A 19ª rodada da Euroliga 2020/21, a segunda do returno, teve início nessa terça-feira (12) e se encerrou nessa quarta (13), com destaque para a vitória do líder CSKA Moscou no clássico soviético contra o Zalgiris. Além disso, o vice-líder Barcelona foi até a capital russa e bateu o Khimki,

O duelo entre Real Madrid e Estrela Vermelha, marcado para essa quarta-feira, foi adiado para o dia 18 de janeiro devido à incapacidade do time sérvio de chegar à capital espanhola, onde o jogo seria realizado. O voo de Belgrado não recebeu autorização das autoridades espanholas em razão das condições meteorológicas excepcionais que vive a Espanha desde a última sexta-feira.

 

CSKA Moscou 83 x 73 Zalgiris

O CSKA Moscou se recuperou da surpreendente derrota na última rodada para o Baskonia e levou a melhor no clássico soviético contra o Zalgiris. Grandes potências do basquete europeu e protagonistas de duelos históricos, sobretudo na década de 80, quando formavam a base da forte seleção soviética, as equipes se reencontraram nessa quarta-feira, na capital russa. Dominante desde o início, o CSKA não encontrou muitas dificuldades para bater o rival por 83 a 73.

Para variar, o destaque do gigante russo foi o armador Mike James, cestinha da partida, com 21 pontos, e que ainda distribuiu cinco assistências. O pivô Nikola Milutinov saiu de quadra com o duplo-duplo: dez pontos e 14 rebotes. Outros que tiveram boas atuações foram o ala-pivô Tornike Shengelia, que contribuiu com 18 pontos e sete rebotes, e o ala Darrun Hilliard, que anotou 17 pontos e pegou quatro rebotes.

Pelo Zalgiris, destaque para o ala Marius Grigonis, que marcou 16 pontos, e para o armador Thomas Walkup, que anotou 14 pontos e distribuiu cinco assistências.

 

Khimki 75 x 87 Barcelona

Mesmo desfalcado de Nikola Mirotic, Brandon Davies e Víctor Claver, o vice-líder Barcelona foi até Moscou e bateu o lanterna Khimki por 87 a 75.

Os alas-armadores Cory Higgins e Kyle Kuric foram os cestinhas do Barça, com 18 pontos cada. Maestro em quadra, o armador Nick Calathes distribuiu 15 assistências em 26 minutos em quadra.

Pelo time russo, que é a grande decepção da temporada, o destaque ficou por conta do armador Alexey Shved, cestinha do duelo, com 23 pontos.

 

Anadolu Efes 84 x 76 ALBA Berlin

 

Fenerbahçe 96 x 76 Baskonia 

 

Maccabi Tel Aviv 87 x 89 Olympiacos

 

Olimpia Milano 95 x 80 Valencia 

 

Bayern de Munique 82 x 80 Zenit 

 

Panathinaikos 88 x 71 ASVEL 

Classificação

1- CSKA Moscou: 15 vitórias e quatro derrotas
2- Barcelona: 13 vitórias e seis derrotas
3- Real Madrid: 12 vitórias e seis derrotas
4- Bayern de Munique: 12 vitórias e sete derrotas
5- Zenit: 11 vitórias e seis derrotas
6- Olimpia Milano: 11 vitórias e sete derrotas
7- Zalgiris : 11 vitórias e oito derrotas
8- Olympiacos: dez vitórias e oito derrotas
9- Anadolu Efes e Valencia: dez vitórias e nove derrotas
11- Fenerbahçe e Baskonia: nove vitórias e dez derrotas
13- Maccabi Tel Aviv: oito vitórias e 11 derrotas
14- ALBA Berlin: sete vitórias e 12 derrotas
15- Panathinaikos e Estrela Vermelha: seis vitórias e 12 derrotas
15- ASVEL: cinco vitórias e 13 derrotas
18- Khimki: duas vitórias e 17 derrotas

Próxima rodada

14/01 (quinta-feira): Anadolu Efes x Khimki (14h30) / ALBA Berlin x Olimpia Milano (16h) / Maccabi Tel Aviv x Baskonia (16h05)

14/01 (sexta-feira):  Zenit x Zalgiris (14h) / CSKA Moscou x Barcelona (14h – transmissão do DAZN) / Fenerbahçe x Panathinaikos (14h) / Bayern de Munique x Real Madrid (16h30) / Olympiacos x ASVEL (16h30) / Valencia x Estrela Vermelha (17h)

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece no basquete:

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook