“Temos que jogar nosso melhor basquete da temporada”, afirma Curry antes de decisão

Golden State Warriors' Stephen Curry (30) warms up before playing the Houston Rockets in game 4 of the first round of the Western Conference playoffs at Toyota Center on April 24, 2016 in Houston, Texas. (Photo by Bob Levey/Getty Images)

Ganhador das últimas duas edições do prêmio de jogador mais valioso (MVP), Stephen Curry sabe que carrega uma responsabilidade grande no jogo que pode dar o bicampeonato da NBA ao Golden State Warriors. A torcida do time californiano deposita suas fichas no armador e aposta em uma atuação de gala dele para derrotar o Cleveland Cavaliers neste domingo (19).

Durante a coletiva de imprensa realizada nesse sábado (18), Curry falou sobre a preparação da equipe para a decisão. O armador ainda comentou a respeito da pressão sobre ele e a equipe, detentora da melhor campanha da história da liga na temporada regular (73 vitórias e nove derrotas), conquistarem o título jogando em casa.

“A preparação é a mesma de sempre. Sabemos que temos que jogar nosso melhor basquete da temporada para vencer. Sem pressão extra. Tenho que ter meu melhor jogo da temporada ou até da carreira. E isso não significa marcar 50 pontos, mas sim controlar o ritmo do jogo. O título é o nosso objetivo desde o começo. Se ele não vier, ficaremos muito desapontados”, afirmou o camisa 30 do Warriors.

Nas finais deste ano, Curry tem médias de 23.5 pontos, 4.8 rebotes, 4.0 assistências e 34.4 minutos em quadra. Além disso, ele tem um aproveitamento de 41.9% nos arremessos de quadra e 43.1% nas bolas de três pontos.

Em caso de conquista do título, Curry vai se juntar a um grupo seleto de atletas – mais especificamente, apenas LeBron James, Michael Jordan e Bill Russell – como os únicos a conquistarem o prêmio de MVP e o título da liga em temporadas seguidas.

Warriors e Cavaliers entram em quadra às 21h (horário de Brasília), na Oracle Arena. O jogo mais esperado da temporada terá a transmissão da ESPN.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • LBJ 23

    Vim do futuro pra avisar que num vai da não, saíram de casa e erraram de 3 pra krl!!!

    • David Ribeiro

      “futuro”

    • Diego Alexsander

      hahahahaha