[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=Wgu7iufAz9Q]

Durante a semana, nós vimos duas facetas de Lance Stephenson – sem dúvidas o principal personagem desses playoffs. Stephenson não esconde de ninguém: quer o título, mas, antes disso, atrapalhar LeBron James em busca pessoal pelo terceiro consecutivo. E ele não mede esforços.

Antes mesmo do início da final do Leste, falou sobre os joelhos de Dwyane Wade. Depois, o ala-armador do Indiana Pacers afirmou ter o antídoto para LeBron e que iria entrar na cabeça dele. Falhou e o astro do Miami Heat anotou 32 pontos e não deu a menor chance ao seu adversário.

Criticado até por companheiros, Stephenson mostrou o seu lado “humilde” e disse estar arrependido por ter dito que havia encontrado as falhas de James. Pura falsa modéstia. Falou por pressão, por estar de costas para a parede. Não era de fato o que pensava. Tanto que na partida seguinte, repetiu os mesmos atos contra o seu rival e o resultado foi favorável.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=mPzQx0jP8Yg]

O sopro no ouvido de LeBron foi algo que deixou muita gente espantada, mas nada que surpreendesse. Afinal de contas, Stephenson faz de tudo para tirar o camisa 6 do Heat do jogo. Ele mexe com a cabeça do adversário, o deixa vulnerável e, queira ou não, isso lhe rende mais problemas do que louros.

Não o critico de forma alguma. Acho legal termos jogadores assim na NBA. Onde estão aqueles sujeitos que fazem de tudo para vencer? Isso é “bundalização”. Palavra nova, acredite. Mas a NBA está ficando sem graça com essa mania de bom mocismo. 

Todo time tem que ter um Bruce Bowen no elenco. Um cara chato, que serve em tese, apenas para atormentar o seu oponente com uma defesa magnífica e com alguns conteúdos bônus. 

DeShawn Stevenson, no Dallas Mavericks, cansou de fazê-lo contra James na final de 2011. O Mavs acabou sendo campeão naquele ano e LeBron teve um papel desastroso em quadra.

Jogadores como eles, hoje temos Tony Allen e Matt Barnes. E só.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=YN88SRXYsQE]

Não estou dizendo que os astros não devam prevalecer, pois a NBA é uma Liga que precisa disso para continuar crescendo. Mas a graça aumenta quando você vê alguém tentando impedir. A dificuldade aumenta e é aí que os verdadeiros gigantes se mostram.

Stephenson é melhor do que muita gente acha. É ele quem começa a organização do Pacers em quadra. É melhor defensor do Pacers – ao menos, na minha opinião, melhor que Roy Hibbert. Pode fazer mais que somente importunar e ele sabe disso.

Na quinta partida, LeBron se apagou com as faltas. Méritos de Stephenson? Possivelmente. Porém, se quer ser finalista pela quarta vez seguida, James e seus colegas precisam superar o Pacers na noite desta sexta-feira. Se deixar para resolver em Indianapolis, as chances caem drasticamente.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Daniel Nogueira
    • sebas1606

      kkkk sempre pensei nisso,até o jeito provocador de alguns personagens do Chris é parecido.

  • Falar em jogo psicológico dentro de quadra na NBA não há como não lembrar de Dennis Rodman, sem dúvida, o melhor jogador da história neste quesito, várias foram suas vítimas: Malone, O’Neii, só pegava “bucha de canhão” e não “pipocava” para ninguém. E Gary Payton tentando desestabilizar Jordan… cara… como a liga precisava de jogadores assim, chego a pensar que o “bom mocismo” mais atrapalha do que ajuda a liga.

  • RafaelRox

    Stephenson quer ser Michael Jordan, vide algumas jogadas.. apesar de mal sucedidas é legal ver .
    O que eu vi falando em sites americanos… é que o Indiana não irá renovar com o Steph, e esse lance de trazer Evan Turner foi pensado ( já que agora com a troca eles podem cobrir as ofertas do mesmo).

    • Acho que não renovar com o Stephenson vai ser um retrocesso pro Pacers.
      PG e Lance tem tudo para ser uma grande dupla.

    • Evan Turner está muito mal em Indiana, nem sequer passou perto de ser aquele jogador de Philadelphia que foi sério candidato para ser All-Star, sequer ele está sendo utilizado para jogar na final da conferência leste, sequer o Frank Vogel pensa que ele existe, ele está perdendo espaço para Rusual Buttler, acho melhor o Indiana tentar renovar com Stephenson e deixar que Turner siga seu próprio rumo…

    • Ele ñ quer ser MJ ele quer ser Reggie Miller

  • Caseh

    Bom artigo, realmente personagens como Stephenson fazem bem à Liga. Deixem que ele fale, ele próprio é que irá arcar com as eventuais consequências, e não nós. A moda do politicamente correto dá no saco.

  • Olavo

    Como já disse em outo post , o problema não é o Lance fazer o que ele faz…

    O problema é ele chamar um cara pro jogo e fazer um papalão em quadra , como fez no jogo 4 em que ele só fez seus primeiros pontos nos últimos minutos , enquanto Lebron arrebentava …

    Pra mim , tudo bem o Stephenson fazer isso . Ele tem que fazer aquilo que o inspira a fazer um bom jogo , mas ele tem que corresponder também … Só falar e fazer essas ” graças ” não ganha jogo….

    • Olavo

      * papelão

  • elber2014

    Pelo jeito funcionou mesmo a “catimba” no 5 jogo, pior partida do James em Offs.

    • M Dias

      Não teve nada haver com catimba… o problema foram as “faltas”.

      • pff… Lebron não pode ter falta apitada contra mesmo… pessoal tá tão acostuamdo com a arbitragem conivente que quando alguém marca faltas dele ficam chiando…

  • Ele é um jogador muito bom,faz de tudo um pouco em quadra e tem atitude.E acho que esse bom-mocismo da liga atualmente muito chato,precisamos de mais caras como ele,como o Shermann na NFL,enfim jogadores com atitude,que falem o que pensem,que deixem o politicamente correto de lado por um momento.

    Isso torna o jogo muito mais divertido,afinal de contas de contas o cara tem que mostrar que não é capaz de fazer acontecer enquanto quem é provocado não quer ficar por baixo e vai querer dar a resposta.

    A competição cresce,o jogo tem um atrativo a mais e claro no final,tudo se define na quadra,onde tem de ser.Foi lá que o Lance deu vexame no jogo 4 com os pacers e onde o Pacers com ele reagiu no jogo 5,que aliás foi o melhor da série.E isso é o importante,o que decide no fim das contas é como as equipes estão jogando e não o que é dito fora da quadra.No máximo esse tipo de coisa dá um tempero a mais pras partidas.

    Não vou ficar torcendo contra os Pacers pelas declarações do cara como muitos estão fazendo,afinal de contas não teve nada de mais o que ele disse,não teve agressão verbal,xingamentos,nada disso.Foi apenas uma declaração em tom de desafio.Pra mim,que ganhe o melhor,seja quem for.E não dá pra dizer que ele tem deixado a desejar.Tirando uma partida ou outra,ele tá jogando muito.

    Aliás,esse jogo 6 tem tudo pra ser mais um jogão e que ganha questões muito divertidas,do tipo,como o LeBron e o Wade vão reagir,o que o Lance vai trazer pra essa partida.Jogadores desse tipo trazem mais diversão para a partida,que já tem uma importância tremenda,em uma série que vem sendo muito bem jogada e de forma leal.

    E vou abrir uma exceção hoje e torcer pros Pacers com uma grande atuação dele pra irmos pra um jogo 7 épico decidido com overtime!E que ele continue fazendo mais essas provocações(sem exagerar,baixar o nível ou coisa do tipo).

    • Miguel

      Isso aí, Sebas. Penso exatamente como você!

  • danielzera

    Hoje na NBA o Lance Stephenson é meu armador favorito, pode não ser o melhor, mas é um showman!
    Se ele sair do Pacers seria bom ir para o Houston…

    • Qual sentido ele sair do indiana pra ser reserva do Harden no Houston? se ele sair ele vai pra um time pra ser titular e não ser reserva.

      • danielzera

        Ele faria dupla com o Harden na armação, seria o jogador de defesa que o Houston precisa.

  • PacersWin

    Falam do Lance agora como se ele fosse apenas esse provocador ai desses 2 ultimos jogos, ainda taxam o cara como alguém que só fala e nada faz…. (Are U Fucking Kiddin me?) nos 3 primeiros jogos o cara destruiu, ocorreu um foul trouble no jogo 4, assim como o Lebron no jogo 5, e jogou mal e no jogo 5 já voltou jogando bem e pendurando o melhor jogador do mundo… nada a questionar.
    Stephenson temporada que vem já deve vir com um bom status dentro da liga, do mesmo patamar do George, o cara é indiscutivelmente um SG top 5 da liga e tranquilamente o mais completo hoje (tirando o kobe), perdeu o prêmio de MIP assim como o Hibbert perdeu o DPOY pelo caos coletivo do Pacers na 2º parte da temporada.
    Hoje é o meu jogador favorito do Pacers, já era antes dessas provocações e zueras que ele fez nessa final, agora já espero um busto pra ele se passarmos.
    Pro amigo lá em cima que falou que o Pacers não quer renovar, vc está meio atrasado no contexto, trazer o Turner no meio do ano seria uma oportunidade rápida de substituir o Lance caso não desse pra cobrir a oferta, mas sempre o objetivo foi segurar o Lance e creio que vão fazer loucuras com o nosso CAP pra mantê-lo, já o Turner deve ser o nosso plano C atual, o Hayward na qual o Bird é fã seria o plano B.

    • M Dias

      Muita pretensão a sua dizer que esse mala sem alça pendurou James…

  • M Dias

    Sou contra a maioria aqui no que diz respeito a matéria. Não acho nem um pouco legal as coisas que ele faz ou diz tanto fora quanto dentro das quadras e isso não tem nada haver com “bom mocismo” é apenas achar que catimba é algo ridículo, sou a favor da rivalidade e da competitividade mas tudo naturalmente e respeitando o adversário sim.
    Vender esse showzinho de merda premeditado pretendendo ferir o adversário emocionalmente é muita idiotice. Ele tem que fazer de tudo para vencer jogando basquete e não falando merdas ou assoprando na face dos adversários. Jogar que é bom nada né?????
    Chega a ser ridículo as atitudes desse mala sem alça que não passa de um zé ninguém na liga…

    Querem ver porrada ou algo do gênero, assistam NHL, UFC, Boxe, etc…

    Acho que vocês que curtem o Lance devem endeusar o falastrão Chael Sonnen né não?

    Lance Stephenson = Sonnen da NBA! Fala fala, fala e só leva couro!

    • Miguel

      Pegou ar!!!! uhahuauhahuauhahuahu

    • Ricardo Aguiar

      Perdeu completamente a compostura jovem, só pq o cara usa uma tática que não é proibida e não lhe agrada? Jordan apanho e sofre com a catimba dos Bad Boys do Pistons, hj, relembrando, foi uma das rivalidades mais memoráveis da história da NBA. E era o time todo do Pistons jogando assim, vai me dizer que Dennis Rodman, Durmans e Isaiah thomas também são uns ze ninguéns so pq usam essa tática? da um tempo cara, opinar aqui é uma coisa, agora vc taxar os outros pela opinião é outra, não sou fã do Sonnen, mas ele não fala nenhuma mentira sobre o Brasil, saia na rua de qualquer grande cidade que estará sim sujeito a ser roubado ou coisa pior. Acho válido e deixa a rivalidade bem mais interessante de ver nos jogos o trash talk

      • Ricardo Aguiar

        sofreu*

      • Ricardo Aguiar

        apanhou

      • M Dias

        Não men, não perdi a compostura não, estou totalmente tranquilo.

        E não, não acho que Thomas, Rodman e cia sejam um bando de zé ninguém, os caras tem histórias, tiveram seu reconhecimento merecidamente na liga.

        E quando comentei sobre Sonnen não me referi ao que ele disse sobre o Brasil mas ao que ele fala sobre os adversários antes das lutas, tentando algum tipo de jogo psicológico patético.

    • sebas1606

      Acho que você não tem assistido a série ou não tá prestando atenção nela.Ele é um excelente jogador que está evoluindo cada vez mais e tirando o jogo 4 dela em que teve problemas de faltas,jogou muito bem.Ele realmente faz de tudo na quadra.Arma,pontua,defende,pega rebote e chama a torcida pro jogo.

      E em nenhum momento nessa série a coisa descambou pro lado da porrada,pelo contrário.A série tem sido bem jogada e de forma leal.E em nenhum momento eu vi ele menosprezando ou desrespeitando alguém.Só vi provocações que fazem parte do esporte.Aliás,personagens como ele fazem parte do esporte e tornam tudo muito mais divertido.

      • M Dias

        Não meu caro, tenho assistido e prestado atenção, se não fosse assim não estaria aqui comentando.

        Sim, ele é um bom jogador, mas ainda não é nada na liga…

        E vc insisti em dizer que ele não menosprezou o adversário? Esqueceu o que ele disse sobre os joelhos do Wade? Isso ninguém lembra?

    • Jembous

      Não concordo com sua opinião. Quem já jogou qualquer esporte a nível profissional ou semi-profissional sabe que vale qualquer coisa pra vencer, e irritar os jogadores do time adversário entra nesse pote.
      Não creio que aqui ninguém queira ver porrada ou qualquer tipo de agressão, mas observar as reações dos grandes jogadores quando são obrigados a sair de sua zona de conforto já vale a provocação. Óbvio que o LBJ é o melhor jogador da atualidade, e até o Lance admite isso e, como competidor que sempre quer vencer que é, se sente obrigado a fazer qualquer coisa para o jogador não ter uma atuação estrondosa contra sua equipe.
      Se resume a isso, todos querem vencer, não importa como, e esse é o jeito do Lance de tentar diminuir o impacto do melhor jogador da atualidade contra seu time. Acho que esse “bom mocismo” que os atletas aparentam ser é puramente uma questão de marketing, pois todos ali são competidores ferozes e fariam de tudo para vencer.

      • M Dias

        Jembous, só penso que se um jogador quer tentar algo para vencer o adversário, que seja na bola, que treine mais, que observe mais o adversário e aprenda mais com seus erros, que jogue mais, que seja mais técnico, que fique mais horas treinando arremessos e jogadas, que evolua seu jogo, enfim é o que penso!

      • Gustavo Aded

        Tudo isso leva tempo, e até la o cara vai assitir o outro ganhar? Vai ficar olhando e falando “Vou treinar que daqui a uns 5 anos eu ganho dele”, com todo o respeito cada um joga com as armas que tem, essa pratica não é ilegal tão pouco incomum, mas são opiniões, não concordo, mas respeito sua opinião

    • Cara, vai ver os numeros dele e para de falar merda… Eu particularmente não curto jogador “sujo” mas Lance não é assim, psicológico faz parte do jogo, sempre fez… Jordan tbm fazia trash talk… Pessoal hoje em dia é muito sensível, tazeloko

  • AlexT-Wolves

    Uma vez o MJ falou q ganhou vários jogos contra o Knicks usando o Trash Talking contra o John Starks fazendo ele pensar q o jogo era 1 contra 1 e com isso ele esquecia dos companheiros e começava uma competição entre os Dois e nisso o MJ era muito melhor e assim acabava com o jogo.

    O Stephenson quer fazer a mesma coisa mas o LeBron não cai mais nessa até pq o Stephenson não consegue ganhar contra o LeBron. Quem faz isso muito bem é o Rondo principalmente contra o Heat q ele normalmente joga ainda mais.

  • Gustavo Aded

    Isso faz parte do jogo, todos que já jogaram sabe o quanto isso é comum e efetivo, o esporte em geral, ta perdendo a graça com esse “bom mocismo”. No volei um jogador não pode encarar o outro que é advertido, agora até na NBA vão crucificar quem provoca? Isso sempre existiu e sempre vai existir, e não, não está errado, pelo contrario, se você sabe que o cara é o melhor jogador da atualidade, você tem que tirar o cara da sua zona de conforto e ai entra uma forte marcação e mexer com o seu emocional.

    • M Dias

      Quer ver alguém mexendo com emocionais dos outros de forma baixa, assista BBB… La tem todo esse tipo de lixo gratuito.

      • gabriel2014

        acho que voce nunca participou de uma competição,nao é q tudo vale,mais provocação emocional tem de monte,nos nao sabemos nem de 90%do eles falam em quadra…

    • Bem nessa, vai ver vôlei se acha provoação demais…

  • sebas1606

    Sobre os joelho do Wade,quem disse que o Lance estava mentido?Todo sabem,até o próprio Wade sabe que seus joelhos não são mais os mesmo,até por isso foi sendo poupado na temporada regular.

    E isso não é menosprezo algum,em nenhum momento ele criticou o adversário dizendo que o Wade é um jogador ruim ou coisa do tipo.Ele só disse que ia tentar explorar essa fraqueza.

    E só porque o cara não ganhou muita coisa ele tem que se encolher perto dos grandes e deixar de ser ousado em suas declarações?Pelo menos pra mim,se tornar um jogador profissional numa liga tão competitiva como a NBA,titular absoluto em uma das melhores franquias da atualidade,podendo chegar as finais da NBA com destaque não só por suas palavras mas também pela bola que ele vem jogando,é sim um baita sucesso e isso o credencia a desafiar os grandes atletas da atualidade na liga.

    E que ele continue falando,jogando bem e melhorando seu basquete.Ele tá na dele,não tá xingando,menosprezando ou humilhando ninguém,muito menos saindo na porrada.Só tá tentando fazer um jogo psicológico com o adversário,algo absolutamente natural no esporte de alto nível.

    Acho muito mais agradável falar sobre o Lance Stephenson e seu trash talk do que ficar falando sobre arbitragem ou sobre o dono dos clippers(apesar do racismo merecer uma discussão mais profunda,um papo mais sério).

    Ele pode até sair eliminado hoje,jogando mal(e se jogar,vamos estar aqui para criticá-lo amanha sobre O DESEMPENHO NO JOGO) e virando motivo de piadas,mas sua presença já valeu pelo bom basquete apresentado na temporada e nos playoffs além da diversão que nos proporcionou.

  • gabriel2014

    nao gostei do titudo do post..chato??
    icone onde??

  • Eu

    ele pode ser chato mas eu to achando isso tudo muito divertido

  • levi

    Quem ta assistindo o jogo? Mermão!!!
    Kkkkkkkkk

    • M Dias

      Heat passando o trator por cima do Lance Stephenson e cia…

    • Do jeito que o jogo está daqui a pouco entra o Haslem pra dar um chega pra lá no ícone.

      • Paulo OKC

        Lance ta dando porrada até na mae

    • pedrokadf

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk fácil fácil

  • Daniel Emiliano

    Sempre fui fã da malandragem dentro de quadra.
    Odeio a bundalização, como bem dito!
    Por isso um dos meus maiores ídolos na história da NBA são Payton, KG e Bird, caras que dentro de quadra passavam muito longe de serem bons moços.

    Mas infelizmente a NBA de hoje faz de tudo pra acabar com essa graça no jogo.

    Toda vez que se fala sobre o politicamente incorreto, me vem em mente aquela multa de 50 mil e um jogo de penalização ao Rondo porque ele utilizou a Headband com o simbolo da NBA de ponta cabeça, por conta do logo em questão ser uma representação do Jerry West, ídolo do Lakers, maior rival do Celtics.

    Até hoje vejo esse ato como um dos mais imbecis ja realizados pelo escritório da NBA.

  • maia-bucks

    Stephenson ta aprendendo com o J R Smith como ser completamente louco. Faltou desamarrar o tenis de James