Nenhuma franquia parece tão animada em assumir o “topo” do recrutamento desse ano, com a percepção de tratar-se de uma classe carente de astros em potencial. O Minnesota Timberwolves, mesmo assim, pode achar parceiros de troca nesse árido mercado. De acordo com Tom Haberstroh, do portal NBC Sports, o Charlotte Hornets e o Chicago Bulls teriam interesse em subir na loteria e adquirir a primeira escolha do draft.

Para o analista, a tendência é que as equipes da conferência Leste – donas da terceira e quarta seleções gerais – busquem melhorar as suas posições no recrutamento “apoiadas” no interesse do time de Minneapolis e do Golden State Warriors (2) em trocar as suas escolhas por atletas mais provados e prontos para contribuir. Múltiplas fontes afirmam, por sua vez, que os planteis de Illinois e da Carolina do Norte não possuem jogadores “intocáveis” no momento.

Haberstroh destaca a possibilidade do Bulls, acima do Hornets, adquirir a primeira ou segunda escolha do draft por conta do histórico de negociações nas noites de draft do novo vice-presidente da equipe, Arturas Karnisovas. Ele vai atuar em seu primeiro recrutamento como o homem-forte do basquete de Chicago e essa poderia ser uma movimentação para iniciar a moldagem de um elenco mais desenhado ao seu estilo.

A maioria dos mock drafts, embora descrevam o recrutamento como imprevisível, apontam o ala-armador Anthony Edwards como a provável primeira escolha geral. O pivô James Wiseman e o armador LaMelo Ball seriam os possíveis “azarões” em um cenário hipotético para serem os primeiros nomes chamados em 18 de novembro. Não há informações concretas sobre quem os executivos de Charlotte e Chicago estariam estudando selecionar caso realmente subam posições na loteria.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:    

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook