O pivô Andre Drummond, do Cleveland Cavaliers, voltou a ter seu nome especulado sobre uma possível troca. Depois da ótima apresentação, na vitória sobre o New York Knicks, quando anotou 33 pontos e pegou 23 rebotes, Drummond relatou que não há nada que possa fazer, caso seja trocado pelo Cavs.

“Ah, não. Eu jogo da mesma forma todas as noites”, afirmou Drummond, quando perguntado se a motivação havia sido a chegada de Jarrett Allen. “A troca, é o que é. Não há nada que eu possa fazer sobre aquilo. Se eu for trocado, também não posso controlar. Eu estou aqui apenas para jogar basquete, seja lá em qual camisa eu estiver. Então, é nisso que eu posso focar agora”.

Aos 27 anos, Drummond está em seu último ano de contrato, avaliado em US$28.7 milhões. Apenas pelo fato de Allen ter vindo do Brooklyn Nets, imediatamente o Cavs já teria recebido sondagens por JaVale McGee e ele. De acordo com o jornalista Michael Scotto, do site Hoopshype, poucas pessoas na liga acreditam que os dois vão terminar a temporada na equipe e, pela importância de Allen (22 anos) para o futuro da franquia em reconstrução, é difícil determinar onde Drummond vai jogar nos próximos meses.

Chris Fedor, do site Cleveland.com, afirmou que muitos executivos da conferência Leste apostam na saída do líder em rebotes da temporada antes da trade deadline, citando que o Cavs não deu uma escolha de primeira rodada (de 2022, para o Houston Rockets) se não apostasse suas fichas em Allen.

Vale lembrar que Drummond saiu do Detroit Pistons por John Henson, Brandon Knight e uma escolha de segunda rodada para o Cavaliers.

Na terça-feira, o Jumper Brasil trouxe três opções de trocas pelo pivô. Veja:

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:  

Instagram
YouTube
Twitter
Facebook