“The Last Dance” recebe três indicações ao Emmy, maior premiação da TV americana

O documentário que mobilizou a comunidade do basquete mundial durante a pandemia do coronavírus poderá aumentar a relação de glórias de Michael Jordan“The Last Dance” foi indicado a três Emmy, o dito Oscar da televisão dos EUA, na última terça-feira (28). O projeto concorre às estatuetas de melhor documentário ou série de não-ficção, além de melhor direção e edição na mesma classe de produções. 

O reconhecimento da Academia de Artes e Ciências Televisivas vem para “coroar” um dos maiores sucessos nessa mídia em 2020. O relato, apresentado em dez episódios, quebrou recordes de audiência na ESPN e virou o programa do gênero mais visto da história da emissora. O Netflix confirmou ainda que o projeto dirigido por Jason Hehir tornou-se a série documental mais assistida da plataforma em todos os tempos. 

“The Last Dance” terá, segundo especialistas, concorrência extremamente complicada para sair premiado na principal categoria em que está no páreo. Os outros indicados são: “Tiger King: Murder”, “Mayhem and Madness” (NetFlix), “American Masters” (PBS), “Hillary” (Hulu) e “McMillion$” (HBO). O anúncio dos vencedores do Emmy acontecerá em cerimônia no dia 20 de setembro. 

Todos os episódios de “The Last Dance” estão disponíveis no Brasil para serem vistos na  plataforma Netflix.