Treino é treino, jogo é jogo

Se você acompanha o Jumper Brasil há muitos anos, certamente irá se lembrar de um artigo feito por um amigo meu, o Alexandre Spissoto. Isso deve ter sido lá por 2008, quando ele escreveu sobre os playoffs em seus momentos decisivos e, basicamente, como separar meninos dos homens. Muito criticada, sua coluna não foi apagada na época, mas por conta de várias transições que passamos, perdemos o conteúdo. Só que hoje eu quero falar mais ou menos no mesmo sentido.

O Miami Heat está mostrando que temporada regular é uma coisa e nos playoffs é outra. Todo mundo se lembra que o time perdeu todas as quatro partidas que teve diante do Brooklyn Nets na fase inicial. Pois bem. Depois de dois jogos nas semifinais do Leste, o Heat venceu ambos e, principalmente, deixou a sensação de que não se esforçou o suficiente antes.

Acontece que isso não é uma verdade absoluta.

O Heat brigou até o fim naqueles embates, perdeu um em que LeBron James foi eliminado com seis faltas na prorrogação e os outros três foram por apenas um ponto. Mais que sorte, ausência de Dwyane Wade em dois deles, ou coincidência, o Nets venceu os quatro e ponto final. Só que agora os jogos são de verdade. Não que a temporada regular não seja real, mas é muito fácil de se classificar na conferência Leste, especialmente quando você reúne três excelentes jogadores num mesmo time. 

A primeira partida da série foi um verdadeiro massacre. O Nets não ofereceu nenhuma resistência, exceto no começo. Depois, perdeu por 21 pontos. Já o segundo, até que foi mais equilibrado, porém é só notar como o time se portou ofensivamente que você vai entender os motivos pelo qual a equipe larga com essa desvantagem.

Para se ter uma ideia, em 60 jogos de playoffs acumulados na carreira, o armador Deron Williams teve algumas atuações ruins. Duas, na verdade. Em apenas duas ocasiões, ele havia anotado menos de dez pontos. Se você ainda não viu, ontem Williams conseguiu a proeza de zerar pela primeira vez nesta fase. Terrível, não?

Claro que os próximos embates serão no Brooklyn e o time possui chances reais de vencer pelo menos um, mas com o momento que vive o Heat, com oito vitórias seguidas, não acho improvável uma nova varrida. Antes que me esqueça, o Heat não foi bem na segunda partida. Venceu porque o Nets foi incompetente e porque a defesa de Miami está fazendo o seu trabalho.

Sim, treino é treino e jogo é jogo.

A temporada regular mostrou um Heat com o pé no freio, e cheguei a mencionar isso na previsão da primeira rodada contra o Charlotte Bobcats. Obviamente eu não posso cravar que isso realmente aconteceu, mas pareceu. E quando chegou a hora da verdade, está provando que é um time não só mais bem preparado, mas também não podemos nos esquecer que o Nets está enfrentando a equipe que venceu os últimos três títulos do Leste. É óbvio que não seria fácil.

Restam, ao menos, mais dois jogos para que o Nets consiga reverter o quadro atual. Como disse, existe a possibilidade de o time vencer um deles em casa, mas está mais para que tudo seja resolvido na quarta partida.

Não precisa separar meninos dos homens aqui. De um lado estão dois campeões pelo Boston Celtics (Paul Pierce e Kevin Garnett) e dois ótimos jogadores (Joe Johnson e Deron Williams), e do outro estão Chris Bosh, Wade, e LeBron. Não tem nenhuma criança nessa brincadeira. Nem Jason Kidd.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • rodrigohawks

    falta so mais 2 vitorias pra eu acertar o palpite de heat 4-0 nets

  • Mailson Silva de Sena

    Acho que o Brooklyn poderia começar com o o Plumlee de titular e, quem sabe assim, o jogo de Kevin Garnett poderia ser mais bem trabalhado.

    • Nettmann

      Cara sou fã do cara, mas esquece o Garnett, pois desse mato não sai mais cachorro.

    • Michel Moral

      Se for pra continuar jogando desse jeito, eu acho melhor Garnett aposentar. Ele não precisa provar mais nada para ninguém, então, para que ficar se arrastando em quadra e passando vergonha?

      Eu o coloco um patamar abaixo de Duncan e Nowitzki, exatamente porque Garnett caiu demais no final da carreira. Dos três, é o jogador que mais depende do físico, pois, apesar de ser tão técnico como os outros dois, ele depende da mobilidade e da força física.

      Durante a temporada eu vinha expondo meu pensamento sobre ele aqui no Jumper, aí o pessoal começou a dizer que era “tática” para manter o pivô inteiro nos playoffs (Boston fez isso há alguns anos atrás). Para mim, isso pode dar certo, mas definitivamente, HOJE, não é o caso de Garnett.

      Já na última temporada ele não rendeu nada em Boston. A questão não é somente física, mas técnica também. Aqueles arremessos de cabeça de garrafão deveriam cair, mesmo sem estar 100% fisicamente.

      Já que é para fazer o que vem fazendo, é melhor parar. Por outro lado, se o problema é físico e somente isso, para também, porque Garnett não é jogador para ficar se arrastando em fim de carreira.

  • Os caras do Nets não estão aguentando… Eles precisavam de uns 3 dias pra descansar, se tivessem eu acho que a serie teria mais graça. Além disso é uma pena o B. Lopez estar fora, ia ser interessante ele jogando no garrafão.
    Esse time do Nets se conseguisse chegar completo nos playoffs a historia poderia ser outra… mas ai ja são muitos se’s

  • Vinícius Maia

    Só não concordo com essa história de que o Heat jogou com o pé no freio na temporada regular pois até dois integrantes do big three (Chris Bosh e Lebron James) vieram a público para dizer que as coisas não estavam bem. Não me lembro se foi Chris Bosh ou Lebron James que afirmou que não havia mais vontade de vencer no Heat e se eu não me engano, Chris Bosh afirmou que se continuasse daquele jeito, o Big Three poderia se desfazer ao final dessa temporada. Se a equipe estivesse, propositalmente, jogando com o pé no freio, acredito que os dois não teriam feito críticas tão duras aos seus companheiros

  • hebert

    Isso sempre foi a real, tem times que no mata mata crescem.
    Em qualquer esporte é assim, e o heat tem mostrado que nos play offs são os caras.
    Vamos ver , Derrepente vem o tri

  • Não tem nenhuma criança, nem Jason Kidd huaehuae
    Eu acho que o desgaste físico e emocional que fizeram o time ficar meio que com o pé no freio. Lutaram todos os jogos, isso é fato, nenhum foi entregue, porém DWade é peça mais que fundamental pra esse time (e tem gente que vê isso como demérito), precisa dele 80% ao mínimo, já que aparentemente, nunca mais vai estar 100% : Quanto ao Nets, minha opinião é que faltam lhe a experiência de um bom técnico também. Teve uma matéria ou comentário aqui um dia com a seguinte frase: “Kidd parece ter encontrado a fórmula de vencer o Heat”. No momento achei equivocada a frase e agora está sendo provado. Na temporada regular, seu time encontrou a fórmula em meio aquela empolgação mágica que toda equipe tem ao jogar contra o Heat. Porém, aparentemente, a perderam agora. Houve uma parada de tempo que colocaram microfone no Kidd, o cara mais gaguejava do que falava/escrevia a jogada. Sei que o Garnett está em decadência, mas não se decai tanto assim de uma temporada para outra. Se tivesse mantido o time em Boston, mesmo sendo poupado, jogaria muito mais. Acho que o sistema não o favorece (esquece o gancho livre ontem rs), e isso vale pro Pierce também. Mas ainda creio que em Brooklyn a série vá pegar fogo.

  • Nettmann

    Gente vamos ser sinceros e não é oportunismo, o time do Brooklin é um time de ex jogadores (pierce, KG, Williams, kirilenko…) quem tá jogando é o Livingston e o Teletovic, fora esses ninguém tem condições, ontem o Allen foi marcado pelo Thorton e deitou e rolou.
    Brooklin tem que correr atrás de uma trocas pra ter chance ano que vem, pois o time vai estar ainda mais velho.

  • Caseh

    Ainda acredito que os Nets possam engrossar nos próximos jogos, já houve uma evolução do primeiro ao segundo jogo. Mas o fato é que o técnico ainda não conseguiu encontrar a melhor forma de jogar contra o Heat nesses playoffs. Vai depender de lampejos do JJ e Pierce, e das bolas de 3 de Teletovic e Thornton. A conferir.

    • Caseh… eu tbm acredito que os Nets podem crescer na série e que até jogaram bem ontem… mas não podemos esquecer que nenhum dos caras do BIG 3 fez um jogaço na série ainda..e isso não é normal.. Existe sim a possibilidade de nos 2 jogos foras Lebron ou Wade destruirem o jogo com 30+ pts e aí a coisa fica braba pro Nets.

  • Lucas

    Diga onde voce vai que eu vou varrendo K K K K ‘

    Brincadeiras a parte…o jogo de ontem bem mais apertado só que na hora da decisão sempre tem um ray allen pra desequilibrar as coisas que fera é essa!

  • Olavo

    Sabe o que é mais estranho?

    No final do jogo , PP34 e KG ficarem sentados no banco o último quarto INTEIRO.

    Sendo que esses caras foram contratados , tecnicamente , para serem os líderes do time nos offs em momentos decisivos…..

  • aluyson

    Acho que uma coisa que atrapalha bastante qualquer time que joga contra o Heat é não saber qual time vai encontrar. Quem em são consciência diria que veríamos James Jones jogando minutos significativos contra o Bobcats? E quem seria louco de dizer que Rashard Lewis jogaria 20 minutos contra o Nets? Sendo que ambos em raríssimas partidas da temporada regular conseguiram jogar esse tempo?

