A novela envolvendo a possível saída de Ben Simmons do Philadelphia 76ers ganhou mais um capítulo na noite dessa quinta-feira. E, após tantas versões, chegou a vez do agente do jogador entrar na polêmica pública com postura, acima de tudo, enfática. O empresário Rich Paul criticou duramente o Sixers e acusou a direção da equipe de só piorar a saúde mental defasada de Simmons. 

  

“Eu realmente acredito que as multas e publicidade negativa pioraram a saúde mental de Ben. Nós precisamos ajudá-lo, mas eles estão colocando as finanças acima de sua integridade. Entendo a questão contratual, porém, não podemos fechar os olhos para tudo o que está acontecendo. Você deve ajudá-lo ou dizer que está mentindo. Qual é sua visão, então?”, questionou o agente, em entrevista ao site The Athletic. 

Simmons começou a ser multado pelo Sixers porque não se reapresentou com o elenco para o início da pré-temporada. Ele passou a maior parte da preparação longe do time, mas acabou cedendo para evitar as punições financeiras. Desde então, no entanto, sua postura em treinamentos tem sido altamente questionável enquanto recusa-se a jogar alegando estafa psicológica. 

“Isso já não tem mais nada a ver com a troca. Temos que achar, acima de tudo, algum lugar em que Ben possa recuperar sua fortaleza mental e jogar. Nós estamos prontos, inclusive, para cooperar com esse processo. Eu quero vê-lo em quadra e, além disso, praticando o esporte que ama com o uniforme do Sixers ou qualquer outro. Mas isso, lógico, não cabe a mim definir”, afirmou Paul. 

Avaliações psicológicas 

Simmons voltou a ser multado pelo Sixers na semana passada, pois recusou ajuda da franquia para sua saúde mental e decidiu consultar-se com médicos da Associação dos Jogadores. Mais do que isso, ele teria se recusado a dar informações de sua avaliação para a equipe. O armador cedeu novamente e aceitou ser avaliado por um médico da organização, mas Paul considerou que isso foi uma covardia. 

“Ben ainda não está preparado para jogar. Ainda assim, porém, como um médico que só o encontrou uma vez poderia dar um parecer sobre isso? Então, nós vamos continuar a criticá-lo ou vamos ajudá-lo? Se ele mostra um comportamento de instabilidade, nós deveríamos abraçá-lo. Ou seja, dar apoio e o suporte necessário. Temos que deixar os egos de lado e sermos mais responsáveis”, cobrou o empresário. 

A posição de Paul, afinal, é simples: vários médicos podem avaliá-lo, mas só o próprio Simmons será capaz de definir o momento do retorno. “Eu tenho muito respeito pela cidade da Philadelphia, mas essa não é a questão aqui. Nós queremos colocar Ben em condições mentais ideais para voltar às quadras e jogar basquete. E isso, por fim, só ele mesmo vai dizer quando conseguiremos”, concluiu o controverso agente. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER