Trae Young decide no último segundo e Hawks encerra série de vitórias do Sixers

(47-26) Philadelphia 76ers 127 X 129 Atlanta Hawks (26-48)

Destaques

Philadelphia

Joel Embiid: 27 pontos e 12 rebotes
Jimmy Butler: 25 pontos (13-13 FT) e seis rebotes
Ben Simmons: 21 pontos, seis rebotes, nove assistências e quatro roubos de bola
J.J. Redick: 14 pontos
Tobias Harris: 13 pontos (6-17 FG) e nove rebotes

Atlanta

Trae Young: 32 pontos, seis rebotes, 11 assistências e seis erros de ataque
Taurean Prince: 23 pontos e cinco rebotes
Dewayne Dedmon: 17 pontos e oito rebotes
Alex Len: 14 pontos
John Collins: 13 pontos e nove rebotes

 

(43-30) Boston Celtics 117 X 124 Charlotte Hornets (33-39)

Destaques

Boston

Kyrie Irving: 31 pontos, sete rebotes e seis assistências
Jaylen Brown: 29 pontos (10-13 FG) em 30 minutos
Marcus Morris: 15 pontos e nove rebotes
Jayson Tatum: 12 pontos (5-17 FG) e seis rebotes
Terry Rozier: 12 pontos

Charlotte

Kemba Walker: 36 pontos, 11 rebotes e nove assistências
Miles Bridges: 20 pontos, sete rebotes e três roubos de bola
Malik Monk: 13 pontos em 17 minutos
Marvin Williams: 13 pontos
Dwyane Bacon: 11 pontos e cinco rebotes

 

(36-37) Miami Heat 113 X 108 Washington Wizards (30-44)

Destaques

Miami

Dwyane Wade: 20 pontos, nove rebotes e cinco assistências em 28 minutos
Dion Waiters: 19 pontos
Josh Richardson: 18 pontos e cinco assistências
Bam Adebayo: 16 pontos, 11 rebotes, oito assistências e quatro tocos
Kelly Olynyk: 14 pontos, sete rebotes, cinco assistências e três tocos
James Johnson: 13 pontos e cinco rebotes

Washington

Jeff Green: 25 pontos e seis rebotes
Thomas Bryant: 17 pontos e 11 rebotes
Bradley Beal: 16 pontos
Bobby Portis: 14 pontos e 11 rebotes
Thomas Satoransky: 13 pontos, oito rebotes e oito assistências

 

(43-30) Utah Jazz 114 X 83 Chicago Bulls (21-53)

Destaques

Utah

Rudy Gobert: 21 pontos (9-11 FG), 14 rebotes e quatro tocos
Donovan Mitchell: 16 pontos e oito rebotes
Joe Ingles: 13 pontos, seis rebotes e cinco assistências
Derrick Favors: 13 pontos e seis rebotes
Ricky Rubio: 12 pontos
Jae Crowder: 11 pontos e seis rebotes
Raulzinho Neto: dez pontos em 15 minutos

Chicago

Lauri Markkanen: 18 pontos (6-20 FG) e dez rebotes
Cristiano Felício: dez pontos e seis rebotes

 

(33-40) Minnesota Timberwolves 112 X 99 Memphis Grizzlies (29-44)

Destaques

Minnesota

Karl-Anthony Towns: 33 pontos, 23 rebotes e cinco erros de ataque
Andrew Wiggins: 22 pontos
Josh Okogie: 17 pontos e seis rebotes
Tyus Jones: 12 pontos e nove assistências
Dario Saric: 11 pontos

Memphis

Mike Conley: 23 pontos
Jonas Valanciunas: 20 pontos, 14 rebotes, três tocos e quatro erros de ataque
Delon Wright: 12 pontos e seis assistências

 

(29-44) Dallas Mavericks 126 X 91 Golden State Warriors (49-23)

Destaques

Dallas

Luka Doncic: 23 pontos, 11 rebotes, dez assistências em 27 minutos
Dirk Nowitzki: 21 pontos e cinco rebotes
Ryan Broekhoff: 17 pontos (6-8 FG) e cinco rebotes
Maximilian Kleber: 16 pontos e nove rebotes
Trey Burke: 13 pontos
Jalen Brunson: 11 pontos e cinco assistências

Golden State

Kevin Durant: 25 pontos (0-8 3pt.) e cinco rebotes
DeMarcus Cousins: 19 pontos e seis rebotes
Kevon Looney: 12 pontos em 13 minutos

 

(37-35) Detroit Pistons 112 X 117 Portland Trail Blazers (45-27)

