Vlade Divac confia no novo elenco do Kings e projeta classificação aos playoffs

Depois de mais uma temporada muito fraca, o Sacramento Kings finalmente parece ter se preparado melhor para a próxima campanha. Os reforços trazidos, entre eles o armador Rajon Rondo e o pivô Kosta Koufos, devem elevar o nível da equipe, que conseguiu apenas 29 vitórias em 2014/15. O vice-presidente de operações da franquia da Califórnia, Vlade Divac, projeta um “time vencedor” e aprova as mudanças  para a próxima campanha.

“É um desafio [ficar entre os oito primeiros no Oeste]. A decisão sobre onde podemos chegar está nas mãos dos jogadores,” afirmou Divac. “Eu realmente acredito no potencial e no talento dos nossos atletas. Se você me perguntar quais são nossas pretensões para essa temporada, eu posso responder que nós queremos ser um time vencedor. Nós vamos se classificar aos playoffs? Eu não posso afirmar isso, mas nós estamos sonhando alto.”

Saiba mais

George Karl minimiza má fama de Rondo: “Será divertido treiná-lo”
Homem forte do Kings, Vlade Divac garante: “Cousins é inegociável”
Kings acerta extensão de US$40 milhões com Rudy Gay

Rajon Rondo, reforço de maior impacto da franquia, foi elogiado pelo ex-pivô. O armador vem de temporada muito abaixo da expectativa e espera voltar à sua antiga forma no Kings. “Eu vejo Rondo como um líder, um técnico em quadra e um veterano que sabe o que precisa fazer para vencer. Ele é um jogador muito inteligente e eu estou feliz por ele ter escolhido assinar com nosso time. Ele me lembra de um tempo onde ninguém queria vir para cá e é um desafio provar que todos estão errados. Ele está nessa situação agora e eu acredito que ele irá fazer isso.”

Divac confirmou o fim da “guerra” entre o técnico George Karl e o pivô DeMarcus Cousins, melhor jogador da equipe. “Eu esperei o momento certo para reuni-los e resolver isso”, revelou. Não prestei muita atenção no que a mídia estava falando. Tudo que eu sabia era que Karl é um dos melhores técnicos e Cousins é um dos melhores jogadores da liga. Eles não tinham confiança um no outro e não conseguiam se entender. Mas agora eles entenderam que precisam trabalhar juntos e estamos todos em sintonia. Não só os dois, como o resto do elenco, os assistentes técnicos e a diretoria.

O Sacramento Kings estreia na próxima temporada contra o Los Angeles Clippers no dia 28 de outubro e irá tentar fazer uma temporada diferente das últimas, com um elenco melhorado e sem problemas entre o técnico e os jogadores.

Eduardo Ribeiro
Eduardo Ribeiro
Paulista, cursando Jornalismo e membro do Jumper desde 2015. Twitter: @Edu_Ribeiro33
  • Elvis Monteiro

    Essa enterrada do Cousins no contra-ataque em cima dos Celtics é muito foda, na boa! rs

    • Vinícius Maia

      A que ele mandou em cima do pivô do Nets? MONSTRO

    • Felipe Monteiro

      PQP!! Absurda!! O cara correu a quadra toda e atropelou que nem um trem o garrafão dos Celtics!! PQP!!

  • Vinícius Maia

    Não tem tanto a ver com o tópico, mas já que estamos falando do Kings, gostaria de deixar uma pergunta para a galera: alguém além de mim acha que o estilo de jogo do Cousins lembra um pouco o do Shaq?

    Calma, não quero dizer que Cousins, vai ser o novo Shaq, que vai ser dominante como o ex-pivô do Lakers, mas o que eu vejo de semelhança entre os dois é a capacidade de usar a força física e o corpo “avantajado” a seu favor. Muita gente desmerece o Shaq dizendo que ele não tinha técnica e só sabia usar o corpo, mas eu vejo essa capacidade de usar o corpo a seu favor como algo técnico, visto que nem todos conseguem fazer isso. Um grande exemplo é o D12 que, fisicamente, é uma aberração: um dos pivôs mais altos da liga, aparenta ser mais atlético e mais forte do que o Cousins, mas não consegue tirar vantagem disso, enquanto o Cousins usa e abusa de sua força física para dominar a área pintada, assim como Shaq fazia.

    • Dominância é um conceito muito amplo pra incluir o Cousins assim na conversa [ainda mais com ele numa geração na contramão do 1 on 1]. Mas quanto ao Shaq, eu não entendo porque as pessoas esperam que ele fosse um arremessador de meia distância como Ewing ou outro contemporanêo se Deus deu o ‘dom’ de ele ter mais de 2.10 de altura por quase 150 Kgs e ‘correr pela quadra como um ala’, então concordo com você quanto a isso.

      E eu não vejo semelhança, Cousins tem um estilo bem particular com alguns aspectos de um pivô do perfil do Shaq, mas muitas outras que só ele faz hoje: Como ser o manipulador da bola na transição [não há muitos pivôs assim – Ewing & Bill Russell talvez, mas bem singular de cada um]. E pra finalizar o Howard ele gestou muito mal a carreira dele querendo ser um ‘novo Shaquille O’Neal’ e aceitar essa comparação, porque ele é um jogador tão acima da média no Pick and Roll como DeAndre Jordan que só não entra no conceito de dominante porque ele recusa esse tipo de jogada, prefere ser alguém que ele não pode ser.

  • Eduardo Muniz

    Espero que o Kings faça uma ótima temporada! Entretanto, com Karl, Rondo e Cousins, este time é uma verdadeira bomba relógio.

  • Rodolfo Ribeiro

    Não sou torcedor, mas algo me diz que o Kings e o Pelicans vão encher o saco esse ano. Principalmente o Kings,sou muito fã desse trio Rondo, Gay e Cousins,se der liga, vai embolar mais ainda o Oeste.

