A grande trajetória de Devin Booker nos playoffs transformou os momentos em que foi comparado ao lendário Kobe Bryant por analistas e torcedores em algo extremamente comum nos últimos meses. Mas engana-se quem acha que ele está feliz pelos paralelos com o seu grande ídolo no basquete. O jovem astro do Phoenix Suns revelou que, em respeito, não gostaria de ouvir o seu nome ligado ao ídolo do Los Angeles Lakers. 

 

“Eu realmente não penso muito sobre isso. Sei que isso tem sido falado por aí, mas isso nunca vai partir de mim. O que guardo é tudo o que ele fez por mim como um mentor, os conselhos que deu-me enquanto estávamos juntos. Tento pegar essas pílulas de sua abordagem em quadra e forma de pensar o jogo, mas, sinceramente, eu nunca deveria ser comparado a Kobe Bryant”, sentenciou o craque, em entrevista à ESPN. 

Múltiplos jornalistas confirmam que Booker tinha uma amizade muito forte com Bryant longe dos holofotes – menos noticiada, inclusive, do que a relação com outros craques da liga – e ficou terrivelmente abalado com a trágica morte do integrante do Hall da Fama, em janeiro do ano passado. O ala-armador tatuou ‘seja lendário’ em seu braço após o acidente, em referência ao maior conselho que o ícone deu-lhe em vida.  

 

“Kobe está comigo todos os dias. ‘Seja lendário’ é um lembrete e presente deixado para mim. É um conselho dele que virou um lema de vida. Não há um dia em que, ao menos duas ou três vezes, a sua memória não passe pela minha frente. É alguém que marcou-me, definitivamente”, contou o principal pontuador de Phoenix, em entrevista concedida durante a grande campanha da equipe do Arizona na “bolha” da NBA. 

Booker precisará da “Mentalidade Mamba” mais do que nunca nessa terça-feira, com o Suns entrando na sexta partida das finais contra o Milwaukee Bucks, fora de casa, sem poder pensar em outro resultado além da vitória. Favorito a ser MVP das finais se seu time for campeão, o astro de 24 anos registra médias de 30.0 pontos, 3.6 rebotes e 3.8 assistências na série que define o título da temporada.  

 

Siga o Jumper Brasil em suas redes sociais e discuta conosco o que de melhor acontece na NBA:   

Instagram 
YouTube 
Twitter 
Canal no Telegram 
Apostas – Promocode JUMPER