Destaques

Detroit

Blake Griffin: 27 pontos e seis assistências
Reggie Jackson: 24 pontos
Andre Drummond: 19 pontos e 11 rebotes
Luke Kennard: 13 pontos e cinco assistências

Portland

Damian Lillard: 28 pontos, seis rebotes e nove assistências
Al-Farouq Aminu: 22 pontos e sete rebotes
Seth Curry: 16 pontos e cinco rebotes
Jusuf Nurkic: 15 pontos e seis rebotes
Enes Kanter: dez pontos e sete rebotes

 

(17-57) Phoenix Suns 103 X 112 Sacramento Kings (36-36)

Destaques

Phoenix

Devin Booker: 32 pontos (2-11 3pt.) e dez assistências
Deandre Ayton: 19 pontos e 11 rebotes
Troy Daniels: 16 pontos
Richaun Holmes: 14 pontos e cinco rebotes
Mikal Bridges: 11 pontos e três roubos de bola

Sacramento

Buddy Hield: 25 pontos e sete rebotes
Harrison Barnes: 25 pontos e seis rebotes
Marvin Bagley III: 16 pontos e 11 rebotes
Nemanja Bjelica: 13 pontos, 17 rebotes e cinco assistências
De’Aaron Fox: 13 pontos (3-12 FG) e nove assistências

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Diego Costa

    Acho que ontem ficou claro a diferença de um PG monstruoso ofensivamente, que pontua de todas as maneiras, pra outro que é muito bom mas que não conseguirá dar um passo a mais pela falta de arremesso.

    Não que o Simmons seja culpado de tudo, mas muitas vezes ele poderia ser a solução e não é. Nesse pique ele sempre terá jogos muito consistentes, mas nunca em um nível bem acima como os grandes PGs dessa liga.
    Se tivesse que iniciar o time por um dos 2, escolheria o Trae tranquilo.

    O time do Sixers preocupa, banco é muito ruim e por diversas vezes a equipe dorme de forma inexplicável durante o jogo.

  • Igor Dourado

    Que classe de Rookies! NBA muito bem servida para a próxima década.

    • Vitor Martins

      A da temporada passada também fez barulho, o problema foi que os dois principais prospectos (ball e Fultz) decepcionaram muito.

      • Igor Dourado

        Isso! Se Irving sair do Celtics e Fultz reaprender a jogar já vai dar uma elevada ainda maior na classe!

  • Allan Lopes Soledade

    Doncic e Young.

    Young faz um duplo-duplo e decide de forma espetacular contra um dos melhores times do Leste.

    Doncic faz um triplo-duplo e decide contra o melhor time da NBA.

    Que disputa do Roy sensacional!

    Falando do Jazz,passamos o carro por cima do Bulls.Algo muito bom tem me chamado a atenção. Raulzinho, Felício e Caboclo tem jogado regularmente por seus times.Isso é muito bom para a seleção brasileira na copa do mundo, pois teremos um grupo complicado pela frente.

    • Vitor Martins

      Tomara que os 3 compareçam e sejam titulares junto com o Didi. Renovação é importante. E os veteranos podem vir do banco.

  • KlayMVP

    Oq mais me impressiona em Luka e trae e como estão se mostrando extremamente clutchs, vão dar muito trabalho no futuro, sorte de Dallas e atlanta

  • Bruno Macedo

    O novo Paul Pierce tá jogando demais em kkkk, a se fosse o Mitchell que tivesse fazendo uma temporada dessas kkkk

    • Vitor Martins

      Tatum é bem mais novo, temos que dar um desconto. Mas vc tem razão. Mitchell começou um pouco oscilante e pegaram no pé, Tatum ainda é queridinho da galera e da mídia especializada. Vamos ver nos playoffs.

      • Bruno Macedo

        Eu não do desconto não, jogou os playoffs bem, e falaram que podia trocar o Irving que já tinha um FP no time, fora os torcedores falando que o leste tinha um novo dono, pra mim o fracasso do Celtics vai ser bastante comemorado por mim.

        • Vitor Martins

          Que hate mano! hehehehe

          • Bruno Macedo

            Hate não, quem falou que ele era FP e vinha pra mais de 20 pts era os torcedores do Celtics, como eles falaram aguenta a hype do menino e do time, agora tem que arcar com as consequências.
            Até acho que nós playoffs, o Celtics tem condições de levar e o Tatum jogar muito, mas hoje não descarto nem eles serem eliminados já no primeiro round.

          • Rafael Vieira

            Posso parecer oportunista, mas também nunca vi sentido nessa coisa de troca o Irving simplesmente por termos o Tatum.

            Na minha visão, Tatum pode sim ser All Star, mas isso vai demorar algumas temporadas, fisicamente o acho muito franzino, talvez daí venha um pouco da dificuldade de infiltrar e, consequentemente, isso faz com que ele force uns arremessos de meia distância de péssimo aproveitamento.

            O fato do Celtics patinar no plano de jogo contribui para a queda de rendimento (o time não consegue definir papeis), mas acho que a performance nos playoffs do ano passado jogou a expectativa lá pro alto.

          • Bruno Macedo

            Eu também acho que o que ele apresentou nos offs deu uma impulsionada no hype dele, e principalmente o negócio de ter muitos jogadores bons no elenco faça ele perder um pouco do protagonismo, só que ele tem vez que é muito disperso nos jogos, joga sempre na moral, não força muito, mesmo quando o time tá precisando ele não pega a bola e tenta alguma coisa diferente, acho que ele se apega muito ao fato do Irving ser o protagonista e deixa tudo nas mãos dele, não sei pode ser só uma impressão minha.
            Bola pra ser all-star ele parece que tem, agora só quero ver a gana dele pra se tornar um.

  • Vitor Martins

    Pra mim é um absurdo que haja disputa pelo ROY, mas há. Por dois fatores: americanos querendo se justificar pelo preconceito inicial em relação ao Doncic; e a última impressão conta muito. Acho que o Doncic ainda tá em outro patamar, mas o Young é espetacular também. O problema é que é um premio de temporada regular, e ao longo da temporada foi Luka sem dúvidas. Mas não duvido do Trae ganhar, e acho até que hoje o Young está mais perto de ser all-star do que o gordinho por jogar numa conferência bem mais fraca. Luka vai ter que aumentar o rendimento na próxima temporada (por mais que já mereça), enquanto Trae só vai precisar manter.

    • Playoffs Neném

      Rapaz, eu não sei. Próxima temporada os dois podem ser. Se Luka mantiver ou melhorar os números, só os americanos sendo mt preconceituoso pra não dar all star. A votação do cara foi expressiva demais mesmo no Oeste. E prox temporada tudo indica que os Mavs irão ter um time competitivo pra temporada regular. Pra mim os dois jogando essa bola ou melhorando serão all star na prox temporada

      • Vitor Martins

        Pode ser, mas é que no Oeste a concorrência é mais pesada!

  • Jefferson Cavalcanti

    Péssima partida defensiva do Sixers. Time tomou 74 pts no primeiro tempo e não melhorou mto no segundo. Tobias Harris fez um jogo de role player.

    O Trae é a estela do time, mas o que joga o John Collins é brincadeira. Jogador completo.

  • Vitor Martins

    Meio oportunista da minha parte perguntar isso agora, mas se Pelicans quer achar uma estrela jovem, vale mais a pena trocar com quem tiver a pick 1 ou com o Boston?

    • JVC

      Eu acho que a pick um e outros jogadores pois essa reformulaçao vai demorar mais tempo por parte do pelicans, eu apenas consideraria o pacote do boston se tatum estivesse nele

      • Vitor Martins

        Mas a pergunta era justamente essa, com o Tatum (que vem decepcionando) no pacote.

        • JVC

          Mesmo assim se fosse o gm do pelicans aceitaria a pick 1

    • Igor Dourado

      Acredito que pela pick 1 pelo Hype em que está o Zion. Essa troca para o Pelicans seria como pegar novamente um Anthony Davis no começo da carreira (isso antes dele jogar na NBA).

      • Vitor Martins

        Ai o Zion jogava muito, assina uma extensão milionária, e depois de ir só uma vez aos playoffs em 6 temporadas pede pra ser trocado! rs

        • Tiago

          Aí troca por outra pick 1 e recomeça o ciclo kkk

    • Bruno Macedo

      Se fosse o Tatum dos playoffs eu trocaria, agora esse que tá parecendo mais uma incógnita, do que vai se tornar, eu arriscaria no zion.
      Mas claro com Tatum e mais alguma coisa, vejo o pelicans trocando mais fácil, já que a franquia tá precisando de resultados, e tem o Holiday e randle (que parece que vai renovar) pode montar um time pelo menos competitivo.

      • JVC

        Eu nao duvido o pelicans trocar esses dois nao

        • Bruno Macedo

          Randle é FA, se for pra pegar o Zion eu trocava e ia pro tank, mas se quiser competir de imediato, Tatum e Brown, poderia dá um time pelo menos competitivo, mas acho que quem pegar o Zion acho que vai ficar com ele, se ele cai na mão do suns aí eu trocaria, imagina Davis e ayton no garrafão.

  • Douglas costa

    Eu não sou jogador profissional mas quando o cara está (0-6 3pt) será que ele não vê que é hora de forçar nas bolas de 3?

    • Vitor Martins

      Depende. Muitas vezes passa pelo plano de jogo da equipe. Muita gente pega no pé do West, por exemplo, por “forçar” muito. Mas é exatamente isso que os adversários querem, que ele pare de ser agressivo depois de errar seus primeiros arremessos. O aproveitamento dele seria melhor, mas duvido que esse time, montado dessa forma, seria melhor com um West menos agressivo. Não é algo necessariamente (embora seja em boa parte dos casos) unidirecional. Curry já demonstrou que é o melhor (ou no mínimo um dos melhores) arremessadores da História, se ele tiver 0-6 tem que continuar arremessando, pq os outros times temem o arremesso dele, abre espaço pros outros jogadores. Algumas equipes seguem o plano muito a risca, Caboclo, por exemplo, arremessa muito de 3 mete muito pouca bola. Acredito que esse seja o papel destinado pra ele na equipe, o 4 aberto, e deve ser orientado a tentar quando tiver livre. Ai eu realmente não sei se vale tanto a pena, mas quando é dentro da filosofia do time (como são os casos de Curry e Westbrook) tem que continuar, na minha opinião.

      • Maurilei Teodoro

        Mas as vezes acontece que mesmo sendo o plano de jogo continuar arremessando estando tijolando, mas outro jogador estiver quente e caindo tudo que arremessa, vale a pena mudar esse plano de jogo e o tijoleiro dar uma segurada. Caso contrário concordo com vc em manter o plano de jogo.

        • Maurilei Teodoro

          Quanto plano de jogo kkkkKkkkkkkk

          • Vitor Martins

            hehehehee

      • Timóteo Rezende Potin

        Bem por aí mesmo. Muitas vezes o mais importante é exatamente o risco que o arremessador criar por ser capaz de arremessar.

    • Thiago

      “Você erra cada chute que você desiste de chutar”. Palavras de MJ

    • Doug

      Depende do jogador. Curry, p. ex., se estiver arremessando 0-6, não deve nem pensar em parar…uma que ele acerta, ele já ganha confiança e daí para a frente já era, fora que se o time está treinado taticamente para aquilo, mudar isso implica mudar a tática do time e isso requer trabalho do treinador e do próprio time…

    • raphael cs

      É só lembrar da final anterior (Warriors x Rockets), o time do Rockets errou a exaustão os arremessos de 3 no jogo 7, mas venceu outros arremessando da mesma maneira com os mesmos jogadores. Tem dia que cai tudo, e outros que o aro fica pequeno.

  • JVC

    Qual classe foi melhor em sua temporada de rookie, a dessa temporada ou a da temporada passada ?

    • felipe fernando Oliveira

      essa temporada estão melhores.

    • Vitor Martins

      Complicado, pq um ano muda muita coisa. Mas acho a anterior (se contar com o Simmons nela), mais profunda e com mais possibilidades de estrelas. Essa talvez passe a impressão de ser melhor pq as escolhas do topo demonstraram mais (Ball e Fultz são uma decepção). Mas tenho a impressão que a anterior vai dar mais all-star e mais jogadores bons pros times, apesar dos prospectos dessa estarem mais perto hoje de serem estrelas (Trae e Doncic)

      • Tiago Almeida

        Ainda dessa classe tem o MPJ que vai estrear na próxima temporada e é extremamente promissor.

    • Timóteo Rezende Potin

      Acho que as duas estão acima da média, mas a desse ano é melhor overall na minha opinião.

    • Gustavo

      Sem duvidas esse ano, tem muitos mlks que vieram do draft jogando bem. Young, Doncic, Sexton, JJJ, Carter Jr, Bargley, Ayton, SGA, Shamet, Mitchell Robinson, Huerter, Knox e por ai vai.

  • Doug

    Trae Young jogando demais…partida muito boa do Atlanta, que tem um time realmente promissor, bom de se ver jogar e que fez jogo grande ontem, contra time que postula final da liga…já faz bastante tempo que os Hawks não têm um time explosivo e imprevisível assim…que esse time se torne realidade…e o Embiid insistindo naquele mesmo erro de querer bater bola da linha de três para dentro do garrafão…isso ontem praticamente custou a derrota, com a roubada de bola e enterrada do Huerter nos dois minutos finais…e o Dallão, hein?? GSW tinha KD e KT ontem e Doncic me manda um TD em 27 min de jogo…

    • Vitor Martins

      Atlanta Hawks, o Golden State da puberdade! rs

      • Doug

        Pois é. E o Young era comparada com o Curry na universidade…kkk

        • Vitor Martins

          E vão pegar o Klay no draft: Rj Barrett! rs
          Collins é o Draymond, e o Carter é o Iguodala. Huerter é o KD, obviamente.