    • Vinícius Maia

      O problema é “dar liga” kkkkk…Como o Eduardo disse abaixo, o time é uma verdadeira bomba relógio, é muita gente de “gênio forte” num mesmo time, mas se entrosarem, acredito que podem surpreender.

      • Rodolfo Ribeiro

        Então, algo me diz que eles vão ficar calmos essa temporada hahaha.
        Acho que o mais difícil aí vai ser convencer o Rondo jogar basquete . Ele tá parecendo o Ronaldinho…

  • D-WADE

    Esse trio Rondo-Gay-Cousins tem cara de que vai ser um trio que nao dara certo ou que vai ser MUITO forte se eles abaixarem a bolinha e pensarem em jogar basquete coletivamente. Kings tem um quinteto de respeito, se nao me falha a memoria, seria rondo-belinelli-gay-stein-cousins. Olho nesse Kings!

    • Renan Domok

      Essa dupla Gay-Cousins deve deixar muito primo fodido da vida… Ba dum tss

      • Vinícius Maia

        Chega de internet por hoje kkkkk

  • Paulinho Sérgio

    Se der liga ….

  • Michel Moral

    Com o Blazers no modo tank turbo ligado e o Mavs bastante enfraquecido, especialmente no garrafão e pelos jogadores machucados (esses dois devem cair consideravelmente), acho que Pelicans e Kings têm tudo para ir aos offs.

    Não só pela equipe que tem, mas pelos dois grandes jogadores que estão a frente da equipe, Cousins e Davis, que por sinal devem fazer temporadas fantásticas!

    É que as equipes de frente do Oeste estão muito fortes (ou ainda mais fortes) – Spurs, Warriors, Clippers, Rockets e Memphis.

    Rondo precisa voltar a jogar. Digo que essa passagem dele pelo Kings vai determinar o que será da sua carreira na NBA daqui para frente.

    • Rodolfo Ribeiro

      Como assim, pelotão de frente sem OKC? 😀

      • Michel Moral

        Sorry! OKC também. Sabia que tinha esquecido de algum time hehehehe

    • Renan Domok

      Acredito no Kings também. O time reforçou muito bem o banco, e continuou com o Collison, o que foi muito importante, na minha visão. O único jogador que eu acho que pode destoar do time é o McLemore, que ainda não engrenou. Se ele encaixar no time, vejo o Kings brigando pela ultima vaga, mas ainda considero o Pelicans acima, mesmo se não tiver o Jrue. Se ele conseguir ficar saudável, vejo dois pelotões no oeste: do 1° ao 7° muito bem definidos (GSW, SAS, OKC, LAC, HOU e MEM) e o restante brigando pela última vaga, com o Blazão tankando lindo.

  • tiago

    Será que da certo ? Esse trio promete pra essa temporada. Acho que o Kings deve se classificar para os playoffs nessa temporada, o time foi bem montado.

    • DamonHeat

      3 all star.

      • Dubnation

        so vejo 1 e um ex ai

      • kaio

        só 1 all star, 1 jogador bom (gay) , e 1 incognita muito grande por sinal kkk

      • DamonHeat

        então é 2 all star e meio.

    • Dá pra esperar uma grande temporada de Cousins novamente, será que ele pode ser o cestinha da NBA??? Pela aparência física parece ser o seu melhor ano.

      • DamonHeat

        e parece mais magro e forte fisicamente.

  • O Kings se reforçou bem pra manter sua grande estrela e inclusive está com um banco muito melhor agora, mas tenho lá minhas dúvidas se o garrafão com tantos pivôs e sem um PF de ofício (acho que só tem o Acy) vai dar certo e também tem o fator George Karl e os egos de Cousins e Rondo

  • Matheus Oliveira

    Cara, eu acredito muito nesse time mesmo com os farotes contra…
    Tem o melhor pivô da Liga atualmente, um ótimo jogador (Gay) e um cara que se jogar metade do que sabe já faz uma grande diferença !!
    Fora um Belinelli no banco que merece respeito..
    Apostaria minhas fichas como sétimo no Oeste.
    1-GSW, 2-SAS, 3-OKC, 4 Rockets 5 Clippers 6 Memphis 7 Kings 8 NOP ou MAVS

    • kaio

      para mim Cousins não é melhor q Marc Gasol na atualidade e Gay é um jogador mediano/bom ! nada demais ! Pelicans bem favorito nos offs, não vejo o Kings nem brigando por essa oitava vaga.

      • Rudy Gay é um jogador superestimado, ele está no limbo entre um bom jogador que acha que é uma estrela mas não é, acho que é um jogador que só se sai muito bem se tem um ótimo elenco em volta como tinha no Memphis, tanto em Toronto quanto no Sacramento ainda não mostrou o que pode…

    • Joseph

      1-SAS,Clippers,Rockets,OKC,GSW,Memphis,NOP,Mavs

  • Dubnation

    Rondo como um líder,?? hmm eu acho q nao ein

  • Rafael Victor

    Talvez seja legal ver o Kings nessa temporada, se engrenar pode ser mais um time que vai brigar pela oitava vaga do Oeste!

  • jc

    Acho que Sacramento, Pelicans e Utah vão brigar por duas vagas. Teoricamente, ambos estão a frente de Mavs, Suns e Lakers (que pra mim são as franquias que podem ter alguma chance).
    1) San Antonio 2) GSW 3) Los Angeles Clippers 4) OKC 5) Houston 6) Memphis 7) Pelicans 8) Kings

  • Fabrica de Vassilo

    Rondo líder ? quem o viu jogar no celtics na epoca sem big3 sabe muito bem que não