A grande novela desta offseason da NBA ganhou mais um capítulo nesta terça-feira (31). De acordo com o repórter Keith Pompey, do Philadelphia Inquirer, o armador Ben Simmons disse à direção do Philadelphia 76ers que não quer continuar no time e pediu para ser trocado. Além disso, segundo a publicação, o australiano não pretende se apresentar à franquia para o período de treinamentos, que vai se iniciar no dia 28 de setembro.

 

Na última semana, Simmons participou de um encontro com representantes do Sixers, em Los Angeles. Estavam presentes o dono da franquia, Josh Harris; o presidente Daryl Morey, o gerente-geral Elton Brand e o técnico Doc Rivers. Nessa reunião, ele deixou bem claro que não quer permanecer na Philadelphia.

Desde o começo da offseason, o atleta havia cortado a comunicação com a direção da franquia, o que já indicava uma ruptura. Qualquer contato entre Simmons e o time só acontecia por meio do empresário Rich Paul. 

Pela segunda vez, desde dezembro do ano passado, o Sixers está tentanto negociar o australiano de 25 anos. Ainda de acordo com Pompey, a franquia não quer trocar Simmons por menos do que considera ser um valor justo de mercado.

Golden State Warriors, Sacramento Kings, Toronto Raptors, Minnesota Timberwolves e San Antonio Spurs já demonstraram interesse no atleta, mas foram “afugentados” com a exigência de múltiplas escolhas de draft e talentos jovens para viabilizar uma transação. A situação deverá mudar após o pedido de troca feito pelo armador.

Por fim, vale lembrar que Simmons tem contrato garantido pelas próximas quatro temporadas. Nesse período, ele vai receber US$146,7 milhões em salários.

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER