Jumper Brasil segue com uma pergunta para você: quem são os melhores jogadores da NBA abaixo dos 25 anos de idade? É isso que estamos tentando descobrir ao longo dessa semana. 

Nossa equipe e alguns dos principais analistas do país foram chamados pelo site para votarem sobre o tema, escolherem quem são os melhores atletas jovens da liga em listas particulares e intransferíveis. A intenção é formar um prisma de opiniões que reflita diferentes visões sobre o basquete e produção de conteúdo. 

  

  

  

Princípios da votação 

A votação foi realizada com 20 votantes que tiveram que responder a seguinte questão: quem são os 25 melhores jogadores abaixo de 25 anos de idade na NBA atual? Exigimos como resposta de cada consultado um ranking simples com 25 atletas, sem empates em posição.  

A pontuação seguiu a ordem inversa do ranking: o 25o colocado recebe um ponto, a 24a colocação rende dois pontos e assim sucessivamente até o primeiro lugar, que ganha 25 pontos. Dessa forma, um jogador que tenha a melhor avaliação possível poderá alcançar máximo de 500 pontos.  

 

Quem foram os votantes? 

Vinte votantes, como citado, foram consultados pelo Jumper Brasil na confecção dessa lista dos 25 melhores jogadores abaixo de 25 anos da NBA. A lista é composta por integrantes e parceiros do site, comentaristas e produtores de conteúdo sobre a liga nas redes sociais brasileiras. Confira quem foram os consultados: 

  

Amassando o Aro (voto de consenso da equipe)
André Mori (Basquete FM)
André Rocha (Podcast Basqueteiros)
Antonio Gomes (Jumper Brasil)
Daniel Ávila (Blog Turnover)
Esther Ribani (Área Restritiva)
Guilherme Campos (Podcast Splash Brothers)
Gustavo Freitas (Jumper Brasil)
Gustavo Lima (Jumper Brasil)
Heitor Facini (Buzzer Beater)
Janeiva Lisboa (Menina NBA)
Leonardo Paglioni (Podcast Splash Brothers)
Lucas Torres (Central do Draft)
Matheus Gonzaga (Layups & Threes)
Ricardo Romanelli (Basquete FM)
Ricardo Stabolito Junior (Jumper Brasil)
Samir Mello (Metrópoles)
Victor Linjardi (Jumper Brasil)
Vitor Camargo (UOL)
Willian Wallace (Coast to Coast Brasil)  

  

Regras de elegibilidade e votação 

Obviamente, a votação teve regras específicas quanto à elegibilidade de jogadores e o formato de ranqueamento. Estão listadas a seguir as quatro normas mais importantes estabelecidas para a formação dos 25 melhores jogadores abaixo de 25 anos da NBA: 

– Os jogadores elegíveis precisavam ter máximo de 24 anos e 364 dias de idade até o dia 02 de agosto de 2021, virada do ano fiscal da NBA; 

– Os votantes foram instruídos a considerar a produção atual do jogador, não o seu talento percebido ou produção projetado no futuro; 

– Calouros na próxima temporada e jogadores que ainda não entraram em quadra na liga não são elegíveis; 

– Em caso de empate na votação, o critério de desempate é o maior posicionamento em um dos rankings individuais conquistado pelo jogador.  

  

Quer dar uma olhada novamente na primeira parte do nosso ranking? É só clicar nesse link. E, então, vamos para a segunda parte da lista dos 25 melhores jogadores da NBA abaixo de 25 anos do Jumper Brasil – edição 2021: 

  

boletim mercado rumores nba

Jason Miller/AFP

20. Collin Sexton (armador, Cleveland Cavaliers) – 93 pontos

Estatísticas 2020-21
35.3 minutos, 24.3 pontos (47.5% FG), 3.1 rebotes, 4.4 assistências e 1.0 roubos de bola em 60 partidas 

Melhores posições 
14 (Victor Linjardi)
17 (André Rocha e Ricardo Stabolito) 

Piores posições
Não ranqueado (Daniel Avila, Heitor Facini e Vitor Camargo) 

O que temos a dizer
Agressividade sempre foi o nome do jogo para Sexton. Mas, em suas três temporadas na NBA, ele mostrou satisfatória evolução deixando de ser só um infiltrador em volume para virar um esboço bem otimista de ameaça tripla. Enquanto esteve entre os dez jogadores com mais drives por partida (ataque à cesta) da temporada passada, o armador também converteu 38.5% de suas quase quatro tentativas para três pontos na carreira e anotou sua maior média de assistências na NBA na última campanha (4.4). 

Uma estatística interessante
Os números de assistências de Sexton estão melhores, mas permanecem tímidos. E isso passa por ainda não ser um passador natural. Entre os 40 atletas com maior média de drives por jogo na última temporada, apenas três tiveram menor proporção de passes decisivos criados a partir deles: John Wall, Bradley Beal e Zion Williamson.  

  

Lonzo Ball saída Pelicans

Glenn James/AFP

19. Lonzo Ball (armador, Chicago Bulls) – 96 pontos

Estatísticas 2020-21
31.8 minutos, 14.6 pontos (37.8% 3pt), 4.8 rebotes, 5.7 assistências e 1.5 roubos de bola em 55 partidas 

Melhores posições 
16 (Matheus Gonzaga)
17 (Janeiva Lisboa)
18 (André Mori, André Rocha, Daniel Avila e Gustavo Lima) 

Piores posições
Não ranqueado (Antonio Gomes)
25 (Lucas Torres)
24 (Vitor Camargo e Esther Ribani) 

O que temos a dizer
A trajetória de Lonzo Ball de “patinho feio” para jogador de US$21 milhões por ano é uma transformação interessante. O garoto chegou à NBA como um armador puro e, de certa forma, virou o total contrário: hoje, é o atleta da posição ideal para atuar ao lado de alas e pivôs que jogam com a bola nas mãos. Sua estatura traz ampla versatilidade posicional na defesa, passou a arremessar bolas de três pontos sem qualquer hesitação e sempre acelera o ritmo quando fica com a função de iniciar o ataque. 

Uma estatística interessante
Lonzo foi o 94o jogador com maior média de arremessos de três pontos tentados em situações de catch and shoot (3.2) na temporada 2018-19, acertando apenas 31.8% deles. Na campanha passada, ele passou a ser o sétimo atleta com mais chutes por partida (5.9) e converteu 40.2% dessas tentativas.   

  

anthony edwards novato ano

David Sherman/AFP

18. Anthony Edwards (ala-armador, Minnesota Timberwolves) – 103 pontos

Estatísticas 2020-21
32.1 minutos, 19.3 pontos (41.7% FG), 4.7 rebotes, 2.9 assistências e 1.1 roubos de bola em 72 partidas 

Melhores posições 
15 (Guilherme Campos)
17 (Daniel Avila, Matheus Gonzaga e Willian Wallace) 

Piores posições
Não ranqueado (Janeiva Lisboa, Lucas Torres, Samir Mello, Victor Linjardi e Vitor Camargo) 

O que temos a dizer
Você pode ensinar o jogo, mas não pode ensinar atributos físico-atléticos. O mantra dos defensores dos jovens pivôs pode resumir a temporada de calouro de Edwards. O início da campanha foi complicado, mas, a partir da segunda metade do calendário, o calouro simplesmente entendeu o que estava acontecendo e explodiu. Com confiança, ele é um monstro: combinação de força, mudança de direção e velocidade injusta, que provocou vários pôsteres. Já foi imparável como novato quando estava acertando a bola de três. 

Uma estatística interessante
Edwards terminou o mês de abril na última temporada com 21.6 pontos por partida e 44 cestas de longa distância convertidas no período. Esse é o novo recorde de arremessos de três pontos acertados por um calouro em um único mês na NBA, quebrando a marca que havia sido estabelecida por Landry Shamet em março de 2019 (43).

  

porter curry treinos evolução

Garrett Ellwood / AFP

17. Michael Porter Jr. (ala, Denver Nuggets) – 160 pontos

Estatísticas 2020-21
31.3 minutos, 19.0 pontos (44.5% 3pt.), 7.3 rebotes, 1.1 assistências e 0.9 tocos em 61 partidas 

Melhores posições 
12 (Ricardo Romanelli)
14 (André Rocha)
15 (André Mori, Antonio Gomes e Matheus Gonzaga) 

Piores posições
Não ranqueado (Janeiva Lisboa)
23 (Daniel Avila e Lucas Torres) 

O que temos a dizer
Porter teve uma temporada surreal arremessando enquanto tentava suprir a ausência de Jamal Murray. Seu aproveitamento foi impressionante, mostrando combo de estatura e criação de arremesso só claramente superada por Kevin Durant. Isso é fantástico. É uma pena, então, o que vimos nos playoffs: o ala lembrou-nos quão pouco dinâmico pode ser quando não está envolvido ofensivamente. Ele desapareceu em quadra na série contra o Phoenix Suns e foi um alvo defensivo nos playoffs inteiros. Dá para ser melhor.        

