Shaquille O’Neal está realmente em uma guerra declarada contra os atletas da NBA atual. E o seu mais novo ataque aconteceu nesse fim de semana. Dessa vez, as suas críticas foram derivadas de um assunto que adora: as reuniões de grandes nomes da liga na mesma equipe. Para Shaq, os astros que promovem os cada vez mais comuns supertimes não merecem pleno respeito por seus feitos de jogadores do passado. 

 

“Eu odeio quando falam sobre a ‘nova geração’. São palavras que abomino, porque nós realmente assistimos às gerações anteriores e competíamos. Os jogadores de hoje, por outro lado, estão ficando preguiçosos e sensíveis demais. Eles formam supertimes e ainda querem que caras como eu e você mostremos respeito”, afirmou o lendário pivô, em participação no podcast “Big Shot Bob”, do ex-jogador Robert Horry. 

O’Neal defendeu sua teoria comparando a sua postura diante das derrotas ao longo da carreira em relação a outros craques. Em resumo, ele crava que seus insucessos não foram responsáveis diretos por suas transferências na liga como aconteceu com casos atuais. O empoderamento dos jogadores limitou não só a competição, como muitos afirmam, mas o próprio espírito competitivo da liga. 

 

“Acredite em mim: se fosse aceitável na época, teria assinado com o Houston Rockets para jogar ao lado de Hakeem [Olajuwon] após ter sido atropelado nas finais de 1994. Teria ido atuar com Tim Duncan e David Robinson em San Antonio. Mas não é assim que deve ser. Eu curava as feridas, trabalhava e ia vencer esses caras. E, no final das contas, venci mesmo”, argumentou o integrante do Hall da Fama.  

Contradição?

O ponto interessante é que, recentemente, Shaq abriu mão dessas convicções sobre os astros em supertimes ao falar a respeito de Damian Lillard. O tetracampeão da NBA aconselhou o craque do Portland Trail Blazers a, caso tenha oportunidade, juntar-se a outros grandes jogadores para ganhar um título. Esse seria o único jeito de atingir a glória e deixar sua carreira completa, segundo o hoje comentarista. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER