“Round 6” passou de uma série sul-coreana sem grande publicidade para um legítimo, mas inesperado fenômeno global. E a prova do sucesso estrondoso é que até um dos maiores ídolos da NBA assistiu à produção da Netflix. Sua avaliação, porém, provocou polêmica. LeBron James fez uma crítica à maneira como a primeira temporada de “Round 6” terminou e, como resultado, recebeu resposta até do diretor da série.  

 

“Sim, eu já assisti até o final. Aliás, vocês assistiram até o fim? Viram algum capítulo? Porque, para ser sincero, eu não gostei do final. Sei que eles precisam deixar pontas abertas para uma segunda temporada, mas [ALERTA DE SPOILER] somente pegue o avião e vá ver sua filha, cara! [ALERTA DE SPOILER] O que esse homem, afinal, está fazendo?”, questionou o craque do Los Angeles Lakers, em tom de indignação. 

Pois, de alguma forma, a crítica de LeBron conseguiu chegar aos ouvidos do diretor e mente criativa por trás de “Round 6”. E, obviamente, ele não gostou do que teve que ouvir. Hwang Dong-Hyuk, que também é criador e roteirista da série, entende que o astro possa não gostar do seu final, mas não está atrás de aprovação. O conselho que deixa para o ala angelino seria, então, produzir a própria versão de sua história.    

 

“Vocês assistiram a “Space Jam 2”? LeBron é um cara legal e pode dizer o que quiser, então respeito a sua opinião. Eu sou muito agradecido, aliás, que tenha visto a série inteira. Mas é claro que não mudaria o final. Aquele é o meu final. Se ele tem um fim que poderia satisfazê-lo mais, talvez, seja o caso de pagar para fazer a sua própria sequência”, respondeu o artista coreano, em entrevista ao jornal The Guardian. 

Hwang assistiria à versão de LeBron? 

E como seria, afinal, a visão do craque do universo apresentado em “Round 6”? Hwang, como qualquer um de nós, não saberia o que esperar, porém, estaria preparado para assisti-la. “Certamente, eu assistiria à versão de LeBron. E, talvez, até mandasse uma mensagem dizendo-lhe que não gostei do final também. Gostei da temporada inteira, mas o meu fim teria sido diferente”, ironizou o autor.    

 

Assim como o comentário do astro chegou ao diretor da série, as palavras do criador da atração chegaram aos ouvidos do jogador. No entanto, o quatro vezes MVP da liga soou ter levado a inusitada situação muito mais “na esportiva”. “Cara, isso não pode ser real, né? Espero realmente que não seja”, exclamou o veterano atleta, em um post acompanhado de uma série de emojis de risadas. 

A polêmica entre LeBron e Hwang, certamente, se converterá em mais uma publicidade (bem-vinda) para a “Round 6”. O show já se tornou, por exemplo, o número um entre os mais assistidos da Netflix em (no mínimo) uma semana em mais de 90 países, incluindo o Brasil. A série também já é a produção da Coréia do Sul mais assistida da história da plataforma de streaming. 

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Canal no Telegram
Apostas – Promocode JUMPER