possa pesar na hora da definição das últimas vagas.

  • Michel Moral

    O Rockets sem os jogadores de garrafão cai na primeira rodada. Asik limitadíssimo no ataque.

  • iuri_OKC

    que elegancia de Dirk Nowitzki, 90% dos pontos dele foram de 3 ou fade away, que prazer poder ver esse cara jogar, nao da pra imaginar playoffs sem Dirkão

    • oshiro

      MUITO talento, nem se fala. Sofri muito em 2011 kkkkkk

  • caio_l

    Curry e o GSW quando estão inspirados, é muito foda parar eles, pior que o curry não precisa de espaço para arremessar e converter, o problema do Dallas é quando tem jogos em sequência, que como o time é velho, sentem e perdem jogos que com descanso, provavelmente não perderiam.

    Lamarcus voltando é outro time o Blazers, apesar que com Gasol e Kaman juntos ontem foram um fiscos, tomaram muitos pontos no garrafão e com os caras enterrando facilmente. Nash tá com a ucuca, faz um double-double, mas machuca o tornozelo. O que vale para o restante dos jogos para o Lakers é pinçar alguns desses jogadores para fazer o elenco para o ano que vem. Mudar técnico e pensar em montar um time competitivo.

    o Nets só faltou o Lopez para esse time dar trabalhão nos playoffs.

  • Nets vai dar trabalho nos Offs,unico que pode tentar derrotar Heat e Pacers.

    • MARCOS OKC

      Desculpe, mas discordo a parte do UNICO, pois o Bulls sempre foi uma pedra no sapato, tanto para Heat quanto para Indiana!

    • Nettmann

      respeito tua opinião, mas se cruzar com qualquer um deles perde a série em 6 jogos. Minha opinião

  • Acho que o Bulls pode complicar para os dois, mas chance de ganhar mesmo, só o Nets.

    • Eu discordo, o Nets é um bom time, mais está sem garrafão, Mason Plumlee é o pivô titular e o banco é formado por Jason Collins e Aaron Baynes, Noah, Boozer e Gibson em uma série destruiriam, o Nets perder de nós ano passado com um time melhor e com nosso time todo lesionado e com mando de quadra, não vai ser esse ano que vão ganhar.

  • ‘DirkMito

    Dallas não merecia perde, aquela bola do Ellis sei não em juizão…

    • Realmente eu achei meio estranho o juiz não ter dado cesta pro Ellis naquele lance…

  • Fernando

    Adeus Dallas. Nunca mais vai voltar a disputar playoffs. Isso é praga por ter ganho aquele título na sorte.

    • ‘DirkMito

      Na sorte????? sorte foi tu ter nascido seu retardado, dizer que aquele show do Dirk foi sortee brincadeira ne -,-”

    • Nettmann

      Mais um fãzinho do Miami chorando…..

    • Vinícius Maia

      Fernando no país das maravilhas kkkkkkk

  • JPcortes

    Dirk Geniiiiooooo!

  • Não me surpreenderia se acontece com o Nets o que aconteceu com o Dallas em 2011

  • marquin

    Será q o Lakers não se cansa de ser estuprado?… rsrsrs

  • Carlos Eduardo

    Nash velho e com contusões vale mais que muito armador.

  • Vinícius Maia

    É só impressão minha ou Jermaine O’neal de uns tempos para cá tem jogado no mesmo nível que jogava na época em que tinha status de estrela? Os números dele tem sido bons nos últimos jogos