          • JVC

            Eu vejo huerter mais parecido ao thompson

          • Vitor Martins

            Sim, é zoeira mano. Mas gosto muito do Rony Weasley

          • JVC

            Eu sei

          • Doug

            Huerter é o KD…kkkkkkkkk

          • JVC

            Os hawks tem que ter o Cabloco o verdadeiro KD

          • JVC

            Young- Curry
            Huerter- Thompson
            Cabloco- KD
            Carter- Iguodala
            Prince- Barnes
            Collins- Green

          • Ser_Humano_Vivo

            obviamente

        • JVC

          O Young era comparado ao curry, Huerter ao Thompson

  • Weezy

    Trae Young muito clutch, o garoto tem personalidade.

    • Doug

      E olha que quem marcava ele no arremesso era o Butler…ele nem tomou conhecimento do The Closer…

  • Cello Bulls

    Young e Doncic, é o real significado de tanto faz, Doncic deve ganhar o ROY, e bem merecido por sinal, mas Young calou a boca de muito hater que torce contra o sucesso dele, como é bom ver a NBA se renovando e mostrando que o futuro é promissor na maior liga de basquetebol do mundo.

    • Lucas Toledo

      Rapaz, tava pensando aqui como é bom ver um cara que tem potencial mas chegou sob desconfiança na liga e vem dando supercerto. Tomara que continue evoluindo e se torne de fato um grande jogador

    • Alan Um Musashi

      Real significado de tanto faz é o caralho.

      O Trae que se contente com o ASG ano que vem, quem merece é o gordinho, sem mais.

      Vai lá fazer TD na casa do GSW.

      Em 27 min.

  • TougeRacer

    Doncic ainda é o ROY pra mim, indiscutível, mas o Young tá me surpreendendo bastante, mlk tá jogando demais.

  • #PG CLUTCH MASTER#

    Em 2 anos o Trae Young vai ser mais impactante e vai ter melhores numeros que o KI, pronto falei.

  • Joabe#VamoSpurs
  • Thiago Lopes

    Interresante como análise sempre é precipitado, no começo do ano as escolhas dos rookie tinha uma avaliação totalmente diferente. Como não entendo e só leu as opiniões eu não erro kkkkkk

  • Paulo Henrique

    Warriors sem Curry é isso aí

  • PC91

    Young obviamente tá jogando muito e merece todos os méritos, mas é impressionante como, pra defender que ele leve o ROY, falsas narrativas surgem.

    Vendo alguns comentários gringos, é mto normal ver gente dizendo que o time do Mavs é melhor do que o de Atlanta, simplesmente ignorando que o Esloveno tem como principal companheiro de ataque o Powell, enquanto o outro tem Collins(que às vezes pega 20 reb por jogo e ainda pontua muito), Huerter(chutador nato) e bons outros chutadores.

    As vitórias, que no começo da temporada não importavam enquanto o Dallas ganhava, pois o Mavs tinha um time melhor, agora magicamente começaram a importar.

    Até mesmo a matemática é subvertida: agora 5 é menos que 1. O Esloveno jogou melhor em Outubro(8 jogos), Nov, dez, janeiro e fevereiro(dá pra discutir); Young tem tido um mês melhor agora em Março. Se a pessoa x joga melhor do que a pessoa y durante 60% ou 80% da temporada, no final quem teve uma melhor temporada?

  • Cartaxo

    Que vitória inesperada do Dallas hein. Pqp. Atropelou o time com 4 all-stars!
    Desnecessária pro tank mas necessária pra esse grupo jovem, e pros q querem mostrar valor pra temporada que vem. Doncic absurdo, mais um TD em 27 MINUTOS!

  • JD JS

    Doncic vai receber o Roy ..mas o trae yung é melhor que ele …….lembra o curry naquele primeiro título do warriors que curry estava vuando era o melhor da liga acima de LeBron ..depois as lesões atrapalharam curry demora nas finais ..esse ano curry está de volta tomara que não machuque denovo nas finais ele sente muito a falta de ritmo por ter físico fraco

  • Alan Um Musashi

    O gordinho é muito fora do padrão.

    E o Trae vai ser dos mais clutchs da liga.

    Sensacional essa classe.