O astro James Harden voltou a causar polêmica nessa terça-feira (12), na entrevista coletiva após mais uma derrota do Houston Rockets para o Los Angeles Lakers. Visivelmente chateado, e em tom de despedida, o astro falou que o time não é bom o suficiente e que já fez tudo o que podia pelo Rockets.

“Nós apenas não somos bons o suficiente, química, talento. Está claro. Eu amo essa cidade, eu literalmente fiz tudo o que podia. Quer dizer, essa situação é uma loucura, e eu não acho que possa ser consertada. Obrigado”, afirmou o astro.

Também após o jogo contra o Lakers, o armador John Wall deixou a entender que o clima no vestiário da equipe não é dos melhores e deu uma indireta em Harden e em todo o drama que cerca a situação do grande astro da franquia texana. Entre outras coisas, o camisa 1 revelou que a química com Harden tem sido difícil.

“Muitos caras aqui querem competir em alto nível. Quando todos estão na mesma página, se comunicam, sabem seus papéis, sabem o que querem (vencer), vai dar tudo certo. Mas nós temos alguns caras aqui que não querem comprar essa ideia. Aí vai ser difícil fazer qualquer coisa de especial, qualquer coisa boa como time. Se a gente se unir, podemos fazer algo bom aqui. O que não podemos é desistir depois de apenas nove jogos. Tipo, vamos lá, cara, você vai querer pular do penhasco por causa de nove jogos? Ainda há muito basquete para ser jogado”, afirmou Wall na entrevista pós-jogo.

Tão logo ocorreu a entrevista de Harden, o repórter Adrian Wojnarowski, da ESPN, afirmou que o astro sabe que o Rockets está discutindo cenários de trocas com alguns times, embora nada seja iminente. Segundo ele, o preço pedido pela franquia texana continua alto, como é de se esperar por um jogador do calibre de Harden.

Hoje, o Rockets é o vice-lanterna da Conferência Oeste, com apenas três vitórias em nove partidas. Em má fase, o time texano perdeu quatro dos últimos cinco jogos que disputou. Ainda nesta semana, a equipe de Houston vai a San Antonio para enfrentar o Spurs por duas vezes (quinta e sábado).

A novela Harden

O drama envolvendo o futuro de Harden começou em novembro, quando ele pediu à direção do Rockets para ser trocado para o Brooklyn Nets. Depois que ficou claro que não havia tração nas negociações com o Nets, o camisa 13 passou uma lista de destinos preferenciais que incluía Miami Heat, Milwaukee Bucks e Philadelphia 76ers. O Rockets, então, decidiu expandir as negociações para trocá-lo até com times “indesejados” pelo astro, ou seja, que não estão em sua lista de destinos favoritos, mas nada evoluiu.

Segundo a ESPN, as equipes estão relutantes em desistir dos ativos necessários para obter um jogador do calibre de Harden, sem a confiança de que ele estaria disposto a permanecer no novo time por um longo período. Vale lembrar que, sem cláusula de veto, o astro de 31 anos tem um contrato garantido de US$85,5 milhões pelas próximas duas temporadas e a opção de testar o mercado em 2022.

Poucos times têm a capacidade de fornecer à franquia de Houston a combinação de ativos que ela pretende para negociar Harden: um pacote que inclua uma estrela em ascensão e escolhas de primeira rodada do Draft e/ou jovens talentosos ainda em contratos de novato. Ainda de acordo com a publicação, o Rockets tem se mantido inflexível e só vai negociar o camisa 13 por um preço justo.

No início desta semana saiu a notícia de que executivos ao redor da NBA acreditam que a equipe texana está cada vez mais confortável com a perspectiva de não trocar Harden e que o jogador não ficaria tão revoltado com permanência no time até o segundo semestre. Isso pode mudar após a entrevista bombástica dessa terça-feira.

 

A polêmica offseason de Harden

Logo após o Rockets ter sido eliminado pelo Los Angeles Lakers, em uma das semifinais da Conferência Oeste, Harden fez um desabafo na TV, dizendo que a equipe precisava contratar novos jogadores para que Russell Westbrook e ele estivessem rodeados de talento. No entanto, dias depois, ele pediu para ser negociado e uma das alegações seria a de que não gostaria de jogar mais ao lado de Westbrook, que foi trocado para o Washington Wizards.

A relação com o Rockets foi se deteriorando ao longo da offseason, já que ele sequer atendia as ligações da direção e da comissão técnica da franquia. Enquanto seus companheiros de Rockets iniciaram a fase de treinamentos visando a temporada, Harden foi visto na festa de aniversário de um amigo, em Atlanta, e curtindo a balada em uma boate, em Las Vegas. Fotos que circularam pelas redes sociais mostraram o astro em ambientes com aglomeração, sem o uso da máscara de proteção, em meio à pandemia de Covid-19.

Com atraso, Harden se reapresentou à franquia, visivelmente fora de forma. Além disso, ele foi punido pela NBA com multa de US$50 mil por ter desrespeitado os protocolos de saúde e segurança relativos à Covid-19.

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA: 

Instagram
Youtube
Twitter
Facebook