O caso que envolveu LeBron James e Isaiah Stewart no domingo pode ser baseado em punições no passado que, no fim das contas, foram de um jogo. O Los Angeles Lakers, de LeBron, venceu o Detroit Pistons, de Stewart, por 121 a 116. Enquanto a decisão da NBA não sai, recorremos ao histórico de penalizações por atos similares ao ocorrido.

James deu uma cotovelada (ou um soco) em Stewart durante o terceiro quarto. A liga analisa todos os vídeos para determinar quais ângulos são os mais precisos para, então, divulgar a resolução. Entretanto, nos últimos anos, a NBA puniu a maioria dos atletas por cotovelada em uma partida.

Existe a discussão se Stewart vai pegar mais jogos que LeBron, o que é possível. Em um passado recente, atletas foram suspensos entre três e seis jogos pelo ato de irem atrás de outro jogador.

Em 2006, Mardy Collins, então jogador do New York Knicks, cometeu uma falta flagrante em J.R. Smith, que jogava pelo Denver Nuggets. Durante a confusão, Collins correu atrás de Carmelo Anthony que, em seguida, bateu nele pelas costas. Collins foi punido com seis jogos, enquanto Anthony, com 15.

No caso de LeBron, as punições sempre foram de um jogo, se a NBA entendeu que se trata de uma cotovelada. Nos últimos anos, a maior suspensão foi para Ron Artest (Metta World Peace). Como era reincidente (suspenso pelo resto da temporada 2004-05 pela briga com Ben Wallace), ele tomou sete partidas ao desferir uma cotovelada em James Harden.

PUNIÇÕES POR COTOVELADA

Embora LeBron James tenha causado toda a confusão com a cotovelada, as suspensões na NBA estão variando entre um e dois jogos.

Kobe Bryant, em 2005, foi suspenso por dois jogos por conta de uma cotovelada em Mike Miller. Entretanto, por ele ter revidado uma suposta agressão de Miller, a liga entendeu que o ídolo do Los Angeles Lakers agiu com mais rigor do que as punições posteriores. A NBA costuma punir atos hostis com uma partida, mas em casos de reincidência, a pena é aumentada.

Hassan Whiteside: um jogo (contra Boban Marjanovic)
Mario Chalmers: um jogo (contra Dirk Nowitzki)
PJ Tucker: um jogo (contra Blake Griffin)
DeMarcus Cousins: um jogo (contra Al Horford)
JR Smith: quatro jogos, reincidente (contra Jason Terry)

Apesar de o incidente ter ocorrido ontem, a liga deverá manifestar sua decisão entre hoje e amanhã sobre o caso.

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER