Warriors derrota Rockets e estende série invicta para 14 jogos

Houston Rockets 93 X 105 Golden State Warriors

https://www.youtube.com/watch?v=e5izuY3VLfA

A maior sequência de vitórias da história do Warriors não quer terminar. O time comandado por Steve Kerr chegou ao 14º jogo consecutivo de invencibilidade nesta quarta-feira, ao fazer valer seu mando de quadra e superar o Rockets por 105 a 93. Com o triunfo, a franquia segue com a melhor campanha da temporada: apenas duas derrotas após 21 partidas disputadas.

Mesmo sem o pivô Dwight Howard, os visitantes começaram melhor a partida e contaram com dez pontos de James Harden para fechar o primeiro período vencendo por três posses de bola. A defesa local, porém, não demoraria a se impor e o jogo mudou de cara no quarto seguinte. Mantendo o adversário sem pontuar por mais de seis minutos, o Warriors reagiu e chegou a tomar a liderança. No intervalo, o duelo estava empatado em 46 pontos.

Os donos da casa voltaram dos vestiários em melhor ritmo e, embora sem abrir vantagem, se mantiveram a frente por boa parte do terceiro período. No entanto, os texanos tomaram mais uma vez o comando do marcador com uma série de cestas nos dois minutos finais do quarto. Assim, a partida seguiu até a metade do último período.

Com seis minutos para o fim da partida, o Rockets ainda liderava por três pontos após cesta de Harden. Então, como aconteceu no segundo quarto, a defesa de Oakland entrou em ação para transformar um duelo equilibrado em uma vitória tranquila. O time marcou 17 pontos nos quatro minutos que vieram e “segurou” o adversário a apenas dois, construindo sua primeira diferença de dígitos duplos da noite para não ser mais incomodado.

O Warriors tenta elevar sua sequência de vitórias para 15 partidas no próximo sábado, quando visita o Dallas Mavericks. O Rockets já entrará em quadra nesta quinta, em Sacramento, contra o Kings.

Destaques

Houston

James Harden: 34 pontos, oito rebotes, quatro assistências e quatro roubos de bola
Donatas Motiejunas: 18 pontos e seis rebotes
Trevor Ariza: 18 pontos (4-12 3pt.) e seis rebotes
Patrick Beverley: 12 pontos, seis rebotes e cinco assistências

Golden State

Klay Thompson: 21 pontos
Stephen Curry: 20 pontos, sete rebotes e sete assistências
Harrison Barnes: 20 pontos e sete rebotes
Marreese Speights: 15 pontos e oito rebotes em 20 minutos
Draymond Green: 11 pontos, oito rebotes e quatro roubos de bola

 

New Orleans Pelicans 107 X 112 Dallas Mavericks

https://www.youtube.com/watch?v=1gdKwouDS-c

– Sétimo da conferência Oeste, o Mavericks acumula agora 17 vitórias em 24 jogos.

– Após estar perdendo por dígitos duplos já no primeiro período, o Pelicans reagiu e chegou ao minuto final apenas dois pontos atrás. Monta Ellis assegurou o triunfo dos donos da casa com seis pontos consecutivos nos últimos 58 segundos de ação.

– Treze dos 26 pontos convertidos por Ellis – que atuou com dores no cotovelo – aconteceram nos cinco minutos derradeiros.

Destaques

New Orleans

Anthony Davis: 31 pontos e 11 rebotes
Jrue Holiday: 30 pontos e dez assistências
Ryan Anderson: 13 pontos e cinco rebotes

Dallas

Monta Ellis: 26 pontos e cinco assistências
Dirk Nowitzki: 20 pontos e seis rebotes
Devin Harris: 20 pontos em 26 minutos
Chandler Parsons: 20 pontos (8-13 FG)

 

Portland Trail Blazers 82 X 90 Minnesota Timberwolves

https://www.youtube.com/watch?v=42OzKcFfgxU

Destaques

Portland

Damian Lillard: 23 pontos, sete rebotes e cinco assistências
Wesley Matthews: 18 pontos
LaMarcus Aldridge: dez pontos (3-14 FG), nove rebotes e cinco erros de ataque

Minnesota

Andrew Wiggins: 23 pontos e dez rebotes
Corey Brewer: 19 pontos, oito rebotes, cinco assistências e cinco roubos de bola
Thaddeus Young: 13 pontos e cinco rebotes
Shabazz Muhammad: 11 pontos e seis rebotes
Zach LaVine: dez pontos, cinco assistências e cinco erros de ataque

 

New York Knicks 95 X 109 San Antonio Spurs

https://www.youtube.com/watch?v=sKL0-WKJIIM

Destaques

New York

Tim Hardaway Jr.: 23 pontos
Jason Smith: 14 pontos
Cole Aldrich: dez pontos e cinco rebotes

