O lendário Wilt Chamberlain, um dos maiores jogadores da história da NBA, foi acusado pela atriz Cassandra Peterson de agressão sexual. A revelação está no livro da atriz, publicado recentemente.

Cassandra contou que o caso ocorreu na década de 1970, enquanto participava de uma festa na casa de Chamberlain. O ex-jogador a teria convidado para conhecer seu closet personalizado. No entanto, Peterson alega que o convite para conhecer o cômodo se transformou em uma experiência traumatizante. Segundo ela, Wilt forçou-lhe a fazer sexo oral.

“Por que não tentei gritar, revidar ou fugir? Quando um homem de 2,10 metros e 150 quilos está com a mão em volta do seu pescoço, não há realmente muito o que você possa fazer”, relatou a atriz de 70 anos, que ficou conhecida pelo filme “Elvira, a Rainha das Trevas”.

Entretanto, Peterson ainda acrescenta que pensou em denunciar o jogador por agressão sexual, mas o desequilíbrio de status entre ela e Chamberlain a impediu. “Eu deveria ter denunciado ele à polícia? Você está brincando? Que chance você acha que uma atriz desempregada teria contra uma superestrela do esporte?”

Em 1991, Chamberlain revelou, em seu livro “A View from Above” (Uma Visão de Cima), que teria dormido com 20 mil mulheres. No entanto, pensando nessa afirmação, Peterson escreve que “teve que se perguntar quantas dessas mulheres realmente consentiram em fazer sexo com ele”.

Mas, até o momento não foi movida nenhuma investigação sobre o caso. Entretanto, só o tempo dirá se, com o resultado das afirmações no livro da atriz, algo seja feito. Vale lembrar que Chamberlain morreu aos 63 anos, em 1999, devido a um ataque cardíaco.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER