O relógio da agência livre restrita já começou a correr em Sacramento. De acordo com Chris Kirschner, do site The Athletic, o ala-armador Bogdan Bogdanovic aceitou uma oferta de contrato oficial de quatro temporadas e US$72 milhões da direção do Atlanta Hawks e colocou pressão sobre o Kings. Ele assinou um termo de compromisso com a equipe da Geórgia e, agora, seus representantes vão informar os californianos sobre a proposta para que decidam cobrir ou não esse pré-acordo nas próximas 72 horas. 

O Hawks sempre foi considerado o favorito pelos serviços do jogador de 28 anos a partir da abertura do mercado, mas outras equipes também tinham interesse na contratação. O Indiana Pacers explorou a possibilidade de finalizar um contrato com o sérvio como a alternativa para a negociação fracassada com Gordon Hayward. Nas últimas horas, o Los Angeles Lakers teria começado a estudar cenários de signand-trade e transformou-se em um “azarão” pelo atleta. 

Outro interessado em Bogdanovic era o Milwaukee Bucks, mas essa negociação acabou frustrada por um (bizarro) problema que virou piada nos bastidores da NBA. Antes da reabertura do mercado, o Kings chegou a acertar uma signand-trade para enviá-lo para a equipe de Wisconsin, mas cometeu a gafe de não o procurar para consultar seu interesse em atuar pelo time e se aceitava a proposta salarial que Milwaukee tinha em mente. Assim, o negócio foi abortado horas mais tarde. 

Embora os dirigentes do Kings tenham a opção de cobrir a proposta do Hawks, Bogdanovic já deu sinais de que não gostaria de permanecer na equipe e espera-se que até peça ao atual time para que não cubra a oferta – ou, ao menos, aceite negociá-lo em uma signand-trade, como faria com o Bucks. Na última temporada, o ala-armador registrou médias de 15.1 pontos, 3.4 rebotes e 3.4 assistências em 29.0 minutos de ação por noite. 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook