Após espera e ansiedade, o torcedor do Boston Celtics finalmente conheceu os seus dois primeiros reforços para a próxima temporada. Segundo Chris Haynes, do portal Yahoo! Sports, o armador Jeff Teague e o pivô Tristan Thompson fecharam acordos para serem os novos atletas do Celtics na noite deste sábado. Até então, no mercado, a franquia só havia confirmado as saídas do ala Gordon Hayward e do armador Brad Wanamaker (Golden State Warriors) na agência livre. 

Thompson, que atuou suas nove primeiras temporadas na liga pelo Cleveland Cavaliers, assinará contrato de dois anos e US$19 milhões em salários. Atraindo interesse de Los Angeles Lakers e Toronto Raptors também, o jogador de 29 anos virou a prioridade do time de Boston após as potenciais conversas para ter Myles Turner terem falhado. Ele fazia a melhor campanha da carreira antes da pandemia, com médias de 12.0 pontos, 10.1 rebotes e 2.1 assistências por partida. 

Teague, por sua vez, chega ao Celtics com um contrato até junho de 2021 cujo salário não foi oficialmente confirmado. Ele era um agente livre do Atlanta Hawks, mas já não existia nenhum interesse em uma renovação entre as partes. O New York Knicks tinha interesse na contratação do veterano, contando com o apoio do técnico Tom Thibodeau para recrutá-lo, mas a chance de atuar por um potencial candidato ao título fez com que preferisse o time de Massachussets. 

Além dos dois novos reforços, a franquia também confirmou a garantia dos contratos do ala Semi Ojeleye e do pivô Daniel Theis para a próxima temporada ao permitir que o prazo para dispensa com valor reduzido expirasse sem movimentar-se. De acordo com Adam Himmelsbach, do jornal Boston Globe, o Celtics ainda negocia que a chegada de Hayward ao Charlotte Hornets aconteça por meio de uma transação de sign-and-trade. 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA, incluido os rumores de times e atletas no boletim do mercado: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook