Tentativa de retorno de Brandon Roy pega Blazers de surpresa

A notícia de que Brandon Roy estaria tentando um retorno ao basquete profissional menos de três meses após anunciar sua aposentadoria pegou muita gente de surpresa. Inclusive, os integrantes do Portland Trail Blazers, sua antiga equipe. Ao saberem da novidade, treinador e jogadores revelaram não terem sido avisados da decisão com antecedência.

“Eu não vi isso, não ouvi nada. Isso seria muito surpreendente”, disse o técnico Nate McMillan, deixando evidente o choque com a informação.

Amigo próximo de Roy, o armador Jamal Crawford também definiu a notícia como algo totalmente inesperado. “Eu li a história, como todos. Não estava esperando por essa também. Falei com ele há dois dias e não cogitou nada sobre o tema”, lembrou. Ainda segundo Crawford, o atleta de 27 anos não parou de se exercitar e continua jogando por diversão.

Um dos poucos menos surpresos foi o ala-pivô LaMarcus Aldridge. “Ele está sentindo falta do jogo. É difícil ficar só sentado em casa, você precisa da competição. Brandon vive disso”, explicou, encarando a situação com naturalidade.

Por enquanto, Roy tem apenas explorado tratamentos médicos que pudessem amenizar o processo de degeneração nos joelhos que forçou sua precoce despedida das quadras. No entanto, no caso de um possível retorno à NBA, ele não poderia jogar na cidade em que é idolatrado: por ter sido anistiado pelo Blazers, sua liberação para voltar a defender a franquia só aconteceria em 2015, quando iria terminar seu antigo contrato.

Em 321 partidas disputadas na NBA, Roy acumulou médias de 19.0 pontos, 4.3 rebotes, 4.7 assistências e 46% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Moacir Chamusca

    seria uma maravilha para a liga se ele voltasse. Um dos melhores e mais completos jogadores da NBA atualmente, uma pena encerrar a carreira precocemente.

    Ron Artest chegou a dizer – meio que em provocação a Kobe Bryant – que Roy foi o melhor jogador que ele já marcou.

  • L Out

    mas se ele entrasse por uma outra equipe e fosse trocado pro blazers?

    • Ricardo

      Acho que isso seria permitido. Mas quem assinaria com Roy só para trocá-lo com o Blazers?

  • Elias

    pois e ne ricardo,aff,que teoria estupida meu ,auhahua deve ser um muleke de 12 anos que postou isso