Depois de acumular um prejuízo superior a US$10 milhões, Ben Simmons finalmente terá uma trégua com o Philadelphia 76ers, já que a franquia parou de multar o jogador. Ainda sem condições atuar devido a sua saúde mental, o australiano segue apenas com outras atividades dentro do grupo como alguns treinamentos e reuniões. Justamente por esse comprometimento extra quadra que a organização deixou as punições financeiras de lado.

O fim das multas por parte do Sixers foi informado em um relatório de Shams Charania, do The Athletic, nesta segunda-feira (10).  O repórter abordou o fato de Simmons ainda ser o principal nome no mercado da NBA. Afinal, estamos há um mês do prazo limite de negociações na liga. Portanto, os rumores envolvendo o astro tendem a ser mais frequentes. Nesta semana, por exemplo, seu nome já foi especulado no Atlanta Hawks e no Sacramento Kings.

Por outro lado, de acordo com Marc Stein, da plataforma Substack, o cenário considerado ideal para o 76ers é que Simmons possa ser reintegrado ao elenco, quando estiver apto a jogar e fique na Pensilvânia. “Convence-lo a se juntar ao time e jogar o máximo possível do restante da temporada, é o plano número um da franquia, de acordo com uma fonte familiarizada do Philadelphia”, escreveu o repórter.

Valor alto

É evidente que não há mais clima para Ben Simmons no 76ers. Contudo, Daryl Morey, presidente de operações da equipe, permaneceu irredutível em todas as ofertas que recebeu desde que o jogador demonstrou interesse em ser negociado. O desejo do mandatário era e ainda é, um outro astro para acompanhar Joel Embiid na pós-temporada.

Simmons, no entanto, terminou a última temporada com uma imagem ruim devido as más atuações nos playoffs. Ademais, não entrou em quadra em 2021-22 e, com isso, não teve a oportunidade de provar seu valor. Sob esse ponto de vista, a ideia de reintegrá-lo ao elenco pode fazer sentido para o Sixers. Afinal, se o armador voltar bem e mostrar que ainda tem potencial de All-Star, Morey poderá manter suas exigências comerciais altas pelo atleta.

Em contrapartida, com a data final de negócio chegando, essa seria uma manobra pensando no futuro. Resta saber, portanto, se essa é uma boa escolha para Ben Simmons e o Philadelphia 76ers.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram