A eliminação dolorosa sofrida pelo Philadelphia 76ers nos playoffs deste ano fez a sua primeira “vítima”. A franquia anunciou nesta segunda-feira (24) a demissão do técnico Brett Brown, que estava há sete anos no cargo.

“Tenho um grande respeito por Brett, tanto pessoal quanto profissionalmente, e agradeço tudo o que ele fez pela organização 76ers e pela cidade de Filadélfia. Ele fez muitas coisas positivas durante seu tempo aqui, desenvolvendo jovens talentos e ajudando a levar o nosso time por três vezes consecutivas aos playoffs. Infelizmente, ficamos bem aquém de nossos objetivos este ano e acredito que é melhor seguir em uma nova direção. Esta será uma entressafra importante para nós, pois buscamos voltar aos trilhos em direção ao nosso objetivo de competir pelo título da NBA”, disse Elton Brand, gerente-geral da franquia, em um comunicado enviado à imprensa.

Ainda de acordo com a publicação, o plano do Sixers é de que Brand continue a supervisionar as operações de basquete, mas os membros e a estrutura do escritório da diretoria estão passando por avaliações significativas e mudanças podem ocorrer em breve.

Brown, de 59 anos, chegou ao Sixers depois de trabalhar como assistente de Gregg Popovich, no San Antonio Spurs, durante seis temporadas. Ele assumiu o cargo no período em que se iniciava uma lenta e traumática reformulação da equipe, com várias escolhas altas de Draft e péssimas campanhas nos primeiros quatro anos.

Foi só a partir de 2017/18 que o time da Philadelphia passou a ter um time competitivo. Naquela temporada, o Sixers chegou aos playoffs liderado pelo pivô Joel Embiid e pelo armador/ala-pivô Ben Simmons, eleito o melhor novato da liga em 2018. Na ocasião, a equipe parou nas semifinais da Conferência Leste, em uma série de cinco partidas com o Boston Celtics.

Na temporada passada, o Sixers foi eliminado pelo futuro campeão Toronto Raptors, novamente nas semifinais do Leste, em uma eletrizante série de sete jogos.

A “varrida” neste ano para o Celtics foi a gota d’água para que o ciclo de Brown à frente do time chegasse ao fim. O treinador tinha contrato com a franquia até 2022. Sob o comando dele, o Sixers venceu 221 partidas e perdeu outras 344, o que representa um aproveitamento de pouco mais de 39%.

Segundo Shams Charania, do site The Athletic, a equipe da Philadelphia tem uma lista com quatro nomes para o cargo: o assistente principal de Brown, Ime Udoka; Jay Wright, técnico do time da Universidade de Villanova, Tyronn Lue, ex-treinador do Cleveland Cavaliers e, que atualmente trabalha como assistente de Doc Rivers no Los Angeles Clippers; e Dave Joerger, ex-técnico de Memphis Grizzlies e Sacramento Kings.