Coluna Baloncesto (21/11/20)

Está no ar a Coluna Baloncesto de 21/11/2020, enfatizando os acontecimentos envolvendo os clubes espanhóis, que formam a liga de basquete mais forte do mundo sob as regras da FIBA e cuja seleção masculina é a atual campeã mundial.

Os assuntos em destaque na semana foram: semana sem derrota na Euroliga; Joventut Badalona perde invencibilidade na EuroCup; Covid-19 segue afetando a Liga ACB; Real Madrid perde argentino para a NBA; brasileiro bem na Liga LEB Oro; seleção espanhola convocada.

 

EUROLIGA

A principal competição do continente teve duas rodadas durante a semana, sem que os espanhóis fossem derrotados. O Barcelona teve seu jogo contra o Olympiacos-GRE adiado, mas alcançou sua sétima vitória seguida ao fazer 76 a 65 no Estrela Vermelha-SER, no Palau Blaugrana, com um primeiro quarto impecável (19 x 6, 20 x 16, 22 x 22 e 15 x 21). Em apenas 23 minutos em quadra, Nikola Mirotic, com 23 pontos, foi o cestinha. Dejan Davidovac foi o principal pontuador dos visitantes, com 12. De negativo o péssimo aproveitamento nas bolas de três dos dois lados: o Barça acertou quatro em 15 e o time grego, seis em 21.

O Baskonia, na Arena Fernando Buesa, ganhou por 86 a 68 do Fenerbahçe-TUR, de virada (20 x 21, 25 x 15, 19 x 23 e 22 x 9), após sair perdendo por 9 a 0, com 25 pontos do cestinha Alec Peters, sua melhor marca na carreira, com dez arremessos certos em 12 tentados, e Pierriá Henry deu dez assistências. Jan Vesely foi quem mais pontuou pelos visitantes, com 15. Os vascos pegaram ao todo 39 rebotes contra apenas 25 dos turcos. Depois, em nova virada, bateu o Panathinaikos-GRE por 93 a 72 (20 x 23, 26 x 16, 20 x 19 e 27 x 14), com cinco jogadores com dois dígitos: os cestinhas Alec Peters e Luca Vildoz (19), Pierriá Henry (14, além de 12 assistências, em seu primeiro duplo-duplo na competição), Rokas Giedraitis (12) e Tonye Jekiri (também autor de um “double-double” de 10 pontos e 10 rebotes). Ioannis Papapetrou foi o principal pontuador dos visitantes, com 17, e Georgios Papagiannis conseguiu um duplo-duplo (11 pontos e 10 rebotes).

O Valencia, em La Fonteta, derrotou o Panathinaikos-GRE, por 95 a 83, sem perder um quarto sequer (22 x 21, 23 x 20, 25 x 25 e 25 x 17) e muito bem nas bolas de três (13 certas em 24 lançadas), com cinco jogadores anotando mais de dez pontos: Klemen Prepelic (cestinha, com 18, sendo quatro bolas de três convertidas em cinco arremessadas), Derick Williams (14), Martin Hermannsson (13), Mike Tobey (11) e Fernando San Emeterio (11). Shelvin Mack, com 15, foi o principal pontuador dos gregos, também bem nas bolas de três (11 cestas em 21). Depois, uma virada sensacional sobre o Maccabi Tel Aviv-ISR, por 82 a 80 (19 x 17, 24 x 20, 15 x 22 e 24 x 21). A dois minutos do fim, os visitantes venciam por 77 a 70. O time valenciano empatou em 80 a 80 faltando sete segundos. Na saída de bola, Bojan Dubljevic a roubou e deu a Sam Van Rossom para a bandeja da vitória surpreendente. Klemen Prepelic foi o principal pontuador, com 22, mas o cestinha foi Scottie Wilbekin, com 25 pontos para a equipe israelense (sete bolas de três convertidas).

O pivô montenegrino Bojan Dubljevic, de 29 anos, se converteu no maior pontuador da história do clube valenciano ao superar os 5.589 pontos de Rafa Martínez. Diante do Panathinaikos-GRE ele marcou nove pontos e chegou a 5.593, em nove temporadas com a camisa che. Dubljevic já era o máximo anotador da entidade valenciana nas competições europeias, na Copa do Rei e na Supercopa da Espanha. Ele está a menos de 400 pontos de ultrapassar Rafa Martínez e tornar-se quem mais pontuou pela agremiação taronja na Liga ACB.

O Real Madrid, no WiZink Center, ganhou do Maccabi Tel Aviv-ISR por 79 a 63 (29 x 18, 16 x 14, 17 x 18 e 17 x 13), com destaque argentino: Gabriel Deck marcou 16 pontos e Facu Campazzo deu 12 assistências. O cestinha foi Scottie Wilbekin, dos visitantes, com 18. Depois, triunfo por 94 a 74 (28 x 21, 21 x 24, 23 x 15 e 22 x 23) sobre o Fenerbahçe-TUR, com 17 pontos de Alberto Abalde e mais 12 assistências de Facu Campazzo. O cestinha foi Danilo Barthel, dos turcos, com 22.

Assim, o Barcelona segue na liderança isolada, com oito vitórias e um revés. O Valencia subiu para o quarto lugar, com seis triunfos e três derrotas, e o Real Madrid já é o sexto colocado, com seis vitórias e quatro derrotas. O Baskonia foi para o 11º posto (quatro vitórias e quatro derrotas).

Na 11ª rodada todos os espanhóis atuam fora de casa. No dia 26, o Baskonia pega o Olympiacos-GRE e o Real Madrid enfrenta o CSKA-RUS. No dia seguinte, o Barcelona encara o ASVEL Villeurbanne-FRA e Valencia joga contra o Fenerbahçe-TUR.

 

EUROCUP

Pelo Grupo A, o Joventut Badalona, que estava invicto, foi surpreendido pelo Bahcesehir Koleji-TUR, em pleno Palau Olimpic: 77 x 87 (25 x 25, 16 x 23, 12 x 20 e 24 x 19), com pontuação recorde do cestinha Jamal Jones: 34 pontos (seis bolas certas de três em oito lançamentos executados. Ao todo os turcos acertaram 11 de 23). No lado mandante, Simon Birgander apanhou 12 rebotes e dois jogadores marcaram 17 pontos: Conor Morgan e Ferran Bassas.

Depois, em partida adiada da sexta rodada, novo revés do Joventut Badalona, diante do Partizan-SER, em Belgrado, por 78 a 75, de virada (18 x 19, 23 x 14, 22 x 16 e 15 x 26), apesar dos 19 pontos do cestinha Shawn Dawson (três bolas certas de três em quatro arremessadas). Ferran Bassas se destacou com 11 assistências. Com supremacia nos rebotes (34 x 24), os mandantes tiveram como principal pontuador Nemanja Gordic, com 16.

No Grupo B, o Unicaja Málaga atropelou o Buducnost Podgorica-MNE, mesmo atuando fora de casa: 90 x 66 (23 x 12, 22 x 25, 22 x 12 e 23 x 17), apesar dos 20 pontos do cestinha Nikola Ivanovic. Com supremacia nos rebotes (42 x 28) e bom aproveitamento na linha de três (12 em 26) e índice impecável nos lances livres (100%), os malaguenhos contaram com 15 pontos de Darío Brizuela, Francis Alonso (quatro bolas certas em cinco arremessos de três pontos) e Deon Thompson.

Pelo Grupo C, o Andorra ganhou do Antwerp-BEL por 82 a 69 (24 x 17, 26 x 21, 14 x 16 e 18 x 15), no Poliesportiu D’Andorra, com 20 pontos de David Jelinek e um bom aproveitamento nas bolas de três (13 certas em 29 lançadas). Os belgas tiveram o cestinha do confronto: Ibrahima Faye, com 22 pontos, e um péssimo aproveitamento nas bolas de três (apenas três convertidas em 17 arremessadas).

No Grupo D, em jogo atrasado da quinta rodada, o Gran Canaria derrotou o Trento-ITA, na Gran Canaria Arena: 71 x 61 (17 x 17, 16 x 12, 15 x 12 e 23 x 20), com 19 pontos do cestinha Tomas Dimsa (quatro acertos em seis lançamentos de três) e 11 rebotes de Matthew Costello. O time italiano, com apenas oito atletas entrando em quadra, tiveram como destaque Luke Maye, autor de um duplo-duplo (14 pontos e 14 rebotes), e foram muito mal nas bolas de três (somente três convertidas em 21 arremessadas).

Depois, no mesmo local, mais uma vitória, por 90 a 82 sobre o Olimpija Ljubljana-ESL, com parciais de 16 x 16, 25 x 24, 27 x 24 e 22 x 18. Cinco jogadores do time canário anotaram mais de dez pontos: Matthew Costello (16), Andrew Albicy (14), Khalifa Diop (14), Stanley Okoye (13) e Tomas Dimsa (12). Franco Ferrari deu dez assistências. Ao todo os mandantes acertaram 14 de suas 27 bolas de três. Os eslovenos, que se saíram melhor nas bolas de três (14 em 29) que nas de dois (13 em 30) tiveram o cestinha: Kendrick Perry, com 25 pontos.

Assim, o Joventut Badalona ainda lidera o Grupo A (5v e 2d); o Unicaja Málaga mantém a liderança no B (6v e 2d) e já está classificado à próxima etapa; o Andorra ocupa o quarto lugar do C (3v e 3d); e o Gran Canaria continua como vice-líder do Grupo D (6v e 2d), também garantido antecipadamente à fase seguinte.

 

CHAMPIONS LEAGUE

A fase de grupos da temporada 2020/2021 da única competição continental reconhecida pela FIBA, tem 32 clubes divididos em oito grupos, sendo quatro espanhóis. Eles jogam entre si em turno e returno e os dois primeiros de cada avançam às oitavas de final.

Pela terceira rodada do Grupo A, o Tenerife ganhou do Galatasaray-TUR, por 85 a 72 (20 x 11, 25 x 14, 20 x 22 e 20 x 25), em San Cristóbal de La Laguna. Daryl Macon foi o cestinha com 23 pontos. O principal pontuador dos mandantes foi Sasu Salin, com 21. O brasileiro Marcelinho Huertas terminou com nove pontos, seis assistências e nenhum rebote em 17 minutos em quadra.

No Grupo H, o atual campeão San Pablo Burgos também venceu em seus domínios, ao fazer 93 a 71 no Brindisi-ITA, com facilidade (28 x 25, 21 x 20, 19 x 9 e 25 x 17), apesar dos 23 pontos do cestinha D’Angelo Harrison. Thaddus McFadden, com 21, foi quem mais pontuou pelos mandantes. O brasileiro Vitor Benite não entrou em quadra, sendo poupado pelo treinador Joan Penarroya.

Assim, o Tenerife (2v, 1d) é o vice-líder; o Zaragoza (2v) lidera invicto o Grupo D; o Burgos (2d) é o lanterna do Grupo F; e o San Pablo Burgos (1v, 1d) está empatado com todos os outros três times da sua chave.

 

ACB

Em partida adiada da sétima rodada, o San Pablo Burgos venceu a UCAM Murcia, por 89 a 84 de virada, após péssimo primeiro quarto (14 x 31, 23 x 12, 30 x 22 e 22 x 19). O cestinha foi Alex Renfroe, com 23 pontos, e Jasiel Rivero anotou um duplo-duplo (dez pontos e dez rebotes). O brasileiro Vitor Benite, em 27 minutos em quadra, teve oito pontos, nenhum rebote e nenhuma assistência. No lado visitante, Conner Frankamp foi o principal pontuador, com 18. O brasileiro Augusto Lima, em 16 minutos, somou 11 pontos, sete rebotes e uma assistência.

No clássico das Ilhas Canárias, o Tenerife ganhou do Gran Canaria por 99 a 80 (23 x 15, 20 x 15, 20 x 22 e 36 x 28), no Pabellón de Deportes de Tenerife Santiago Martín. O time da casa teve ótimo aproveitamento nas bolas de três (14 certas em 23 lançadas) e um dos cestinhas do duelo, Tyler Cavanaugh, com 19 pontos. O outro foi o visitante Tomas Dimsa. Os tinerfeños contaram com 15 pontos, quatro rebotes e sete assistências do brasileiro Marcelinho Huertas, em quadra por 24 minutos.

Andorra e Joventut Badalona seguem com casos positivos de COVID-19 nos seus elencos.

O Real Madrid confirmou que o armador argentino Facundo Campazzo, de 29 anos, jogará a próxima temporada da NBA, ao acertar com o Denver Nuggets, mas manterá seus direitos na Europa, para evitar o que aconteceu com Nikola Mirotic e Sergio Rodríguez, que voltaram dos Estados Unidos para Barcelona e CSKA, respectivamente.

Por outro lado, o também armador argentino Leandro Bolmaro, de apenas 20 anos, escolhido no Draft pelo New York Knicks, mas que terminou no Minnesota Timberwolves, anunciou que permanece no Barcelona pelo menos até o final da temporada (ele tem contrato até 2023 e uma cláusula de saída para a NBA de 900 mil dólares). Escolhido na 23ª posição, se tornou o argentino com o melhor posto em toda a história do draft.

O tcheco Vit Krejci, do Zaragoza, também de 20 anos de idade, foi selecionado na segunda rodada pelo Oklahoma City Thunder, na posição 37. O ala-arrmador se recupera de uma grave lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo e não atuará mais na temporada 2020/2021.

 

LIGA LEB ORO

O Valladolid, campeão na temporada passada, continua isolado na liderança do Grupo A, após vencer o Cáceres por 73 a 67, em casa, de virada, mesmo levando a melhor em apenas um dos quatro quartos (13 x 18, 16 x 16, 25 x 13 e 19 x 20). O Grupo B tem como líder o Alicante, que em seus domínios bateu o Huesca por 84 a 50 (12 x 12, 22 x 11, 20 x 9 e 30 x 18), e é o único invicto entre todos os participantes, com cinco triunfos seguidos.

Único brasileiro presente, o ala Marcus Vinicius, do Lleida, atuou 21 minutos, marcou sete pontos (dois arremessos de dois certos em três tentados e três lances livres convertidos em quatro lançados), apanhou seis rebotes e deu uma assistência na vitória do time anfitrião por 78 a 55 sobre o Murcia.

Segundo o regulamento, após turno e returno dentro dos grupos (um com nove equipes e outro com dez), até o dia 5 de março de 2021, os cinco primeiros de cada seguem na luta pelo acesso, onde valerão os resultados entre eles na primeira fase e os times de um grupo enfrentarão os do outro, em dez rodadas (novamente ida e volta), até 14 de maio. O primeiro colocado conseguirá o acesso direto à Liga ACB. Do segundo ao nono, em eliminatórias até o dia 13 de junho, brigarão pela outra vaga na elite.

 

SELEÇÃO ESPANHOLA

Sem ninguém de Real Madrid e Barcelona, e também do atual campeão nacional Baskonia, Xavi Rabaseda, Javier Beirán e Quino Colom, três campeões do mundo em 2019, encabeçam a lista de 16 jogadores pré-convocados por Sergio Scariolo, para as duas partidas da ‘janela’ de classificação para o Eurobasket 2022 que a Espanha jogará na próxima semana, em Valencia (contra Israel, no dia 28, e Romênia, dia 30). A relação definitiva, com 13 nomes, tem que sair até o meio-dia de segunda-feira (23), quando todos os membros se reunirão já na cidade para passar pelos últimos controles sanitários antes de iniciar os treinamentos. Confira a lista:

Francis Alonso (Unicaja Málaga)
Víctor Arteaga (Estudiantes)
Jonathan Barreiro (Zaragoza)
Ferran Bassas (Joventut Badalona)
Javier Beirán (Gran Canaria)
Darío Brizuela (Unicaja Málaga)
Quino Colom (Valencia)
Alberto Díaz (Unicaja Málaga)
Rubén Guerrero (Unicaja Málaga)
Nacho Llovet (Andorra)
Xabi López Aróstegui (Joventut Badalona)
Oriol Paulí (Andorra)
Tyson Pérez (Andorra)
Xavi Rabaseda (San Pablo Burgos)
Miquel Salvó (San Pablo Burgos)
Alex Suárez (Obradoiro)

Cabe lembrar que, nas duas primeiras rodadas, em fevereiro, a Espanha ganhou da Romênia, em Cluj Napoca (84 x 71) e perdeu para a Polônia, em Zaragoza (69 x 80).
Nestas janelas participam 32 seleções divididas em oito grupos. Avançarão os três primeiros dos grupos A, D, F e H, além dos dois primeiros de B, C, E e G, excetuando-se os quatro países anfitriões da fase final (Alemanha, República Tcheca, Geórgia e Itália). As quatro sedes serão Köln-ALE, Praga-CZE, Tbilisi -GEO e Milão-ITA. A etapa final acontecerá em Berlim-ALE.

Até a próxima Coluna Baloncesto!

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece no basquete:    

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook