O Utah Jazz ganhou um reforço na torcida pelo título da NBA. Tee Morant, pai do armador Ja Morant, do Memphis Grizzlies, garantiu que vai torcer pelo Jazz nos playoffs, após incidente envolvendo torcedores da equipe de Salt Lake City e a família do jogador.

“Ei, eu vou torcer por vocês a partir de agora”, afirmou Tee Morant a Donovan Mitchell. “Quando as coisas ruins acontecem, você faz de tudo para diminuir o problema. Muita gente não percebe isso. E é por isso que eu agradeço a vocês e é por isso que eu torço para que o Jazz seja o campeão”.

Durante a segunda partida da série entre Jazz e Grizzlies, três torcedores do time de Utah xingaram seus familiares. A direção da equipe não teve dúvidas e os baniu do ginásio por tempo indeterminado. A atitude foi bem recebida pelos pais do atleta.

“Para mim, isto é apenas um grande sinal de respeito”, disse Mitchell. “Você vê ele falando sobre como ele precisou lidar com o problema, como nós fomos resolver. Para mim, é só a forma que precisa ser conduzida. As coisas vão acontecer e você precisa mostrar gratidão. O fato de ele estar torcendo por nós é incrível. Nós agradecemos. Isso é respeito”.

O Jazz venceu a série por 4 a 2 na última quarta-feira, garantindo vaga nas semifinais de conferência e, agora, aguarda o vencedor de Dallas Mavericks e Los Angeles Clippers.

“Eu sinto que Ja [Morant] e eu vamos ter muitas batalhas por um longo período em nossas carreiras. Esta foi só a primeira, mas existe muito respeito por todos os lados. Ver o sorriso no rosto de Ja ao ver seu pai ao seu lado foi um momento sensacional. Eu acho que é algo muito especial para um pai afro-americano, que trabalhou duro para ver seu filho afro-americano em um jogo em que ele foi subvalorizado. E, agora, ver como ele se saiu e teve uma grande performance é muito especial”, concluiu Mitchell.