Uma estatística interessante
Além de Porter, só outros oito jogadores na NBA converteram mínimo de 50% dos seus arremessos de quadra e 40% das bolas de três pontos na temporada passada: Joe Harris, Bobby Portis, Kevin Durant, Mikal Bridges, Zach LaVine, Jalen Brunson, Kyrie Irving e Miles Bridges.  

  

melhores jogadores anos nba

AFP

 16. LaMelo Ball (armador, Charlotte Hornets) – 193 pontos 

Estatísticas 2020-21
28.8 minutos, 15.7 pontos (43.6% FG), 5.9 rebotes, 6.1 assistências e 1.6 roubos de bola em 51 partidas 

Melhores posições 
10 (Guilherme Campos e Samir Mello)
12 (Antonio Gomes e Heitor Facini) 

Piores posições
Não ranqueado (Janeiva Lisboa)
21 (Matheus Gonzaga)
20 (Vitor Camargo) 

O que temos a dizer
Inconsequente. Essa foi a palavra que eu mesmo utilizei para definir o estilo de jogo de LaMelo antes do draft do ano passado. Foi surpreendente, por isso, ver o seu basquete sóbrio como calouro na NBA: cortou arremessos precipitados de longo alcance, somou menos erros de ataque do que imaginava e injetou vida no ataque do Hornets. Levou a titularidade com justiça porque traz algo diferente a um time com armadores que não são criadores natos para outros. Ele faz o coletivo funcionar e todo mundo jogar. 

Uma estatística interessante
O Hornets teve os seus melhores momentos na temporada quando jogou em um ritmo mais rápido e com formações mais leves. E ninguém fez essa equipe tão veloz quanto LaMelo. Enquanto o novato esteve em quadra, o time acumulou 103.35 posses a cada 100 posses de bola – maior índice disparado do elenco de Charlotte. 

  

 

  

Como está o ranking até agora 

O ranking já teve, além dos cinco atletas divulgados hoje, outros cinco jogadores que já haviam sido informados e 15 atletas que foram citados pelos votantes e não conseguiram lugar entre os 25 selecionados. Tudo o que já foi divulgado de nossa lista está a seguir: 

16. LaMelo Ball (Hornets, 193 pontos)
17. Michael Porter Jr. (Nuggets, 160 pontos)
18. Anthony Edwards (Timberwolves, 103 pontos)
19. Lonzo Ball (Bulls, 96 pontos)
20. Collin Sexton (Cavaliers, 93 pontos)
21. Mikal Bridges (Suns, 83 pontos)
22. R.J. Barrett (Knicks, 81 pontos)
23. Jarrett Allen (Cavaliers, 76 pontos)
24. Jaren Jackson Jr. (Grizzlies, 52 pontos)
25. Dejounte Murray (Spurs, 51 pontos)
26. O.G. Anunoby (Raptors, 42 pontos)
27. Jonathan Isaac (Magic, 28 pontos)
28. Tyrese Haliburton (Kings, 22 pontos)
29. Tyler Herro (Heat, 22 pontos)
30. Darius Garland (Cavaliers, 22 pontos)
31. Robert Williams III (Celtics, 10 pontos)
32. DeAndre Hunter (Hawks, 7 pontos)
33. Luguentz Dort (Thunder, 7 pontos)
34. Markelle Fultz (Magic, 6 pontos)
35. Matisse Thybulle (Sixers, 6 pontos)
36. Mitchell Robinson (Knicks, 3 pontos)
37. Malik Beasley (Timberwolves, 2 pontos)
38. Lauri Markkanen (Cavaliers, 2 pontos) 
39. Thomas Bryant (Wizards, 1 ponto)
40. Miles Bridges (Hornets, 1 ponto) 

  

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER