O Philadelphia 76ers tem feito jogo duro nas negociações envolvendo Ben Simmons. E, certamente, essa postura ficou evidente em mais uma proposta que a franquia teria formalizado a outro interessado no astro. De acordo com Shams Charania, do site The Athletic, o Sixers solicitou ao Portland Trail Blazers não só CJ McCollum, mas também direitos sobre seis escolhas de primeira rodada de draft em troca de Simmons. 

 

O time da Pensilvânia exigiu, em suma, receber três escolhas de primeira rodada e ter o direito de trocar a posição de seleção com a equipe do Oregon em outros três futuros recrutamentos. Tudo isso, por fim, junto ao segundo melhor jogador do seu elenco. A indigesta oferta foi, obviamente, recusada. Esse tipo de exigência, aliás, está alinhado com outros rumores de pedidos fora de realidade feitos pela comissão de Daryl Morey. 

Charania apurou que, em relação a fechar uma troca com o Blazers ou outra equipe, o Sixers ainda preferiria manter Simmons. O armador segue irredutível na resolução de sair da Philadelphia, mas a franquia permanece otimista sobre a reapresentação do atleta de 25 anos. Há quem especule, inclusive, que a altíssima pedida da direção da Pensilvânia seria uma estratégia para “segurar” o titular e forçá-lo a ficar na equipe.

Simmons já está de mudança

Apesar da resistência do jogador, o agente Rich Paul e a direção do Sixers continuam em contato visando uma possível reconciliação. Esse cenário, no entanto, soa impossível no momento. O repórter apurou que o astro colocou a sua casa à venda e, além disso, já retirou todos os seus pertences do imóvel. Os dois lados da negociação, agora, vivem o que é definido nos bastidores como um “jogo de espera” para ver quem vai ceder. 

Simmons sempre foi visto como um encaixe interessante no Blazers porque é um time que precisa de melhora urgente na defesa. Com o valor de mercado do especialista defensivo em baixa, porém, executivos do Oregon têm certo poder para definir quem disponibilizar em um negócio. Na última temporada, o jogador registrou médias de 14.3 pontos, 7.2 rebotes, 6.9 assistências e 1.6 roubos de bola por noite. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER