Bem-vindos a mais uma edição do boletim do mercado da NBA do Jumper Brasil, com melhor compilado de rumores sobre os times e atletas da liga!  

  

Nets recebe sondagens sobre disponibilidade de Claxton 

O Brooklyn Nets, sem muito alarde, recebeu sondagens desde a reapresentação para a pré-temporada a respeito de um dos seus (bons) jovens talentos. De acordo com Jake Fischer, do site Bleacher Report, várias equipes entraram em contato para consultar a disponibilidade para trocas do pivô Nicolas Claxton. Todos os interessados, no entanto, foram imediatamente desencorajados pelo gerente-geral Sean Marks. 

As franquias podem ter sido motivadas pela atual situação contratual do jogador de 22 anos. Seu contrato vai expirar ao término da temporada que está para começar e, até agora, nenhum avanço foi feito no sentido de evitar que o reserva torne-se agente livre restrito em 2022. Conhecido pela mobilidade e versatilidade defensiva, Claxton poderá ser um atleta bastante cobiçado na próxima offseason.   

  

 

  

Após troca de Sumner, Pacers contrata Brad Wanamaker  

A lesão sofrida por Edmond Sumner nessa offseason frustrou os planos de rotação do Indiana Pacers antes mesmo do início da temporada. O armador, inclusive, acabou por ser trocado para que a equipe evitasse multas por exceder o teto salarial da liga. Mas, rapidamente, o time agiu para repor a saída com um veterano: Brad Wanamaker, ex-Boston Celtics, foi contratado. 

O atleta de 32 anos era pretendido por vários clubes europeus, como o Virtus Bologna e Partizan Belgrado, mas priorizava a permanência na NBA. Espera-se que, embora tenha assinado vínculo não garantido, ele possua chance razoável de ficar em Indiana. Em 168 jogos disputados na liga, Wanamaker registra médias de 5.7 pontos e 2.4 assistências.  

    

Sem time, Meyers Leonard se oferece por retorno ao Heat 

Meyers Leonard está sem time na NBA e busca uma oportunidade de voltar à liga, após disputar somente três partidas na temporada passada. E, se pudesse escolher, ele não teria dúvidas sobre onde gostaria de jogar. O experiente pivô revelou que o Miami Heat é a equipe que reza para chamá-lo todas as noites, antes de dormir.  

“Eu ficaria em êxtase se pudesse atuar novamente pelo Heat. Gostaria que acontecesse, sem dúvidas. Realmente me apaixonei por Miami e a minha esposa também ama aquela cidade. Além disso, há alguma coisa na cultura da franquia que é simplesmente o que quero em minha carreira”, contou o arremessador, em entrevista ao site TMZ. 

   

Sixers não se empolga com Brogdon em troca de Simmons 

reapresentação de Ben Simmons na Philadelphia soa, certamente, longe de ser o episódio final da novela envolvendo sua possível saída do Sixers. E rumores indicam que a franquia segue mantendo “jogo duro” até com os times mais interessados na contratação do astro. Segundo Marc Stein, da plataforma Substack, as notícias de que a equipe teria interesse em Malcolm Brogdon, do Pacers, não são tão verdadeiras assim. 

O repórter apurou que o Pacers é uma das equipes que conversam com os dirigentes do 76ers pelo armador e, de fato, o titular de Indiana estaria na mesa em uma negociação. No entanto, ele não seria um jogador que gera tanta atração nos bastidores. Da mesma maneira, Caris LeVert também não é um nome que mobiliza executivos. O Sixers, no fim das contas, permanece com esforços voltados para manter o seu atleta. 

Embora tenha se reapresentado na Pensilvânia, especula-se que Simmons só tenha o feito para diminuir perdas financeiras acarretadas por multas. Ele seguiria interessado em ser negociado e há quem duvide que o jogador esteja disposto a entrar em quadra. 

    

 

   

Em transição 

– A passagem de Langston Galloway pelo Golden State Warriors durou pouco. O ala-armador, contratado para disputar uma vaga no elenco durante a pré-temporada, foi dispensado pela equipe de San Francisco no último fim de semana. 

– Michael Beasley está levando seus talentos para o basquete de Porto Rico. Segundo o jornal El Nuevo Dia, o experiente e polêmico ala chegou a um acordo até o término da temporada com os Cangrejeiros de Santurce, da primeira divisão local. 

– Uns chegam, outros vão embora sem nem jogar. O ala-pivô Kenneth Faried deixou os porto-riquenhos do Leones de Ponce antes mesmo de sua estreia. O veterano foi embora porque recebeu uma proposta mais lucrativa do CSKA Moscou, da Rússia. 

– O armador Yogi Ferrell, enquanto isso, está de malas prontas para terras gregas. De acordo com Stavros Barbarousis, do site Eurohoops, o atleta de 28 anos acaba de assinar contrato com o Panathinaikos até junho de 2022. 

  

 

  

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER