A conferência Leste só tem um time ainda invicto após a semana inicial de campanha. Mas, provavelmente, não é quem você imaginava. O Chicago Bulls confirmou o seu melhor início de temporada em 25 anos nessa segunda-feira, conquistando a quarta vitória consecutiva para abrir a campanha. A equipe viajou à Toronto e derrotou o Raptors por 111 a 108, assumindo, como resultado, a primeira posição do Leste.  

 

“Parte do motivo pelo qual escolhi jogar em Chicago é porque todos estão ávidos por sucesso. Cada pessoa aqui dentro, certamente, quer vencer. Da cidade aos atletas, todos estão ‘mordidos’ e motivados a provar algo. Tudo gira em torno de vencer, em suma. Não estamos pensando em desenvolvimento, pois precisamos vencer agora”, afirmou o veterano DeMar DeRozan, que anotou 26 pontos no triunfo. 

O melhor início de temporada do Bulls em tanto tempo, de certa maneira, começa a avalizar os investimentos da franquia na offseason. A direção de Chicago, afinal, foi quem mais trouxe reforços de peso nas férias – incluindo o já citado DeRozan. Outro recém-chegado, Lonzo Ball acredita que a vontade e foco absoluto do elenco está acelerando o processo de adaptação de todos. 

 

“Acho que temos vários jogadores de muito caráter e que desejam vencer. Sobretudo, queremos vencer juntos. Somos um grupo que, certamente, está unido na direção de um objetivo comum. Isso faz, consequentemente, o entrosamento vir com bem mais facilidade. O que está acontecendo, para resumir, é que já há muita química entre a gente”, avaliou o armador, que anotou 15 pontos e cinco assistências contra o Raptors.  

Melhor time desde Michael Jordan? 

A última vez em que o Bulls abriu uma campanha com quatro vitórias, aliás, aconteceu em 1996. Aquela equipe liderada por Michael Jordan não somente conquistou 69 vitórias na campanha regular, mas também terminou campeão. O torcedor está empolgado, porém, o melhor teste de força para o time vem por aí: os próximos seis jogos incluem confrontos contra Utah Jazz, Brooklyn Nets e Philadelphia 76ers.    

 

“É claro que ainda temos muitas coisas para evoluir. Há diversos detalhes para serem refinados e coisas a aprender, por exemplo. A temporada é muito longa, mas quatro vitórias para começar é ótimo e sentimos ter mais basquete a apresentar. O que não podemos é levar esse recorde como um prêmio por si só, porque entendemos que a próxima partida é sempre a mais difícil”, concluiu DeRozan, olhando para frente.   

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER