Boston Celtics e Oklahoma City Thunder fecharam, na manhã desta sexta-feira (18), uma troca envolvendo o armador Kemba Walker e o pivô Al Horford. A informação foi divulgada pelo repórter Adrian Wojnarowski, da ESPN. Essa é a primeira movimentação feita por Brad Stevens, novo presidente da franquia de Boston.

Segundo a publicação, o Celtics também abriu mão da escolha 16 que teria no Draft deste ano e uma pick de segunda rodada do recrutamento de 2025. O Thunder, por sua vez, liberou o pivô Moses Brown e uma escolha de segunda rodada de 2023.

A negociação dá flexibilidade financeira ao Celtics. Walker tem mais dois anos de contrato, no valor de US$73,6 milhões. Em contrapartida, a chegada de Horford não impacta a folha salarial a longo prazo. O veterano vai receber US$27 milhões na próxima temporada e terá US$14,5 milhões garantidos em 2022/23. Horford, de 35 anos, volta ao Celtics depois de duas temporadas. Vale lembrar que o pivô defendeu o time de Boston entre 2016 e 2019.

De acordo com o jornalista Chris Mannix, da Sports Illustrated, a relação entre Walker e o Celtics já tinha ‘azedado’ após a tentativa da franquia em negociá-lo ao final da primeira temporada do armador na equipe, no ano passado. Por conta de problemas físicos, o armador de 31 anos não teve uma sequência em Boston. Ele disputou 99 de 144 partidas possíveis com a camisa do Celtics e angariou médias de 19.9 pontos e 4.8 assistências.

Jeff Goodman, analista do site Stadium, afirmou que, para o lugar de Walker, o Celtics deverá investir em Lonzo Ball, que será agente livre nesta offseason.

Também envolvido na troca, Brown é uma aposta do time de Boston. Nesta temporada, o pivô de 21 anos ganhou espaço no Thunder, onde disputou 43 jogos (32 como titular). Suas médias foram de 8.6 pontos e 8.9 rebotes. Brown teve destaque no duelo contra o Celtics, realizado em 27 de março. Na ocasião, o jovem pivô marcou 21 pontos e pegou 23 rebotes.

Com relação ao Thunder, a equipe consegue a terceira escolha de primeira rodada no Draft deste ano. Além disso, a tendência é a equipe negociar Walker em busca de mais ativos. Após essa movimentação, a franquia de Oklahoma City passa a ter 36 escolhas de draft nos próximos sete anos, sendo 18 de primeira e outras 18 de segunda rodada.

Resumo da troca

Celtics recebe Al Horford + Moses Brown + escolha de segunda rodada do Draft de 2023
Thunder recebe Kemba Walker + escolha 16 do Draft deste ano + escolha de segunda rodada do Draft de 2025