O Atlanta Hawks trouxe uma péssima notícia para os seus torcedores nessa quarta-feira: De’Andre Hunter não entrará mais em quadra nos playoffs desse ano. A equipe anunciou que o jogador de 23 anos foi diagnosticado com uma pequena ruptura no menisco lateral do joelho direito e não vai ter condições de voltar às quadras em curto prazo. Ele deverá viajar para Los Angeles nesse fim de semana para passar por um procedimento cirúrgico para reparar o tecido.

Antes do primeiro jogo da semifinal da conferência Leste, contra o Philadelphia 76ers, o ala acusou dores e inchaço moderado no local a ponto de ser barrado da partida. Ele passou por exames sob a indicação dos médicos da franquia e ficou constatada a lesão. Uma segunda opinião, independente, foi procurada nos últimos dias e o diagnóstico foi confirmado. Uma intervenção cirúrgica foi o tratamento indicado – e a recomendação terminou acatada.

A preocupação com um problema mais sério foi imediata para o Hawks ao perceber o inchaço no joelho direito de Hunter por conta do seu histórico físico recente. O atleta desfalcou o time da Geórgia por 24 jogos seguidos durante a temporada regular pelo exato mesmo problema, também acompanhado de dores, mas danos no menisco não haviam sido constatados na época. É possível que essa ruptura tenha sido um agravamento da lesão anterior.

A notícia também é terrível para o treinador Nate McMillan, que contava com o retorno do comandado ainda na série contra o Sixers. Ele participou dos cinco jogos do duelo anterior, contra o New York Knicks, e foi peça instrumental da ótima defesa realizada sobre o astro Julius Randle. O ala, dentro do possível, inclusive seguia treinando e participou de algumas das atividades do elenco de Atlanta nos últimos dias, mesmo limitado fisicamente.

A tendência é que, na ausência do titular, o Hawks siga nos playoffs com Solomon Hill assumindo a vaga no quinteto inicial e aumentando o espaço na rotação de jogadores como Kevin Huerter e Tony Snell. Selecionado na quarta colocação do draft de 2019, Hunter disputou somente 23 partidas da campanha regular da equipe, com médias de 15.0 pontos (com 48.4% de conversão nos arremessos de quadra), 4.8 rebotes e 2.0 assistências por noite.