O vínculo entre o Boston Celtics e Brad Stevens está encaminhado para atravessar a próxima década. A franquia anunciou ter chegado a um acordo para a extensão prévia do contrato do jovem técnico, que deverá assegurar sua permanência no comando da equipe até, no mínimo, 2024. Os termos do novo compromisso entre as partes, por política da organização, não foram revelados.  

“Brad é um treinador vencedor e reconhecido, além de uma pessoa extraordinária. Nós estamos orgulhosos de tê-lo liderando a nossa equipe rumo à conquista do 18° banner de nossa história”, elogiou o dono majoritário do time, Wyc Grousbeck, em comunicado oficial nessa quarta-feira. O profissional de 43 anos só não conseguiu levar a franquia aos playoffs no primeiro de seus sete anos no cargo. 

O presidente de operações, Danny Ainge, também tem somente elogios ao trabalho do comandante. “Brad é um dos técnicos mais inteligentes e trabalhadores da NBA. Mais importante, seu caráter e integridade contribuíram para estabelecer uma cultura que valorizamos muito. Ele é um líder que as pessoas querem seguir. Estamos honrados em tê-lo conosco e continuarmos a buscar um título juntos”, reverenciou. 

Stevens foi nomeado 17° treinador da história do Celtics em 2013 e, desde então, vem realizando uma trajetória brilhante na NBA. Ele conquistou 318 vitórias em 563 partidas no cargo, quarta maior marca da franquia em todos os tempos – só atrás dos campeões Red Auerbach, Tom Heinsohn e Doc Rivers. Ele conduziu a equipe às finais do Leste em 2017 e 2018, primeira vez em três décadas que o tradicional clube chegou à decisão de conferência em anos seguidos.