Thabo Sefolosha recusa acordo e tem julgamento marcado para 5 de outubro

Thabo Sefolosha não aceitou um acordo que resolveria as denúncias criminais contra ele pela briga com policiais que ele se envolveu em abril. Segundo o New York Times, caso ele prestasse um dia de serviço comunitário e ficasse fora de confusões por seis meses, as acusações seriam arquivadas. No entanto, o atleta do Atlanta Hawks prefere ir à julgamento, que foi marcado para o dia 5 de outubro.

“Ele é inocente e quer mostrar que não tem culpa, afirmou o advogado de Sefolosha, Alex Spiro. Segundo ele, seu cliente quer provar que os quatro policiais envolvidos o prenderam sem motivos, quebrando sua perna durante a confusão. O caso fez o jogador perder o restante da última temporada regular e dos playoffs, quando a sua equipe foi varrida na final da conferência Leste pelo Cleveland Cavaliers.

Além de propor o acordo para Sefolosha, a Corte Criminal de Manhattan também retirou as acusações contra o seu então companheiro de equipe, Pero Antic, que também se envolveu na discussão com os policiais em abril. Ainda de acordo com o New York Times, a decisão sobre o ala-pivô, que atualmente joga na Turquia, não foi esclarecida.

O problema com a polícia começou nas primeiras horas do dia 8 de abril. Os dois estavam no mesmo clube que Chris Copeland, quando ele se envolveu em uma briga e esfaqueou outra pessoa que estava no local. Sefolosha e Antic não tiveram participação no crime, mas foram acusados pela polícia de interferir na investigação. A queixa criminal contra Sefolosha afirma que ele desobedeceu ordens para sair da cena do crime estabelecida em torno da boate e abordou um policial de maneira agressiva.

No entanto, a defesa do jogador do Hawks alega que eles seguiram as instruções e estavam distantes da cena do crime quando foram detidos. Imagens divulgadas pelo site de notícias sobre celebridades, TMZ, mostram Sefolosha sendo cercado por policiais e depois jogado no chão. Por conta da abordagem, ele quebrou a fíbula direita e teve ligamentos rompidos.

  • Zack Batista

    Ta aí… Pra quem estava sempre falando da superioridade do Canadá recheada de jovens NBA’s, uma zebra acaba de acontecer… A Venezuela (com seus atletas da “casa”) bate a seleção canadense e garante vaga para a olimpíada no Rio.

    • Rodrigo Santos

      Nash pé-frio rs

  • Rafael Victor

    Tá certo o Sefolosha, o cara foi prejudicado pela truculência policial e querem fazer acordo como se a culpa pelo que aconteceu fosse só dele!?