    Creio que isso seja algo que enlouquece os técnicos. Muitos falam do Spurs, mas pra mim o melhor elenco da liga é sim do Miami. Spo pode muito bem no próximo jogo tirar Oden do estaleiro e por pra jogar com Bosh na 4. Ou pode colocar o Haslem junto do Bosh pra marcar o Garnett (o que não é necesário, um cone ja consegue fazer isso na série). Ou pode colocar o mesmo James Jones. É muta coisa pra se pensar. E são poucos times da liga que se adaptam rapidamente a essas mudanças.

    Enfim, não quero parecer nojento, portanto vou chutar 4-1 pro Heat.

    • Salomão

      cone é mancada.
      Acho que Spo é um técnico bosta, quando pega um técnico mais experiente se enrola inteiro, Popovich deu um baile nele nas finais do ano passado mas, tínhamos Lebron e Ray Ray que salvaram o time.
      Ainda acho que Oden deveria ter sido mais aproveitado, deixa o cara morto na quadra pra pegar ritmo, Agora temos um Peso morto de 2,15 e 120 kg no banco mofando.
      Se não fosse nosso big three, Ray Allen e Chris Andersen o time ia estar passando por um sufoco agora certeza.
      Só resta esperar que Spo melhore nas próximas temporadas e que Pat ryley contrate reboteiros de qualidade pro nosso Heat.
      LET’S GO HEAT

  • Desde o Inicio da temporada regular eu e muitos torcedores do Heat achavamos que o Heat estava com o Pé no freio,o time realmente nao estava bem,mas nas ultimas temporadas foi assim tbm,Playoffs é outra coisa,e esse cansaço do Nets piora ainda mais para o lado deles,e ainda acho que se o Heat continuar com a sua boa defesa,passa por 4-1 nessa série.

  • jk

    Eu gosto do elenco do Heat, mas acho que tá longe de ser o melhor, por isso a dependência do Big 3. E falta reboteiro. Mas, realmente o Spo tem ido muito bem na rotação nos offs. Heat tá com muito mais sangue nos olhos do que o Nets. O que não pode é daqui a pouco varrer os caras e subir no salto alto na final contra Indiana ou Washington.

  • Michel Moral

    O Heat hoje é um time maduro e que se banca durante a temporada regular. OKC e Pacers se mataram para alcançar a melhor campanha, mas isso não é tudo.

    Tanto Miami como San Antonio já aprenderam como se comportar durante a temporada, montando elencos fortes para brigar pelo título e não por um jogo ou recorde específico. Tanto é verdade que nenhum desses dois times têm jogadores vencendo prêmios individuais, até mesmo porque já conquistaram basicamente tudo.

    Pra mim, analisando friamente a pós-temporada e o comportamento dos times, creio que o Miami é mais uma vez campeão do leste. Para aqueles que odeiam o Heat, resta torcer por Spurs ou Clippers na final da liga. O Spurs dispensa comentários, pra mim, bicampeão do oeste, e o Clippers porque tem um time muito atlético e um elenco bem similar com o que tem o Heat.

  • Celso Cachali Jr

    Se o Miami ganhar o proximo… ja era… varrida na certa! PP e JJ tem que chamar a responsa… vejo o PP desanimado… essa troca nao foi boa para ele. pois gostava de mais de ser um celtics

  • Fernando

    Esse time do nets é muito audacioso de entrar em quadra contra o heat. Se num fosse pela ruindade do treinador era para lebron e cia vencer por mais de 30 pontos.

  • maia-bucks

    Vamos sintetizar: VARRIDA.

  • Renato Lgb

    Sabe a impressão que eu tenho, é que as vezes esse time do Heat é imbativel!!!
    Quando os caras querem de verdade, só um milagre!
    LBJ é muito regular, se mantém no topo com muita competência esses anos, e ajudado por nada mais nada menos de outro gênio Wade, fazem jogadores como Chalmers elevarem o nível de seu jogo!
    Me desculpem, não entendo mto de basquete como alguns por aki, mas Spo vem fazendo um grande trabalho por lá…
    Battier tava quase aposentado lá no banco hoje ta voando, UD jogou quase a temporada toda, e hj está lá esperando o jogo do adversário encaixar com o dele para ele voltar a ser importante…
    Acho que isso é muito a mão do treinador, na minha visão ele tem o time na mão!
    É que ele não é mto carismático rs, vc olha pra ele e não nos passa confiança, mas ele vem nos mostrando que é bem competente!!!
    “Ah, ele tem um time de craques por isso…”
    Mas,,,
    no meu modo de ver, NYK tem time pra brigar pelas 3…4 primeiras vagas no Leste e o final disso ae todos ja sabem!!!
    Eu torço para um time rival, mas não sou cego ao ponto de não ver o belo basquete que esse TIME vem jogando a algum tempo!!!