Wall questiona esforço do Wizards após 13ª derrota em 20 jogos

O armador John Wall teve uma de suas melhores atuações da carreira nesta terça-feira, quebrando sua maior marca pessoal ao anotar 52 pontos contra o Orlando Magic. A performance do astro do Washington Wizards, porém, não conseguiu evitar a derrota do time por 124 a 116. Após o duelo, o atleta deixou o discurso ponderado de lado e sugeriu que o resultado foi produto de um esforço abaixo do necessário de seus companheiros.

“Todos temos um trabalho aqui. Nosso trabalho é acordar e só jogar duro, como já fizemos antes de entrar na NBA. Competir em quadra. Isso é a coisa mais fácil que você pode fazer, vem antes de quaisquer contratos ou dinheiro. Se eu tivesse uma resposta sobre como resolver o que está acontecendo, posso garantir que nós não estaríamos nessa situação”, declarou o craque, que ainda pegou quatro rebotes e distribuiu oito assistências na partida.

Os 52 pontos anotados por Wall foram a maior marca da franquia desde fevereiro de 1968, quando o lendário Earl Monroe marcou 56 pontos em uma derrota do então ainda Baltimore Bullets para o Los Angeles Lakers. Com o resultado negativo desta terça, o Wizards passou a ter 13 reveses em 20 partidas e caiu para a 12ª posição da conferência Leste.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.