Timberwolves luta, mas não evita quarta vitória do Heat

Em Minnesota, o Timberwolves esteve muito próximo de quebrar a invencibilidade do Miami Heat na temporada: com pouco mais de um minuto para o fim do confronto, o time da casa vencia por três pontos. No entanto, a equipe de LeBron James e Dwyane Wade foi mais eficiente nos momentos decisivos e superou o oponente por 103 a 101.

Durante o primeiro tempo, os visitantes comandaram o placar e abriram vantagem de dois dígitos. Pouco antes do intervalo, porém, o Twolves contou com esforços do ala-pivô Kevin Love e do calouro Ricky Rubio para virar o jogo e ir para os vestiários na frente: 53 a 51.

No terceiro quarto, o Heat retomou a liderança e chegou a ter dianteira de sete pontos no marcador. Mas o Timberwolves emparelhou a partida novamente no último período e conseguiu até liderar o embate nos momentos derradeiros.

Faltando quatro segundos para o final, Wade aproveitou-se de uma jogada muito bem arquitetada e o lateral cobrado sob medida por LeBron para dar vantagem de dois pontos à Miami. Em seguida, o ala-armador Wayne Ellington teve a chance de provocar a prorrogação, mas não converteu o último arremesso e acabou com as esperanças do Minnesota.

James foi o cestinha da noite com 34 pontos. Ao seu lado, Chris Bosh (20 pontos) e Wade (19) também tiveram papel fundamental no quarto triunfo do Heat na temporada. Pelo lado derrotado, Love fez 25 pontos e o Rubio teve seu nome gritado pelos torcedores após dar 12 assistências.

Miami

LeBron James: 34 pontos, oito rebotes, dez assistências

Chris Bosh: 20 pontos, nove rebotes

Dwyane Wade: 19 pontos, cinco assistências

Norris Cole: 12 pontos, quatro assistências

Minnesota

Kevin Love: 25 pontos, 12 rebotes

Anthony Randolph: 14 pontos

Ricky Rubio: 12 pontos, seis rebotes, 12 assistências

Wayne Ellington: 11 pontos, cinco rebotes

Anthony Tolliver: 10 pontos, sete rebotes

Derrick Williams: 10 pontos