As remotas chances do Washington Wizards classificar-se para os playoffs nessa temporada ficaram ainda menores nessa segunda-feira. Segundo Tim Bontemps e Adrian Wojnarowski, da ESPN, Davis Bertans decidiu usar o direito de não jogar e será desfalque para a equipe nas partidas de Orlando. Ele planeja, apesar disso, viajar com o elenco e participar dos treinamentos do time na Flórida.

O ala-pivô letão tomou a decisão com os olhos na offseason, quando será agente livre e especula-se que possa receber contrato na faixa dos US$15 milhões anuais. Ficar de fora dos jogos, vindo de meses de inatividade, é uma medida preventiva compreensível para um jogador que já sofreu duas rupturas do ligamento cruzado anterior do joelho anteriormente na carreira. Ele abre mão de US$600 mil em salários com a negativa.

Bontemps e Wojnarowski apuraram que o Wizards apoia a resolução de Bertans e não vê problemas no afastamento voluntário, especialmente porque a renovação contratual com o jogador de 27 anos é uma prioridade para a franquia. Destaque de Washington nessa temporada, o reserva de 2.08m acumulou médias de 15.4 pontos (com 42.4% de aproveitamento nos arremessos de longa distância) e 4.5 rebotes em 54 jogos disputados.

O Wizards terá o direito de, se quiser, assinar com um jogador substituto para preencher a vaga de Bertans no elenco. Esse atleta, porém, só pode ter contrato até o fim da temporada e a direção de Washington não vai possuir nenhuma vantagem para eventualmente mantê-lo em 2021.