San Antonio

Marco Belinelli: 22 pontos
Danny Green: 13 pontos
Boris Diaw: 12 pontos
Jeff Ayres: 11 pontos e seis rebotes
Aron Baynes: dez pontos e cinco rebotes

 

Miami Heat 82 X 102 Denver Nuggets

https://www.youtube.com/watch?v=0fTBtHGmRr0

Destaques

Miami

Chris Bosh: 14 pontos
Luol Deng: 12 pontos
Mario Chalmers: 11 pontos em 15 minutos
Dwyane Wade: dez pontos e cinco assistências

Denver

Wilson Chandler: 17 pontos e oito rebotes
Arron Afflalo: 16 pontos
Kenneth Faried: 13 pontos e oito rebotes
Erick Green: 11 pontos
Ty Lawson: dez pontos e nove assistências

 

PRIMEIRA PARTE DA RODADA: Bradley Beal garante 15ª vitória do Wizards no estouro do cronômetro

 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Jefferson Cavalcanti

    Não sei pq metem o pau no Holiday, o cara joga muito… o “problema” é que a liga tem uns 15 armadores muito, mas muito bom, por isso ele não é tão aclamado.

    • Michel Moral

      Acho normal ele oscilar nesse começo, já que vem de uma lesão grave. Mas vale lembrar que ele é jogador all star!

      Não acho justo tecer críticas a ele, pois o Pelicans só tem dois jogadores – Holiday e Davis.

      • Ser all star no Leste nao é la grande coisa pois sempre tem um jogador abaixo do esperado de um all star… No Leste eu vi:

        Rasheed Wallace (all star em 2007-2008) com 12.7 pontos, 43.2% FG, 6.6 Ressaltos/rebotes, 1.8 assistências, 1.7 tocos, 1.2 roubos de bola

        Jameer Nelson (all star em 2008-2009) com 16.7 pontos, 50.3% FG, 3.5 Ressaltos/rebotes, 5.4 assistências, 1.7 tocos, 1.2 roubos de bola

        Al Horford (all star em 2009-2010) com 14.2 pontos, 55.1% FG, 9.9 Ressaltos/rebotes, 2.3 assistências, 1.1 tocos, 0.7 roubos de bola

        Kevin Garnett (all star em 2010-2011) com 14.9 pontos, 52.8% FG, 8.9 Ressaltos/rebotes, 2.4 assistências, 0.8 tocos, 1.3 roubos de bola

        Luol Deng (all star em 2011-2012) com 15.3 pontos, 41.2% FG, 6.5 Ressaltos/rebotes, 2.4 assistências, 0.7 tocos, 1.0 roubos de bola

        Roy Hibbert ser all star 2 vezes
        Tyson Chandler
        Joakim Noahn ser all star 2 vezes
        Joe Johnson no ano passado

      • Enquanto isso no Oeste temos jogadores nao sendo all star com estaticistas… alguns exemplos:

        Goran Dragic (2013-2014) com 20.3 pontos, 50.5% FG, 3.2 Ressaltos/rebotes, 5.9 assistências, 0.3 tocos, 1.4 roubos de bola

        DeMarcus Cousins (2013-2014) com 22.7 pontos, 49.6% FG, 11.7 Ressaltos/rebotes, 2.9 assistências, 1.3 tocos, 1.5 roubos de bola

        Monta Ellis & David Lee (2013-2014)

        • Michel Moral

          Cara, desculpe, mas ainda assim Holiday foi all star e isso não tem como ignorar. Diferentemente dos que você citou, insinuando o baixo nível, o ex-armador do Sixers foi selecionado de forma incontestável, anotando 17 pts, 8 assist e quase 2 steals por jogo. Essas médias são parecidas com as que teve CP3 naquele ano, por exemplo, já que estamos tratando de números.

          De fato a conferência oeste é mais forte, mas isso não exclui o talento de vários jogadores que jogam do lado de lá da conferência.

          Holiday não é top5 na liga mesmo. Embora você coloque isso como um demérito, segundo seu comentário, eu vejo com bons olhos, já que a NBA tem uma variedade boa de armadores na atualidade (diferentemente de pivôs).

          Holiday, se recuperar a plenitude da forma, o que é difícil mas não impossível, chegaria no nível de um Goran Dragic ao meu ver.

          Claro que os tempos são outros e a grande maioria das pessoas vê o presente e como quer ver, mas ignorar a qualidade de Holiday depois do que ele fez no Sixers é algo não muito sábio, na minha opinião.

        • Michel Moral

          E outra, cara, a escolha dos all star é feita com base no campeonato que o cara faz, pelos números e tal, mas também pela importância do jogador no seu time. Holiday era fundamental.

    • Caseh

      Não questiono o potencial já mostrado pelo Holiday, mas no Pelicans ele não tem feito jus a isso, com muitos jogos irregulares e decisões precipitadas em momentos decisivos. Deu sorte de, no jogo da ESPN, ter tido uma excepcional bela atuação.

    • Lucas Ottoni

      Ótimo finalizador de jogadas. Mas péssimo armador. Se você ver um jogo do Pelicans, você terá a impressão de que não há um armador em quadra. São dois combo-guards finalizadores (Holiday e Evans) buscando bater pra cesta e arremessar, passando a bola em último caso. O Pelicans é um time sem armador. Literalmente sem armador. Por isso, é um time tão desorganizado no ataque. Falta um QI pra organizar a coisa, algo que o Holiday (apesar do talento ofensivo e defensivo) não tem.

  • Michel Moral

    1º – Ellis é definitivamente um all star! Joga fácil.

    2º – Popovich é FODA! Nos jogos mais tranquilos, como o de ontem contra o Knicks, ele descansa os titulares e coloca o banco para ganhar ritmo. Por isso o Spurs está sempre afiado. Mesmo sem um ou dois jogadores, o time sempre fica forte.

    3º – Não sei se o Warriors irá longe nos playoffs. O que se vê normalmente é que as equipes que vêm ganhando força e chegam como “a sensação da liga”, dificilmente passam das semis e morrem na praia. Porém, uma coisa é fato: eu aposto que eles farão a melhor campanha da temporada regular e Curry deve sim ser o MVP!

    4º – O oeste está perigoso. O que vai ter de time brigando no final da temporada por posição na dianteira não é brincadeira. Imagino a correria de alguns times para não pegar OKC na primeira rodada (que deve ficar com uma das últimas vagas)

  • Fernando

    Popovich e ellis, dois monstros. Acho que o jogador jogou com o ombro zuado, o que torna a atuação dele ainda mais impressionante. O técnico dispensa comentários, para mim o melhor pós mestre zen, fora o show de patadas nas entrevistas!

  • dumz

    Falei ontem sobre os cocbilos do Portland …. perder para o jovem Minnesota não me parece salutar numa briga tão feroz pelas primeiras colocações do Oeste.

  • Uncle Drew

    E a briga entre o Tim Hardaway Jr. e o Carmelo Anthony? Rapaz… disseram q teve até troca de socos entre os dois!!! Hardaway e alguns outros da equipe alegam q Melo ñ está jogando pro time, tá mt fominha e só defende bem quando quer.

    • Thiago Dias

      Ih rapaz… n vi isso!!

    • joaospurs

      Oloko, quando aconteceu isso?

    • Michel Moral

      Eu aceitaria a proposta de Melo – tirá-lo da temporada para aprimorar a parte física.

      Ele não vai resolver nada e está impedindo o desenvolvimento do time. Mais do que ganhar, o Knicks precisava de um momento de paz. Vejo que com Melo lá um monte de gente fica opinando, querendo por o dedo e ele é facilmente influenciado por isso.

      O Knicks tem que tankar.

      Deixa Amare (que está evoluindo muito) assumir a liderança, o Hardaway Jr ter a bola nas mãos e ver o que acontece. Feitas as análises dispensa quem tiver que dispensar e com o tank ainda pode sobrar uma boa no draft.

      Phill Jackson tem que se posicionar nesse momento. Até onde eu sei, ele tirou e colocou quem ele quis em NY. Então, a responsabilidade é também dele.

  • Thiago Dias

    Olavo… me conta o que aconteceu ontem em Minnesota? Pq o Lillard chutou 2/12 de três??? Lamarcus zerado no 1º tempo? Batum 1/5 de três… que jogo tenebroso…

  • Murilo Moore

    Confronto duro do Warriors no sábado! Vamos ver se a invencibilidade vai resistir…

  • AlexT-Wolves

    Caramba o Wolves conseguiu ganhar do Portland KKKKKKKKK O LaMarcão foi muito bem marcado e quando esteve sozinho fazia erros não comum. No Wolves o Wiggins voltou a Jogar bem, ele tinha feitos umas 3 patidas fracas e agora voltou a crescer. E essa deve ser á 1° desde que o KG saiu que o Wolves ganha um jogo na defesa.

    E o Warriors tá demais, O Curry vem arremessando menos que outros jogadores e mesmo assim tá ganhando, fico só imaginando quando ele estiver OnFire.

  • gabrielnba

    Primeiro, esse Warriors tá demais, mas sei não se nos playoffs vai continuar assim, mas hoje é a melhor equipe, sempre jogando bem, e ainda sem David Lee.

    Já o Heat, começou bem e no 2:tempo dormiu, a coisa tá feia,rsrs

  • DirkMito

    Eu achei que o Dallas não fez uma boa partida, apesar que tambem foi merito dos Pelicans que fizeram um bom jogo. Falando individualmente dos Mavs: Barea terrivelmente terrivel, partida tenebrosa do armador, Parsons com mais uma bela partida pontuando bem com um aproveitamento satisfatorio, Dirk sendo dirk fazendo o dele, Tyson Chandler caiu um pouco de produção nesses ultimos 4 jogos, Harris e Aminu vindo bem do banco e mais uma vez MONTA ELLIS decidindo a parada, mesmo jogando com o ombro fudido o cara foi la e decidiu, quem viu o jogo sabe que o ultimo quarto dele foi algo espetacular, ele fez tudo parecer facil, volto a comentar que ele vive um momento especial e se fosse 50% protegido como é o James Harden faria 30 pontos por jogo facil facil, pq o mlk apanha e não pra linha do lance livre nunca, e brincadeira viu e na minha opiniao com clubismo e claro, ele tem tudo para ser um All Star, fantastico Monta Ellis. Agora uma observação todo armador que joga contra o Dallas faz mais de 25 pontos, so pode ser piada, armação do Dallas ta terrivel.

    Go Mavs

    • More

      Foi uma partida bem estranha mesmo, mas teve seu lado bom. O que eu gostei é que em alguns momentos o Rick usou mesmo o sistema de combo guard, então pudemos jogar com 2 SFs, o que naturalmente melhora a defesa. O problema é que combo guard é uma coisa complexa e claramente mostrou imperfeições, mas nada que não possa ser corrigido com o tempo.
      Eu só espero que o Rick tenha optado por esse sistema de jogo porque está disposto a fazer mudanças, e não porque o Nelson está lesionado.
      No mais, o Nelson fez falta apesar de tudo (Ellis jogou 38min), o Parsons e Ellis jogaram com dores e Dirk aparenta não estar bem, então merecem um desconto e o Barea tem que vir do banco mesmo….

  • Pedrao – Heat

    Que segundo tempo tenebroso de Miami, ofensivamente e defensivamente. Não dá pra entender o que o Spoelstra quer fazer, ele vinha usando Napier e Ennis ativamente nas rotações, nos dois últimos jogos praticamente deixou os moleques de fora, colocando Granger (ex jogador em atividade) pra jogar. Já ta na hora de deixar o Napier uns 30 min por jogo, vai fazer algumas merdas, mas os nossos dois armadores cabeças de bagre também fazem toda hora, e o Napier é mais talentoso e tem mais possibilidade de evoluir. Wade e Bosh muito mal no jogo, quando isso acontece, a derrota é quase certa.

    Let’s go Heat

  • Caseh

    O Pop poupou quase todo o time titular (só Green jogou), e ainda assim ganhou com tranquilidade. Demais!

  • K bay

    Torcer pra time do pacífico é foda, por isso… 1:30 da manha começou o jogo! Bem, jogo truncado… Barba maldita mitando, mas os Dubs tão impossiveis! Steph, Klay mt regulares… Todo jogo é 20+! (Apesar do 1/8 3-pt do klay). Mo bckts sempre pontuando vindo do banco, tr3ymond green atuando mais inside e fazendo o jogo sujo. Barnes scorer ontem… Enfim, time ta impondo seu jogo perante os adversarios! #LetsGoWarriors

  • André Fagundes

    Brewer se valorizou depois de ontem !! Grande e inesperada vitória.

  • SpursSoares

    Acho o momento do Jabari melhor, mas o Wiggins tem tudo pra ser um grande jogador!!!

  • Wolves fez a coisa que mais incomoda o Blazers : Jogar físico na defesa . LMA nem pegava a bola direito , e já vinha a marcação dupla . O time tentava infiltrar , e o Wolves marcavam pesado . O único ponto falho nesse tipo de marcação , é que deixa com que o Blazers fique com uma certa liberdade pro arremesso de 3 , mas o time surpreendentemente não acertava nada . Paciência , acontece . O problema é que não é de hoje que isso vem acontecendo isso . O Blazers parece que só gosta de jogar contra times que são melhores que eles , ou no mesmo nível . Gostam de serem desrespeitados , colocados com as costas pra parede . Quando eles jogam com confiança de que são superiores , da nisso . Muitos TO e jogadas estúpidas .

    Mas enfim , parabéns ao Wolves , que jogaram muito ontem .

  • Luiz Henrique Santos

    Pqp! Ellis Clutch demais, que último quarto fantástico… E o Parsons tá começando a se soltar no Mavs, já do outro lado Holiday e Davis Mitando!! Juntos conseguiram um TD com 61 pontos 11 Rebotes e 10 Assistências.

  • André Fagundes

    Wilson Chandler vem jogando muito faz duas semanas. Pena que o Denver é irregular.

  • Junior Andrade

    Vamos ter mais um Brasileiro campeão esse ano.
    Splitter, Leandro Barbosa, Varejão e Nenê (porque não os Wizards?)