Warriors enfrenta desgaste e pressão na busca por quarto título em cinco anos

A sabedoria popular diz que o mais difícil nos esportes não é chegar ao topo, mas permanecer lá. O Golden State Warriors experimenta essa máxima na prática, dentro de quadra e dia-a-dia de um elenco pressionado pelas expectativas. Após conquistar três títulos da NBA nos últimos quatro anos, o time já percebeu que nada torna-se mais fácil com o passar do tempo. Pelo contrário.

“Essa jornada é exaustiva. Sinceramente, eu não sei o motivo de ser tão dura e cansativa. Mas, o que quer que seja, é por isso que não existem tantas grandes equipes na história e vários jogadores não alcançam a grandeza que poderiam”, contou o ala-pivô Draymond Green, ao ser questionado sobre a manutenção do sucesso ano após ano, em entrevista à ESPN.

Apesar dos anéis de campeão, essa será a terceira temporada seguida em que o Warriors ganhará menos partidas do que na campanha anterior. A franquia ainda vai terminar o ano com o melhor recorde do Oeste, mas teve uma trajetória com derrotas feias e até problemas internos. Um exemplo dos “dias ruins” do time foi o revés por 35 pontos de diferença, em casa, para o Dallas Mavericks.

“Se nós tivéssemos uma performance como essa há quatro anos, ninguém estaria se importando fora do nosso vestiário. Mas, agora, é uma grande história e temos que responder várias questões sobre uma derrota assim. Trata-se da expectativa que criamos para nós mesmos – e, por mais que tentemos esquecer, isso sempre fica em nossa cabeça”, relatou o armador Stephen Curry.

A reunião de astros, atenção da mídia e títulos criaram um ambiente de caça ao Warriors ao redor da liga e qualquer desvio de foco por parte dos campeões tem sido castigado pelos oponentes. Todos querem aproveitar o momento instável e tirar uma “casquinha”. Os fãs, analistas e quem torce contra não aceitam, ao mesmo tempo, menos do que mais e melhor do que antes.

“É muito difícil manter o nível de jogo e você sempre enfrentará o melhor esforço dos adversários. Aí, quando algo dá errado, a imprensa e os torcedores não vão pegar leve com críticas. Eles te destroem mesmo. A pressão para ser grandioso existe em cada noite que se entra em quadra e, por mais que isso seja um combustível, também vai te exaurindo”, descreveu Curry.

O Warriors sabe os playoffs exigirão mais do que o modo “piloto automático” com que a equipe encarou a temporada regular. É preciso “virar a chave”, ignorar a pressão e superar o desgaste. Muita coisa, mas nada que preocupe o treinador Steve Kerr. “Eu já vi o que esse grupo é capaz de fazer ano após ano e, por isso, sei que estarão prontos quando a hora da verdade chegar”, garantiu o técnico.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Igor Neves

    Esse é a grande dificuldade de se manter no topo, mesmo que vc sempre seja competitivo, sempre vão ter inúmeros prontos pra te derrubar. GSW já deve estar acostumado, mas é isso que trás um pouco de esperança que os offs sejam bons e competitivos.

  • djwhites

    Não vejo ninguém no oeste com força pra levar o gsw a 7 jogos igual Houston levou ano passado…..em compensação na final vao ter mais dificuldade do que tiveram com o cavs nos últimos 2 anos…..Bucks ou Toronto vão dar trabalho mas ainda acho que o tri do Warriors vem…….

  • M.

    Mas isso é esperado, os adversários jogam com mais vontade quando enfrentam o Warriors, porque uma vitória pode dar moral, os jornalistas dizem abobrinhas atrás de abobrinhas, e os torcedores adversários querem ver a derrota. Isso acontece com qualquer equipe que dominar a NBA, hoje é o Warriors, amanhã será outro.
    Mas pelo que vejo, o GSW blinda isso, e pelo que sei, nos offs, os jogadores não entram ou entram bem pouco nas redes sociais, e não postam nada, até porque tem que estar 100% focado, e perder tempo olhando as asneiras que Kellerman, Smith e Barkley falam, não vale a pena.
    Como meses atrás o Durant disse, falem sobre basquete, mas os jornalistas gostam mesmo de falar de intrigas, que jogador X vai para franquia Y, se fala muito menos de como foi a vitória ou derrota da equipe, sobre a estratégia adotada e muito mais sobre especulação, então, quanto menos os jogadores terem acesso a esse monte de merda que esses jornalistas inventam a cada vídeo, melhor para a equipe.
    Só um exemplo, nesses dias o Kellerman disse que para ele já é consenso que o Giannis será melhor que Durant e Curry na NBA Finals. Como alguém me diz isso? Disse de alguém que não chegou até lá, e desmerecendo 2 jogadores.

  • Lembro de declarações semelhantes de LBJ e Wade em 2013.

    • Vinícius Maia

      Jordan também já falou sobre isso na época que jogava. Ele disse a, agora batida, frase que mais difícil que chegar no topo é permanecer. Aliás, pelo que Jordan já falou, imagino que esse desgaste também influenciou na sua primeira e precoce aposentadoria. Para alguns pode parecer besteira, mas para um atleta que, no estágio em que Jordan se encontrava, já não tinha nada para provar para ninguém, ter que lidar com a cobrança e a expectativa de novos espetáculos a cada vez que pisa na quadra, deve gerar um nível absurdo de estresse. Imagino que em algum momento, deve bater um pensamento do tipo “ja ganhei títulos, quebrei recordes pessoais e recordes históricos da liga. Porque eu tenho que continuar suportando toda essa cobrança sendo que já não tenho mais nada para provar?”

  • MarcoLakers

    Povo não aprende.
    GSW deixou no neutro, qnd os offs começarem engatam a primeira, segunda e terceira até as finais de conferências…. a partir daí o KD começa a jogar a sério e acaba.

    Sem chances deles perderem.

  • Danilo Celtics #Banner18

    vao amassar todo mundo , no final temos q agradecer o lebron james pq se n fosse por ele iriamos ver esse time ganhando 4 titulos seguidos!

    • Fora Abel PRAGA

      Com esse ano seriam 5 seguidos.

      • Danilo Celtics #Banner18

        ta sabendo legal fazer conta em?

      • Danilo Celtics #Banner18

        verdade esqueci de 2015 kkkkkk

      • Elton Miranda

        Sem kd dúvido que teriam ganho 5 seguidas

    • Rafael L

      Pelo contrário, se n fosse o lebron ter dado aquela virada e traumatizado o gsw, o time n teria contratado o durant e esses 3 titulos seguidos com o desse ano m teriam acontecido

      • Elton Miranda

        concordo,

  • RSMC

    Campanhas contra os adversários do Oeste:

    GSW 3×1 Denver
    GSW 1×3 Houston
    GSW 2×2 Portland
    GSW 2×1 Utah
    GSW 2×1 Thunder
    GSW 1×2 Spurs
    GSW 3×1 Clippers

    • Vinícius Maia

      Numa final de conferência, só vejo o Houston capaz de arrancar algumas vitórias, mas ainda assim, o gsw deve passar.

      • Marcio

        Também acho e se joga completinho, pois tem CP3 costuma se machuca na hora da decisão!

        • Rafael L

          Cp3 esse ano tá um cocô

      • Anderson M. Santos

        Eu concordo com você, o problema de Houston é se a bola de 3 não cair, ano passado foi assim, ok não tinham o CP3, se o quinteto titular todo pontuar dá uma briga boa, agora se somente o Barba fizem 50+ pontos, e Eric Gordon (gosto desse cara jogando), Capella e Tucker não contribuírem com pontuações razoáveis, a história se repetirá!

    • Lebronson

      Torço pra pegarem spurs logo de cara pra tomarem uma canseira

  • Não sei se é uma comparação infeliz por conta das diferenças gigantescas entre os esportes, mas a consistência de Messi e CR7 é o pedigree da genialidade deles. Manter-se em alto nível E ganhando é algo que beira a impossibilidade.

    • Rafael L

      Com certeza!! Ngm nunca chegou na casa dos 30 anos jogando exatamente com a msm capacidade de qd tinha 20 igual a messi e ronaldo